Seguir o O MINHO

Braga

SC Braga quer regressar ao 1.º de Maio. Câmara rejeita construção de novo estádio

Clube apresentou projeto à autarquia

em

Foto: DR

O SC Braga quer regressar ao Estádio 1.º de Maio, de onde saiu há 17 anos e que é propriedade do município, e apresentou à autarquia um projeto de requalificação que estará orçado em 60 milhões de euros.

Segundo o Correio da Manhã (CM), que avança a notícia, o investimento seria na totalidade pelo clube contra uma concessão por cerca de 80 anos.

O projeto prevê 20.000 lugares nas bancadas, estacionamento para 800 viaturas, possibilidade de recuperação do pavilhão do ABC e pista de atletismo nas Camélias.

Em declarações a O MINHO, o presidente da Câmara, Ricardo Rio, refere que o SC Braga apresentou, “há uns meses, uma proposta para a construção de um novo estádio” no local do 1.º de Maio.

Foto: DR

Foto: DR

Foto: DR

No entanto, a Câmara esclarece que o seu objetivo é a reabilitação e não a construção de um novo estádio, pelo que “não houve adesão à proposta” dos ‘arsenalistas’.

“Estamos a finalizar um estudo por parte da UMinho para conhecermos todas as patologias existentes e as necessidades de reforço infraestrutural. Julgo que os bracarenses desejam a reabilitação e não a construção de um novo Estádio”, afirma o autarca, que mantém abertura a uma colaboração com o clube, desde que as propostas “respeitem os princípios da salvaguarda patrimonial do próprio Estádio”.

O presidente afirma ainda que esta proposta do clube confirma a ideia de que “o novo Estádio Municipal foi um desbaratar de recursos públicos, que nem sequer serve ao SC Braga”.

Populares