Seguir o O MINHO

Região

Professores “Lesados nos Descontos” intensificam luta contra “injustiça e discriminação”

em

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

O Grupo de Professores “Lesados nos Descontos” intensifica a sua luta contra “a injustiça e a discriminação” que continua a afetar diariamente aqueles docentes, tendo agora ido à porta da Segurança Social de Braga, realizar uma concentração, para sensibilizar a tutela.


Este grupo, de inspiração minhota, nascido entre professores dos distritos de Braga e de Viana do Castelo, mas já com dimensão nacional, tem vindo a pugnar “para a necessidade de correção do tempo que é declarado para aos Serviços da Segurança Social de todos os docentes, independentemente do número de horas que constam nos respetivos contratos”.

Ricardo Pereira, professor, de Viana do Castelo, afirmou a O MINHO que “um professor com horário completo, mas distribuído por duas escolas, nunca tem 30 dias de descontos contabilizados, pois a fórmula encontrada é errada, como concluiu o Tribunal de Sintra”.

“Representamos 2.705 professores que já estão neste ano letivo a lecionar com horários incompletos, estando aqui com dois representantes de Viana do Castelo e um de Braga, o facto de ter escolhido Braga é por ser a capital do Minho”, como explicou Ricardo Pereira.

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Segundo o mesmo professor, “pretendemos alertar a tutela, neste caso a Segurança Social e porque é uma das parceiras, que estão a emanar fórmulas erradas para a contabilização do tempo de serviço, que deve ser sempre 30 dias de trabalho mensal, pois os professores trabalham a tempo inteiro, não a tempo parcial, conforme acórdão do Tribunal de Sintra”.

Ainda segundo Ricardo Pereira, “em professores com 18 horas letivas, há a discrepância de dias declarados de trabalho à Segurança Social, com escolas a declarar número de dias fixo mensalmente, outras que variam consoante feriados e outras situações, enfim, para 18 horas, há escolas a declarar 30 dias, 27, 21, e etc., o que constitui uma anarquia total”.

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

Foto: Joaquim Gomes/O MINHO

“Há também casos em que na mesma escola, durante todo o ano letivo, para um horário de 18 horas, o mesmo salário, mesmos descontos, mas tempo contabilizado é diferente”, como refere também Ricardo Pereira, do Grupo de Professores “Lesados nos Descontos”.

“Efetuamos inúmeras diligências relativos aos grupos parlamentares, até à data somente o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português produziram documentação sobre este assunto”, salientou a O MINHO Ricardo Pereira, durante a concentração, em Braga.

Às dezenas de docentes queixando-se de “injustiça e discriminação”, juntaram-se ainda os ativistas Sindicato de Todos os Professores (STOP), com uma autocaravana, tendo André Pestana revelado que “esta autocaravana, com mais de 20 anos, vai percorrer todos os distritos de Portugal continental, simbolizando desse modo aquilo que muitos milhares professores sentem todos os anos e que é a sua grande instabilidade e a sua precaridade”.

Anúncio

Região

Depressão Bárbara ganha força e IPMA sobe para laranja aviso em Braga e Viana

Mau tempo

em

Imagem satélite correspondente às 21:46 deste domingo. Fonte: Meteogalicia

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) já tinha colocado os distritos de Braga e de Viana do Castelo sob aviso amarelo face à previsão de chuva forte e persistente a partir da tarde de segunda-feira, face a uma tempestade atlântica que originou a Depressão Bárbara, que passa a noroeste da península na terça.

Mas, devido a um agravamento das condições atmosféricas, o aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, foi acionado pelo IPMA para ambos os distritos por causa da precipitação que é esperada mais intensa desde as 19:00 horas de segunda até às 03:00 horas de terça-feira e novamente entre as 12:00 e as 18:00 de terça.

Em comunicado, o IPMA também já anunciou a aproximação e os efeitos da depressão Bárbara que serão já sentidos a partir da tarde de segunda-feira e até ao final de terça-feira.

“Os efeitos desta depressão no território continental serão essencialmente sentidos pelo aumento da intensidade do vento a partir da tarde de dia 19 de outubro, prolongando-se até ao final do dia 20, com rajadas até 100 km/h e até 130 km/h nas terras altas”, pode ler-se no documento.

De acordo com o IPMA, à depressão está associado “um sistema frontal de atividade moderada a forte, que se aproximará de Portugal continental a partir da tarde de dia 19, e irá atravessar todo o território durante o dia 20, dando origem também a precipitação por vezes forte e persistente, em especial entre o início da tarde de dia 19 e o final de dia 20”.

Na terça-feira, está prevista uma descida da temperatura máxima, que irá variar aproximadamente entre 15 e 23° graus centigrados.

Segundo o IPMA, prevê-se também um aumento da agitação marítima, em especial na costa da região Sul, a partir da tarde de segunda-feira e até final de terça-feira, onde a altura significativa das ondas poderá atingir 3,5 metros de sudoeste.

 

Continuar a ler

Braga

Mercado municipal de Braga reabre no início de dezembro

Câmara lança hasta pública para lugares vagos

em

Foto: DR

O mercado municipal reabre no começo de dezembro. O Executivo Municipal bracarense aprecia, na manhã desta segunda-feira, em reunião de Câmara a realizar nas instalações do gnration, o procedimento de hasta pública para a concessão de licença de ocupação dos lugares e locais de venda disponíveis no Mercado, na sequência da prévia atribuição de espaços aos 200 comerciantes históricos que já marcavam presença no equipamento.

O Mercado contará, nesta fase, com 13 novos espaços disponíveis para comerciantes do setor alimentar, abrindo também a possibilidade de entrada de produtos que reflitam novas tendências alimentares.

Nesta reunião, será apreciado o programa de procedimento de hasta pública para a ocupação de 5 bancas para venda de flores e hortofrutícolas, 2 talhos e 6 lojas interiores. O regulamento identifica a área do espaço e sua localização, atividade a que se destina e preço base de licitação de cada um dos lugares, assim como a respetiva taxa mensal.

Na ocasião, em análise estarão, ainda, entre outros assuntos, contratos interadministrativos de Delegação de Competências a celebrar com diversas freguesias e uniões de freguesias do concelho e propostas de apoios financeiros.
A ordem de trabalhos da Reunião está disponível para consulta (ver aqui).

Continuar a ler

Região

Saiba quanto vai receber a sua freguesia do Governo

Orçamento do Estado para 2021

em

Foto: O MINHO (arquivo)

As freguesias da União de Viana do Castelo (266,3 mil euros), de Ribeiro do Neiva/Vila Verde (216,8), São Victor/Braga (175,2 mil euros), Famalicão/Calendário (168,2 mil euros) e Fafe (156,9 mil euros) são as que mais vão receber do Orçamento do Estado (OE) para 2021.

Em documento do OE consultado por O MINHO, é possível verificar que a maioria das freguesias mais pequenas receberá cerca de 32 mil euros enquanto que as uniões são as que levam a maior parte do bolo.

Em 2021, o Governo vai transferir para as autarquias cerca de 3,1 mil milhões, mais 200 milhões do que no ano em curso.

Lista por freguesia

Distrito de Braga

Amares

Barreiros – 31.011,00 euros
Bico – 31.011,00
Caires – 31.519,00
Carrazedo – 31.011,00
Dornelas – 31.011,00
Fiscal – 31.011,00
Goães – 32.653,00
Lago – 40.100,00
Rendufe – 32.196,00
Bouro Santa Maria – 32.296,00
Bouro Santa Marta – 34.689,00
UF Amares e Figueiredo – 56.861,00
UF Caldelas, Sequeiros e Paranhos – 74.009,00
UF Ferreiros, Prozelo e Besteiros – 92.433,00
UF Torre e Portela – 47.733,00
UF Vilela, Seramil e Paredes Secas – 72.429,00

Barcelos

Abade de Neiva – 41.752,00
Aborim – 31.982,00
Adães – 31.011,00
Airó – 31.011,00
Aldreu – 31.011,00
Alvelos – 42.758,00
Arcozelo – 119.535,00
Areias – 31.537,00
Balugães – 31.011,00
Barcelinhos – 37.215,00
Barqueiros – 42.883,00
Cambeses – 32.103,00
Carapeços – 43.593,00
Carvalhal – 33.223,00
Carvalhas – 31.011,00
Cossourado – 32.205,00
Cristelo – 42.099,00
Fornelos – 31.011,00
Fragoso – 46.387,00
Gilmonde – 36.747,00
Lama – 32.007,00
Lijó – 42.611,00
Macieira de Rates – 43.488,00
Manhente – 36.662,00
Martim – 43.636,00
Moure – 31.011,00
Oliveira – 32.560,00
Palme – 34.813,00
Panque – 31.011,00
Paradela – 32.541,00
Pereira – 33.835,00
Perelhal – 39.183,00
Pousa – 46.094,00
Remelhe – 36.414,00
Roriz – 43.072,00
Rio Covo Santa Eugénia – 32.007,00
Galegos Santa Maria – 44.341,00
Galegos São Martinho – 35.230,00
Tamel São Veríssimo – 50.350,00
Silva – 31.011,00
Ucha – 34.559,00
Várzea – 32.007,00
Vila Seca – 34.815,00
UF Alheira e Igreja Nova – 58.974,00
UF Alvito e Couto – 79.964,00
UF Barcelos – 140.086,00
UF Campo e Tamel – 55.486,00
UF Carreira e Fonte Coberta – 59.242,00
UF Chorente, Góios, Courel, Pedra Furada e Gueral – 128.916,00
UF Creixomil e Mariz – 55.486,00
UF Durrães e Tregosa – 55.486,00
UF Gamil e Midões – 55.486,00
UF Milhazes, Vilar de Figos e Faria – 80.140,00
UF Negreiros e Chavão – 63.2425,00
UF Quintiães e Aguiar – 55.486,00
UF Sequeade e Bastuço – 79.964,00
UF Silveiros e Rio Covo (Santa Eulália) – 57.787,00
UF Tamel e Vilar de Monte – 55.486,00
UF Viatodos, Grimancelos, Minhotães e Monte Fralães – 114.083,00
UF Vila Cova e Feitos – 68.419,00

Braga

Adaúfe – 58.183,00
Espinho – 34.768,00
Esporões – 40.065,00
Figueiredo – 31.694,00
Gualtar – 59.958,00
Lamas – 30.711,00
Mire de Tibães – 45.331,00
Padim da Graça – 36.642,00
Palmeira – 71.928,00
Pedralva – 39.429,00
Priscos – 33.991,00
Ruílhe – 31.693,00
S. Vicente – 88.796,00
S. Víctor – 175.255,00
Sequeira – 41.710,00
Sobreposta – 34.123,00
Tadim – 30.710,00
Tebosa – 31.312,00
UF Arentim e Cunha – 54.825,00
UF Maximinos, Sé e Cividade – 156.952,00
UF S. José de S. Lázaro e S. João Souto – 164.601,00
UF Cabreiros e Passos – 61.065,00
UF Celeirós, Aveleda e Vimieiro – 98.139,00
UF Crespos e Pousada – 55.213,00
UF Escudeiros e Penso – 80.112,00
UF Este – 72.007,00
UF Ferreiros e Gondizalves – 99.844,00
UF Guisande e Oliveira – 54.887,00
UF Lomar e Arcos – 84.114,00
UF Merelim, Panóias e Parada de Tibães – 88.669,00
UF Merelim e Frossos – 60.220,00
UF Morreira e Trandeiras – 54.886,00
UF Nogueira, Fraião e Lamaçães – 133.740,00
UF Nogueiró e Tenões – 63.409,00
UF Real, Dume e Semelhe – 124.669,00
UF S. Lucrécia de Algeriz e Navarra – 54.886,00
UF Vilaça e Fradelos – 54.886,00

Cabeceiras de Basto

Abadim – 38.063,00
Basto – 32.677,00
Bucos – 41.447,00
Cabeceiras de Basto – 49.227,00
Cavez – 52.514,00
Faia – 32.651,00
Pedraça – 36.780,00
Rio Douro – 63.933,00
UF Alvite e Passos – 59.824,00
UF Arco Baúlhe e Vila Nune – 63.818,00
UF Gondiães e Vilar de Cunhas – 71.220,00
UF Refojos de Basto, Outeiro e Painzela – 115.820,00

Celorico de Basto

Agilde – 38.923,00
Arnóia – 49.343,00
Borba da Montanha – 39.591,00
Codeçoso – 32.651,00
Fervença – 41.827,00
Moreira do Castelo – 32.651,00
Rego – 42.380,00
Ribas – 38.072,00
Basto – 44.366,00
Vale de Bouro – 33.494,00
UF Britelo, Gémeos e Ourilhe – 96.882,00
UF Caçarilhe e Infesta – 57.124,00
UF Canedo de Basto e Corgo – 61.236,00
UF Carvalho e Basto – 57.624,00
UF Veade, Gagos e Molares – 81.599,00

Esposende

Antas – 43.957,00
Forjães – 46.100,00
Gemeses – 33.174,00
Vila Chã – 38.749,00
UF Apúlia e Fão – 107.325,00
UF Belinho e Mar – 70.576,00
UF Esposende, Marinhas e Gandra – 145.793,00
UF Fonte Boa e Rio Tinto – 59.497,00
UF Palmeira de Faro e Curvos – 66.520,00

Fafe

Armil – 32.651,00
Estorãos – 40.628,00
Fafe – 156.905,00
Fornelos – 34.958,00
Golães – 45.284,00
Medelo – 33.648,00
Passos – 33.951,00
Quinchães – 48.624,00
Regadas – 42.138,00
Revelhe – 32.651,00
Ribeiros – 32.651,00
Arões Sta. Cristina – 33.648,00
S. Gens – 45.874,00
Silvares S. Martinho – 38.986,00
Arões S. Romão – 57.093,00
Travassós – 42.172,00
Vinhós – 32.651,00
UF Aboim, Felgueiras, Gontim e Pedraldo – 104.996,00
UF Agrela e Serafão – 69.388,00
UF Antime e Silvares – 68.762,00
UF Ardegão, Arnozela e Seidões – 92.612,00
UF Cepães e Fareja – 70.414,00
UF Freitas e Vila Cova – 64.467,00
UF Monte e Queimadela – 64.686,00
UF Moreira de Rei e Várzea Cova – 85.763,00

Guimarães

Aldão – 31.009,00
Azurém – 100.023,00
Barco – 35.271,00
Brito – 67.149,00
Caldas das Taipas (Caldelas) – 62.283,00
Costa – 56.509,00
Creixomil – 93.881,00
Fermentões – 63.170,00
Gonça – 37.614,00
Gondar – 42.513,00
Guardizela – 46.741,00
Infantas – 41.632,00
Longos – 40.407,00
Lordelo – 64.708,00
Mesão Frio – 57.077,00
Moreira de Cónegos – 74.887,00
Nespereira – 50.259,00
Pencelo – 32.765,00
Pinheiro – 32.006,00
Polvoreira – 55.063,00
Ponte – 73.231,00
Ronfe – 61.246,00
Prazins Sta. Eufémia – 32.006,00
Selho S. Cristóvão – 38.709,00
Selho S. Jorge – 73.393,00
Candoso S. Martinho – 36.559,00
Sande S. Martinho – 48.901,00
S. Torcato – 55.178,00
Serzedelo – 60.977,00
Silvares – 47.716,00
Urgezes – 68.496,00
UF Abação e Gémeos – 77.186,00
UF Airão e Vermil – 98.549,00
UF Arosa e Castelões – 64.467,00
UF Atães e Rendufe – 75.967,00
UF Briteiros S. Estêvão e Donim – 66.157,00
UF Briteiros S. Salvador e Sta. Leocádia – 66.817,00
UF Candoso S. Tiago e Mascotelos – 65.119,00
UF Conde e Gandarela – 64.892,00
UF Leitões, Oleiros e Figueiredo – 90.970,00
UF Oliveira, S. Paio e S. Sebastião – 110.816,00
UF Prazins Sto. Tirso e Corvite – 55.983,00
UF Sande S. Lourenço e Balazar – 64.809,00
UF Sande Vila Nova e S. Clemente – 81.752,00
UF Serzedo e Calvos – 67.484,00
UF Souto e Gondomar – 91.390,00
UF Tabuadelo e S. Faustino – 70.966

Póvoa de Lanhoso

Covelas – 32.652,00
Ferreiros – 32.652,00
Galegos – 32.652,00
Garfe – 35.418,00
Geraz do Minho – 32.652,00
Lanhoso – 32.652,00
Monsul – 32.652,00
Póvoa de Lanhoso – 69.506,00
Rendufinho – 33.138,00
Sto. Emilião – 32.652,00
S. João de Rei – 32.652,00
Serzedelo – 34.882,00
Sobradelo da Goma – 37.654,00
Taíde – 40.380,00
Travassos – 32.652,00
Vilela – 32.652,00
UF Águas Santas e Moure – 56.545,00
UF Calvos e Frades – 57.126,00
UF Campos e Louredo – 57.668,00
UF Esperança e Brunhais – 57.126,00
UF Fonte Arcada e Oliveira – 62.334,00
UF Verim, Friande e Ajude – 72.661,00

Terras de Bouro

Balança – 32.652,00
Campo do Gerês – 65.324,00
Carvalheira – 32.652,00
Covide – 40.005,00
Gondoriz – 32.652,00
Moimenta – 32.652,00
Ribeira – 31.166,00
Rio Caldo – 38.699,00
Souto – 32.652,00
Valdosende – 34.744,00
Vilar da Veiga – 82.051,00
UF Chamoim e Vilar – 56.053,00
UF Chorense e Monte – 58.727,00
UF Cibões e Brufe – 57.526,00

Vieira do Minho

Cantelães – 36.814,00
Eira Vedra – 32.652,00
Guilhofrei – 38.756,00
Louredo – 32.652,00
Mosteiro – 36.488,00
Parada de Bouro – 32.652,00
Pinheiro – 32.652,00
Rossas – 59.751,00
Salamonde – 32.562,00
Tabuaças – 35.113,00
Vieira do Minho – 45.328,00
UF Anissó e Soutelo – 57.126,00
UF Caniçada e Soengas – 47.984,00
UF Ruivães e Campos – 73.804,00
UF Ventosa e Cova – 57.126,00

Vila Nova de Famalicão

Bairro – 56.214,00
Brufe – 40.912,00
Castelões – 38.786,00
Cruz – 38.004,00
Delães – 52.888,00
Fradelos – 65.652,00
Gavião – 57.942,00
Joane – 99.276,00
Landim – 50.624,00
Louro – 44.370,00
Lousado – 59.186,00
Mogege – 37.297,00
Nine – 48.749,00
Pedome – 40.526,00
Pousada de Saramagos – 33.708,00
Requião – 54.129,00
Riba de Ave – 47.525,00
Ribeirão – 106.989,00
Oliveira Sta. Maria – 53.067,00
Vale S. Martinho – 40.454,00
Oliveira S. Mateus – 48.937,00
Vermoim – 51.168,00
Vilarinho das Cambas – 40.567,00
UF Antas e Abade de Vermoim – 93.828,00
UF Arnoso e Sezures – 88.468,00
UF Avidos e Lagoa – 56.481,00
UF Carreira e Bente – 57.689,00
UF Esmeriz e Cabeçudos – 67.708,00
UF Cavalões, Gondifelos e Outiz – 97.405,00
UF Lemenhe, Mouquim e Jesufrei – 86.867,00
UF Ruivães e Novais – 66.312,00
UF Seide – 55.776,00
UF Vale S. Cosme, Telhado e Portela – 108.305,00
UF Famalicão e Calendário – 186.290,00

Vila Verde

Atiães – 32.652,00
Cabanelas – 44.712,00
Cervães – 45.407,00
Coucieiro – 32.652,00
Dossãoes – 32.652,00
Freiriz – 35.497,00
Gême – 32.652,00
Lage – 45.044,00
Lanhas – 32.652,00
Loureira – 32.269,00
Moure – 37.109,00
Oleiros – 33.649,00
Parada de Gatim – 32.652,00
Pico – 32.652,00
Ponte – 32.652,00
Sabariz – 32.652,00
Vila de Prado – 64.519,00
Prado S. Miguel – 32.652,00
Soutelo – 42.988,00
Turiz – 33.649,00
Valdreu – 43.714,00
Aboim da Nóbrega e Gondomar – 61.583,00
UF Ribeira do Neiva – 216.807,00
UF Carreiras – 64.470,00
UF Escariz – 64.470,00
UF Esqueiros, Nevogilde e Travassós – 91.583,00
UF Marrancos e Arcozelo – 64.470,00
UF Oriz – 64.281,00
UF Pico Regalados, Gondiães e Mós – 92.617,00
UF Sande, Vilarinho, Barros e Gomide – 120.763,00
UF Valbom – 91.573,00
UF Vade – 139.885,00
Vila Verde e Barbudo – 93.684,00

Vizela

Sta. Eulália – 73.909,00
Infias – 32.879,00
Vizela Sto. Adrião – 44.944,00
UF Caldas de Vizela – 132.324,00
UF Tagilde e Vizela S. Paio – 60.240,00

Total distrito de Braga: 19,3 milhões (19.342,242,00)

Distrito de Viana do Castelo

Arcos de Valdevez

Aboim das Choças – 32.652,00
Aguiã – 32.652,00
Ázere – 32.652,00
Cabana Maior – 36.511,00
Cabreiro – 56.976,00
Cendufe – 32.652,00
Couto – 32.652,00
Gavieira – 62.909,00
Gondoriz – 58.302,00
Miranda – 33.265,00
Monte Redondo – 32.652,00
Oliveira – 32.652,00
Paçô – 32.652,00
Padroso – 32.652,00
Prozelo – 33.263,00
Rio Frio – 43.285,00
Rio de Moinhos – 32.652,00
Sabadim – 32.652,00
Jolda S. Paio – 32.652,00
Senharei – 32.652,00
Sistelo – 43.995,00
Soajo – 69.863,00
Vale – 38.420,00
UF Alvora e Loureda – 57.162,00
UF Arcos de Valdevez S. Paio e Giela – 58.448,00
UF Arcos de Valdevez S. Salvador, Vila Fonche e Parada – 81.219,00
UF Eiras e Mei – 47.951,00
UF Grade e Carralcova – 48.992,00
UF Guilhadeses e Santar – 47.951,00
UF Jolda Madalena e Rio Cabrão – 47.951,00
UF Padreiro – 47.881,00
UF Portela e Extremo – 51.132,00
UF S. Jorge e Ermelo – 54.162,00
UF Souto e Tabaçô – 56.963,00
UF Távora – 57.126,00
UF Vilela, S. Cosme e S. Damião e Sá – 73.846,00

Caminha

Âncora – 32.477,00
Argela – 32.338,00
Dem – 32.353,00
Lanhelas – 32.651,00
Riba de Âncora – 33.871,00
Seixas – 36.398,00
Vila Praia de Âncora – 67.960,00
Vilar de Mouros – 33.481,00
Vile – 30.711,00
UF Arga – 79.575,00
UF Caminha e Vilarelho – 60.628,00
UF Gondar e Orbacém – 56.529,00
UF Moledo e Cristelo – 60.563,00
UF Venade e Azevedo – 48.000,00

Melgaço

Alvaredo – 32.652,00
Cousso – 32.652,00
Cristoval – 32.652,00
Fiães – 36.511,00
Gave – 37.634,00
Paderne – 45.245,00
Penso – 32.652,00
S. Paio – 32.896,00
UF Castro Laboreiro e Lamas de Mouro – 128.191,00
UF Chaviães e Paços – 57.126,00
UF Parada do Monte e Cubalhão – 67.345,00
UF Prado e Remoães – 47.951,00
UF Vila e Roussas – 64.759,00

Monção

Abedim – 33.174,00
Barbeita – 35.297,00
Barroças e Taias – 32.652,00
Bela – 32.652,00
Cambeses – 32.652,00
Lara – 32.652,00
Longos Vales 39.348,00
Merufe – 54.078,00
Moreira – 32.652,00
Pias – 36.687,00
Pinheiros – 32.652,00
Podame 32.652,00
Portela – 32.652,00
Riba de Mouro – 40.345,00
Segude – 32.652,00
Tangil – 47. 703,00
Trute – 32.652,00
UF Anhões e Luzio – 46.155,00
UF Ceivães e Badim – 57.126,00
UF Mazedo e Cortes – 64.943,00
UF Messegães, Valadares e Sá – 81.029,00
UF Monção e Troviscoso – 75.206,00
UF Sago, Lordelo e Parada – 63.871,00
UF Troporiz e Lapela – 56.590,00

Paredes de Coura

Agualonga – 32.652,00
Castanheira – 33.928,00
Coura – 32.652,00
Cunha – 38.676,00
Infesta – 32.652,00
Mozelos – 32.652,00
Padornelo – 33.320,00
Parada – 32.652,00
Romarigães – 32.652,00
Rubiães – 35.077,00
Vascões – 32.652,00
UF Bico e Cristelo – 58.212,00
UF Cossourado e Linhares – 57.126,00
UF Formaria e Ferreira – 59.443,00
UF Insalde e Porreiras – 53.196,00
UF Paredes de Coura e Resende – 63.787,00

Ponte da Barca

Azias – 32.815,00
Boivães – 32.652,00
Bravães – 32.652,00
Britelo – 35.408,00
Cuide de Vila Verde – 32.652,00
Lavradas – 34.099,00
Lindoso – 64.273,00
Nogueira – 32.652,00
Oleiros – 32.652,00
Sampriz – 32.652,00
Vade S. Pedro – 32.652,00
Vade S. Tomé – 32.652,00
UF Crasto, Ruivos e Grovelas – 81.351,00
UF Entre Ambos-os-Rios, Ermida e Germil – 74.831,00
UF Ponte da Barca – 93.040,00
UF Touvedo – 48.557,00
UF Vila Chã – 49.316,00

Ponte de Lima

Anais – 37.184,00
S. Pedro d’Arcos – 35.806,00
Arcozelo – 62.415,00
Beiral do Lima – 32.705,00
Bertiandos – 31.010,00
Boalhosa – 32.124,00
Brandara – 31.010,00
Calheiros – 36.115,00
Calvelo – 31.010,00
Correlhã – 51.703,00
Estorãos – 39.546,00
Facha – 42.767,00
Feitosa – 31.010,00
Fontão – 32.007,00
Friastelas – 32.652,00
Gandra – 32.007,00
Gemieira – 32.652,00
Gondufe – 32.652,00
Labruja – 38.218,00
Poiares – 33.596,00
Refóios do Lima – 48.392,00
Ribeira – 42.725,00
Sá – 31.010,00
Santa Comba – 31.010,00
Santa Cruz do Lima – 31.010,00
Rebordões Sta. Maria – 32.885,00
Seara – 31.010,00
Serdedelo – 32.652,00
Rebordões Souto – 35.957,00
Vitorino das Donas – 31.950,00
Arca e Ponte de Lima – 74.536,00
Ardegão, Freixo e Mato – 93.764,00
Vale do Neiva – 92.617,00
Barrio e Cepões – 64.470,00
Cabaços e Fojo Lobal – 64.470,00
Cabração e Moreira do Lima – 68.344,00
Fornelos e Queijada – 73.949,00
Labrujó, Rendufe e Vilar do Monte – 72.421,00
Navió e Vitorino dos Piães – 76.195,00

Valença

Boivão – 32.652,00
Cerdal – 55.462,00
Fontoura – 34.663,00
Friestas – 39.174,00
Ganfei – 34.349,00
S. Pedro da Torre – 34.349,00
Verdoejo – 31.010,00
UF Gandra e Taião – 58.377,00
UF Gondomil e Safins – 51.418,00
UF S. Julião e Silva – 57.126,00
UF Valença, Cristelo Covo e Arão – 101.508,00

Viana do Castelo

Afife – 42.439,00
Alvarães – 48.403,00
Armonde – 31.010,00
Anha – 46.869,00
Areosa – 72.783,00
Carreço – 47.326,00
Castelo do Neiva – 52.104,00
Darque – 95.890,00
Freixieiro de Soutelo – 39.473,00
Lanheses – 41.689,00
Montaria – 50.610,00
Mujães – 35.955,00
S. Romão de Neiva – 35.881,00
Outeiro – 42.613,00
Perre – 52.365,00
Santa Marta de Portuzelo – 60.207,00
Vila Franca – 41.378,00
Vila de Punhe – 43.722,00
Chafé – 45.765,00
UF Barroselas e Carvoeiro – 88.583,00
UF Cardielos e Serreleis – 56.919,00
UF Geraz do Lima e Deão – 107.940,00
UF Mazarefes e Vila Fria – 62.456,00
UF Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda – 83.827,00
UF Subportela, Deocriste e Portela Susã – 82.199,00
UF Torre e Vila Mou – 55.484,00
UF Viana do Castelo – 266.357,00

Vila Nova de Cerveira

Cornes – 32.931,00
Covas – 68.628,00
Gondarém – 38.700,00
Loivo – 35.001,00
Mentrestido – 32.652,00
Sapardos – 32.652,00
Sopo – 42.894,00
UF Campos e Vila Meã – 63.558,00
UF Candemil e Gondar – 48.801,00
UF Reboreda e Nogueira – 57.590,00
UF Cerveira e Lovelhe – 67.629,00

Total distrito de Viana 9,9 milhões (9.948.309,00)

Continuar a ler

Populares