Seguir o O MINHO

Futebol

Treino de Portugal com todos disponíveis e sem Ronaldo

Liga das Nações

em

Foto: Divulgação / FPF

Portugal realizou hoje o último treino antes da receção de quarta-feira à Suécia, em jogo da Liga das Nações de futebol, numa sessão em que o selecionador Fernando Santos contou com todos os convocados, excluindo Cristiano Ronaldo.


Horas antes do apronto, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o capitão da seleção nacional acusou positivo à covid-19 e foi imediatamente afastado do estágio, tal como já tinha acontecido com o defesa José Fonte e o guarda-redes Anthony Lopes, e é baixa certa para o encontro com a Suécia.

Com Ronaldo ausente, Fernando Santos contou com 25 jogadores no treino, todos sem limitações, de acordo com as informações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol, naquela que foi a última sessão antes da receção aos suecos, em jogo da quarta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

O caso de Ronaldo levou ao reagendamento do treino (estava inicialmente marcada para as 11:00) e também da conferência de imprensa de antevisão do selecionador Fernando Santos, que será às 19:00 (estava agendada para as 10:15), também na Cidade de Futebol.

Na semana passada, também numa terça-feira, o defesa central José Fonte acusou positivo à covid-19 e foi obrigado a abandonar o estágio de Portugal, acabando Domingos Duarte por ser chamado pelo selecionador nacional, e três dias depois, na sexta-feira, foi a vez do guardião Anthony Lopes ser dado como infetado, com Bruno Varela a render o jogador do Lyon.

O caso positivo de Lopes levou mesmo a seleção nacional a adiar por um dia a viagem até Paris, onde no domingo empatou a zero com a França, também em partida da Liga das Nações.

Portugal e França seguem no topo no Grupo 3, com sete pontos, embora a formação lusa tenha para já vantagem na diferença de golos, enquanto a Croácia é terceira, com três pontos, e a Suécia segue em último, sem nenhum ponto.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do sérvio Srdjan Jovanović.

Anúncio

Futebol

Sporting punido por incidente com adepto em jogo de futebol de praia com SC Braga

Decisão do Supremo Tribunal Administrativo

em

Foto: DR / Arquivo

O Supremo Tribunal Administrativo (STA) castigou o Sporting com perda de quatro pontos, derrota por 3-0 e multa de 1.020 euros, por comportamento incorreto de um adepto ‘leonino’ durante um jogo de futebol de praia, realizado em 2017.

A decisão, de 05 de novembro de 2020, a que a Lusa teve hoje acesso, deu razão ao recurso interposto pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e revogou o acórdão do Tribunal Central Administrativo Sul (TCAS), que tinha anulado a decisão punitiva.

Em causa estão factos ocorridos em 17 de junho de 2017, durante o jogo de futebol de praia entre o SC Braga e o Sporting, a contar para a segunda jornada do campeonato nacional, realizado na praia do Ouro, em Sesimbra.

O acórdão refere que, durante a partida, um adepto ‘leonino’ agrediu um dos árbitros com duas palmadas na cabeça, cuspiu-lhe e ameaçou-o de morte.

Na sequência destes acontecimentos, o jogo foi interrompido, tendo sido reatado poucos minutos depois, após os agentes da Polícia Marítima que se encontravam no local terem assegurado o controlo da situação.

Quando faltavam pouco mais de três minutos para o final da partida, numa altura em que o Sporting perdia por 5-3, o mesmo adepto agrediu com um pontapé nas costas um jogador do Sporting de Braga que estava sentado no banco de suplentes, o que levou a equipa de arbitragem a dar por terminado o jogo antes do fim do tempo regulamentar.

Contrariamente ao que foi decidido pelo TCAS, os juízes do STA entenderam que o facto de o autor dos distúrbios não ter sido identificado, não impede a sua qualificação como “sócio, adepto ou simpatizante” do Sporting, nem inviabiliza a punição deste clube por prática da infração prevista.

O Sporting de Braga conquistou o título nacional de futebol de praia em 2017, derrotando o Sporting na última jornada do ‘play-off’ de apuramento do campeão, no desempate por grandes penalidades (3-2), após empate 4-4 no final do tempo regulamentar.

Continuar a ler

Futebol

FIFA vai proteger direitos das jogadoras durante a gravidez

Futebol

em

Foto: DR / Arquivo

As jogadoras vão ter os direitos na maternidade salvaguardados na nova regulamentação da FIFA, anunciou hoje o organismo regulador do futebol mundial, que pretende “proteger as atletas antes, durante e após o parto”.

A FIFA está a preparar regulamentação que vai permitir às futebolistas o gozo de, pelo menos, 14 semanas de licença de maternidade, remuneradas a dois terços do salário base, mas as federações nacionais terão liberdade para impor condições mais vantajosas.

“A ideia é proteger as jogadoras antes, durante e após o parto. O clube ficará obrigado a reintegrar as jogadoras e proporcionar-lhes todo o suporte médico necessário”, explicou a FIFA, numa altura em que o futebol feminino está em franca expansão.

Qualquer clube que rescinda o contrato de trabalho com uma jogadora durante a gravidez será obrigado a pagar uma compensação e uma multa, podendo ainda ficar impedido de contratar novas futebolistas durante um ano.

As novas regras são vistas como mais um passo em direção ao profissionalismo no futebol feminino e deverão ser aprovadas durante a próxima reunião do Conselho da FIFA, em dezembro, e entrar em vigor em 01 de janeiro de 2021.

Continuar a ler

Futebol

Portugal de sub-21 vence Países Baixos, mas falha vitória no grupo 7

Futebol

em

Foto: DR

A seleção portuguesa de futebol de sub-21 venceu hoje a congénere dos Países Baixos por 2-1, em jogo da fase de apuramento para o Europeu da categoria, falhando a vitória no grupo 7, embora já estivesse apurada.

Fábio Vieira, com golos aos quatro e 53 minutos, foi uma das figuras do encontro, tendo Gakpo, aos 42, anotado o tento holandês, que permitiu à seleção ‘laranja’ assegurar o primeiro lugar do grupo.

Países Baixos e Portugal avançam assim para o Euro2021, que será organizado conjuntamente por Hungria e Eslovénia e em duas fases.

Numa primeira fase, os 16 apurados dividem-se em quatro grupos de quatro, em torneio que decorrerá entre 24 e 31 de março de 2021 e que contará já com a presença dos dois países organizadores.

Os vencedores e segundos classificados de cada um dos grupos seguem para a fase final, que decorrerá igualmente na Hungria e na Eslovénia, entre 31 de maio e 06 de junho, no sistema de quartos de final, meias-finais e final.

Continuar a ler

Populares