Seguir o O MINHO

Desporto

Rampa da Falperra, em Braga, recebe Hill Climb Masters 2020

Campeonato Europeu de Montanha passa, provisoriamente, para Boticas

em

Simone Faggioli. Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO (Arquivo)

Braga vai receber a mítica prova internacional Hill Climb Masters, a 10 e 11 de outubro de 2020, na Rampa da Falperra, anunciou esta quinta-feira a organização, a cargo da Federação Internacional do Automóvel (FIA).

Esta prova, que se realiza de dois em dois anos, sempre em diferentes locais do planeta, reúne os melhores pilotos de automóveis de todo o mundo, na vertente de montanha.

A competição decorre na, também ela cheia de misticismo, Rampa da Falperra, relegando assim o Campeonato Europeu de Montanha para Boticas. Segundo a organização, em 2021, a Falperra volta a receber esse campeonato.

“Mais do que um espetáculo desportivo, este evento enquadra-se numa estratégia de afirmação de Braga promovendo o seu turismo, o património e a economia. Trata-se de uma iniciativa de grande potencial económico que irá gerar retorno para todos os bracarenses e para o futuro da cidade”, disse Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga, acrescentando que com esta prova, “a cidade mostra, mais uma vez, o que de melhor Braga tem e contribuiremos desta forma para a procura e promoção turística da cidade e da marca Braga, num evento único e de alcance internacional”.

Para o autarca bracarense, “é extraordinário o cenário de cooperação entre as diversas entidades, para que seja possível montar este grande evento que colocará, uma vez mais, Braga além-fronteiras pelos melhores motivos”.

Rogério Peixoto, presidente do Clube Automóvel do Minho, salienta que “este evento, mais do que uma prova de montanha será uma grande festa da montanha em que além de um piloto vencedor terá também uma nação vencedora”.

“No ano de 2021 prometemos voltar à Falperra na data habitual do mês de maio. Contamos com a participação de todos os bracarenses e amantes do automobilismo no apoio importante que têm dado a esta prova”, concluiu Rogério Peixoto.

Anúncio

Futebol

Rúben Amorim deixa Fransérgio de fora na visita ao Moreirense

SC Braga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do SC Braga, Rúben Amorim, deixou hoje de fora Fransérgio da deslocação a casa do Moreirense, na quarta-feira, da 18.ª jornada da I Liga de futebol, e convocou David Carmo para substituir o lesionado Tormena.

Fransérgio tem sido um dos jogadores mais utilizados esta época no SC Braga e figura preponderante nos últimos jogos, mas falha o jogo com o Moreirense, por opção do técnico.

Rúben Amorim não pode contar com Tormena, que, no sábado, saiu no início da segunda parte do jogo com o FC Porto, que valeu a conquista da Taça da Liga aos minhotos, com uma lesão muscular na coxa esquerda, tendo sido chamado novamente o jovem David Carmo.

O técnico chamou todo o plantel disponível para a final de sábado, mas, dos 19 eleitos para a ficha de jogo de sábado, nota para a saída de Diogo Viana e para os regressos de Eduardo, Murilo e André Horta.

SC Braga, sexto classificado, com 27 pontos, e Moreirense, 14.º, com 18, defrontam-se na quarta-feira, a partir das 20:15, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

A lista dos 19 convocados:

– Guarda-redes: Matheus, Tiago Sá e Eduardo.

– Defesas: Esgaio, Bruno Viana, David Carmo, Raul Silva, Sequeira e Wallace.

– Médios: André Horta, Palhinha, João Novais.

– Avançados: Murilo, Galeno, Ricardo Horta, Paulinho, Trincão, Rui Fonte e Wilson Eduardo.

Continuar a ler

Futebol

Hugo Vieira regressa a casa

Avançado de Barcelos

em

Foto: Gil Vicente FC

O avançado Hugo Vieira está de regresso a Barcelos para alinhar no plantel do Gil Vicente FC, anunciou hoje o clube gilista.

Depois de marcar 69 golos em três temporadas e meia na Sérvia e no Japão, o barcelense só foi opção por duas vezes na Turquia, esta temporada, marcando um golo, pelo Sivasspor, com quem rescindiu contrato recentemente.

Aos 31 anos, o avançado tinha convites do Estrela Vermelha, onde alinhou durante uma época e meia, entre 2015 e 2016, deixando a marca de 29 golos em 52 jogos.

Também os japoneses do Yokohama Marinos o queriam recontratar, depois de, em 82 jogos disputados, ao longo de duas épocas (2017 e 2018), marcar 40 golos.

Esta é a quarta vez que o goleador alinha pelo emblema barcelense.

Continuar a ler

Futebol

Jesualdo Ferreira, ex-SC Braga, estreia-se a vencer pelo Santos

Brasileirão

em

Foto: Twitter

O treinador português Jesualdo Ferreira conseguiu, na segunda-feira, o primeiro triunfo pelo Santos, ao vencer em casa do Guarani 2-1, com um autogolo já nos descontos, em jogo da segunda jornada do campeonato paulista de futebol.

O avançado Pablo Diogo, emprestado pelo Santa Clara ao Guarani, marcou na própria baliza, aos 90+2, dando o primeiro triunfo na competição ao Santos, que se tinha estreado com um nulo na receção ao Bragantino, naquele que foi o primeiro jogo oficial de Jesualdo.

No jogo de Campinas, o Santos esteve a vencer por 1-0, com um golo de Arthur, aos 21 minutos, mas o Guarani, que viu Lucas Santos ser expulso aos 46 minutos, ainda empatou por Rafael Costa, aos 64, valendo ao ‘peixe’ o autogolo ao cair do pano.

O treinador português, de 73 anos, assinou pelo Santos em dezembro de 2019, numa carreira em que se notabilizou no FC Porto, com três títulos, e passou por Benfica, Sporting de Braga, Panathinaikos, Málaga, Sporting, Zamalek ou Al-Sadd.

No campeonato paulista, o Santos lidera o grupo A, com quatro pontos, mais um do que a Ponte Preta e o Oeste, ambos com três.

O formato de disputa do campeonato ‘paulista’ apresenta algumas diferenças em relação ao modelo antigo, sendo que nesta primeira fase, dividida em quatro grupos de quatro equipas, os componentes do grupo defrontam as outras 12 formações, sem se defrontarem entre si na ‘poule’.

Depois da conquista no final da temporada do ‘Brasileirão’ e da Taça Libertadores por parte de Jorge Jesus ao serviço do Flamengo, Jesualdo Ferreira é o terceiro treinador português a orientar uma equipa nos dois principais campeonatos ‘canarinhos’, ficando a cargo do Santos, vice-campeão brasileiro, enquanto Augusto Inácio foi contratado pelo Avaí, que desceu à segunda divisão.

Continuar a ler

Populares