Seguir o O MINHO

Braga

Ricardo Rio, publicado em jornal no Cazaquistão, incentiva ao combate às desigualdades

Diplomacia

em

Foto: Dr

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, participou num relatório internacional cujas conclusões foram publicadas no jornal económico em língua inglesa Astana Times, do Cazaquistão, onde destacou a importância da conexão entre as reformas económicas e as sociais.

“Isso é fundamental e, no meu trabalho como presidente da Câmara de Braga, procuro sempre ligar estas duas dimensões para dinamizar a economia da minha cidade”, disse o autarca, salientando que “as reformas económicas só são importantes se combaterem as desigualdades e aumentarem o bem-estar da população ”.

O autarca integrou um painel chamado a dar parecer sobre as reformas políticas e económicas que estão a ser implementadas neste país da Ásia Central, pelo seu novo presidente, Kassym-Jomart Tokayev.

No texto, Rio sublinha que é importante que todos os países se foquem na recuperação da situação pandémica e na internacionalização da economia.

“Como europeu, saúdo os mercados livres e o comércio livre, por isso espero que o seu plano ajude Portugal e o Cazaquistão a terem melhores relações comerciais num futuro próximo”, salientou.

Enquanto autarca de Braga, Ricardo Rio diz esperar que possamos solidificar as nossas relações, não só com Karaganda, “nossa cidade irmã”, mas também com todo o país. “O Cazaquistão deve-me considerar um aliado nessa tarefa ”, acrescentou.

Guimarães também participou

Na mesma publicação, Sérgio Gonçalves, “alto funcionário” do Município de Guimarães, lembrou que o presidente do Cazaquistão delineou iniciativas fortes, consolidadas e voltadas para o futuro, sem esquecer os problemas do presente.

“Sob o lema da continuidade, justiça e progresso, é certo que se construa uma sociedade justa e atenta às necessidades dos cidadãos. São os cidadãos que fazem um país e é com eles que devem ser construídas políticas sólidas de desenvolvimento ”, acrescentou.

Gonçalves destacou que, como nono país do mundo na região, o Cazaquistão tem uma enorme oportunidade de desenvolvimento.

O Cazaquistão é “um dos países economicamente mais robustos, o que lhe permite enfrentar os desafios que enfrentamos atualmente com enorme segurança e capacidade”.

Braga, recorde-se prepara a geminação com a cidade cazaque de Karaganda, enquanto que a cidade de Guimarães vai acolher, ainda no primeiro semestre deste ano, um Centro de Negócios do Cazaquistão.

Populares