Seguir o O MINHO

Braga

Sameiro Araújo participou no 14.º Encontro Nacional de Associações Juvenis

em

Sameiro Araújo, vereadora da Juventude do Município de Braga, participou no 14.º Encontro Nacional de Associações Juvenis (ENAJ), que se realizou no pavilhão desportivo de Albufeira, no Algarve, onde destacou a importância do papel dos jovens na definição das políticas públicas de juventude e no desenvolvimento das comunidades.

O encontro contou com mais de 1200 participantes, maioritariamente dirigentes associativos de todos os distritos do país, que deram corpo ao maior encontro nacional de associativismo juvenil.

“Na sociedade atual, os jovens estão cada vez mais entrosados nas políticas que são direcionadas para a juventude e têm maior consequência no seu quotidiano” referiu Sameiro Araújo, dando como exemplo as medidas que o Município de Braga tem tomado, e para as quais,”muito tem contribuído a cooperação com as associações juvenis do concelho”.

O orçamento participativo jovem ‘Tu Decides’, o projeto ‘Parlamento Concelhio – Pequenos Grandes Políticos’, a revitalização do conselho Municipal de Juventude, o ‘Prémio Jovens Talentos’, os projetos desenvolvidos no GNRation ou a atribuição a Braga do título de Capital Ibero-americana da Juventude em 2016, foram destacados pela veadora, como essenciais para que a juventude bracarense “se sinta parte integrante de uma sociedade” que se quer mais direcionada para os temas da juventude.

“Não devemos simplesmente esperar que os jovens se aproximem de nós, nós também devemos aproximar-nos deles. É responsabilidade das administrações, centrais ou locais, assumirem um papel integrador e mobilizador da juventude, potenciando a sua capacidade enérgica para uma cidadania participada, mas acima de tudo, para potenciar o seu papel transformador”, referiu Sameiro Araújo.

Considerado um momento de referência para o setor da juventude e um instrumento decisivo de afirmação da voz do tecido associativo juvenil, este encontro, contribuiu com importantes orientações para a definição das Políticas de Juventude em Portugal.

Nesse sentido, Sameiro Araújo sublinhou que cabe aos órgãos administrativos, nomeadamente aos órgãos locais, a mobilização dos jovens, proporcionando condições de intervenção nas mais diversas áreas.

“Só criando condições que favoreçam esta mesma participação, teremos uma juventude interventiva e participativa”, afirmou.

A vereadora lembrou ainda que a cidade de Braga e o jovens bracarenses responderam positivamente ao repto lançado em 2014 pelo Município em 2014 no sentido de se introduzir um pensamento estratégico em todas as áreas da atuação municipal, através do projeto 100% Youth City.

“Este projeto assume-se verdadeiramente como um processo de reforma de políticas de juventude idealizando um plano estratégico para os jovens e para as suas organizações visando a construção de uma cidade 100% amiga da Juventude”, concluiu Sameiro Araújo.

Populares