Portugal vai receber o maior evento LGBTQIAP+ da Europa

Em Lisboa
Foto: O MINHO / Arquivo

Lisboa vai acolher em 2025 o EuroPride, um evento internacional que “será um grande momento de celebração da visibilidade LGBTQIAP+”, revelou este sábado à agência Lusa a presidente da associação ILGA Portugal, Ana Aresta, co-organizadora da iniciativa.

As associações ILGA Portugal, Variações, rede ex aequo e AMPLOS apresentaram uma candidatura à organização do EuroPride em Lisboa em 2025 e a proposta foi aprovada por maioria pelos membros da EPOA – European Pride Organizers Association.

O EuroPride é considerado “o maior evento de celebração do orgulho das entidades LGBTQIAP+ na Europa” e acontece anualmente desde 1992 em diferentes cidades europeias, com um extenso programa de actividades, conferências, encontros, uma marcha e uma festa.

Em Lisboa, o EuroPride acontecerá de 14 a 21 de Junho de 2025, coincidindo com as festas populares da cidade e com o tradicional arraial Pride. “Estamos a falar de um evento que recebe muitos milhares de pessoas de todo o mundo e será um momento para Portugal provar que está na dianteira dos direitos humanos e na promoção de contextos de segurança e diversidade”, sublinhou Ana Aresta.

A presidente da ILGA Portugal explicou que o orçamento para a organização desta iniciativa será de cerca de um milhão de euros, e as quatro entidades organizadoras esperam o envolvimento financeiro da autarquia de Lisboa, do Turismo de Portugal, de parcerias privadas, patrocínios e donativos.

De acordo com o dossier de candidatura apresentado, haverá um encontro de juventude, uma conferência sobre direitos humanos, mostras de cinema e exposições. Na proposta foi incluída uma carta de apoio ao evento assinada pela secretária de Estado da Igualdade e Migrações, Isabel Rodrigues.

Ana Aresta considera que o papel do Governo é “fundamental”, assim como o apoio da Presidência da República, para a realização do evento.

No dossier de candidatura apresentado, as quatro associações portuguesas sublinham que o conceito subjacente ao EuroPride 2025 é “Orgulhosamente Vós”, subvertendo o lema do regime ditatorial do Estado Novo “Orgulhosamente sós”.

“Muitas pessoas LGBTI+ vivem e crescem em contextos de vergonha e de silêncio, e, portanto, esta mensagem vem reforçar esta mensagem de nos celebrarmos com orgulho”, justificou Ana Aresta.

Esta era a segunda vez que as associações portuguesas apresentavam uma candidatura à organização do EuroPride. De acordo com a EPOA, na corrida à organização do EuroPride 2025 estavam candidaturas de Lisboa e de Magdeburgo, na Alemanha.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Rui Pinto constituído arguido em um novo processo

Próximo Artigo

SC Braga nas bocas do mundo após anúncio da entrada de dono do PSG na SAD

Artigos Relacionados
x