Pelos menos 19 mortos na Alemanha e dois na Bélgica após fortes chuvas e inundações

Dezenas de pessoas estão desaparecidas

Pelo menos 21 pessoas morreram, 19 na Alemanha e duas na Bélgica, depois de fortes chuvas atingirem vários países europeus nos últimos dias provocando inundações, desabamentos e enormes danos materiais, informaram hoje as autoridades.

Segundo as autoridades alemãs, dezenas de pessoas estão desaparecidas após as fortes chuvas que estão a cair sobretudo desde quarta-feira no país e os bombeiros estão mobilizados hoje para resgatar moradores de várias localidades afetadas.

As autoridades do condado de Euskirchen, na região administrativa de Colónia, estado da Renânia do Norte-Vestfália, disseram hoje que oito mortes foram relatadas devido às enchentes.

Na cidade de Koblenz, no oeste da Alemanha, a polícia deu conta de quatro pessoas mortas, nesta localidade do condado de Ahrweiler, na Renânia-Palatinado, e cerca de 50 ficaram presas nos telhados das casas a aguardar resgate. Várias pessoas estão desaparecidas.

Seis casas desabaram durante a noite na aldeia de Schuld. A localidades fica em Eifel, uma região vulcânica de colinas e pequenos vales a sudoeste de Colónia.

A polícia disse que quatro pessoas morreram em incidentes separados depois de as caves das suas casas ficarem inundadas em Colónia, Kamen e Wuppertal, onde as autoridades alertaram que uma barragem ameaça romper.

Dois bombeiros morreram durante os trabalhos de resgate na região de Renânia do Norte-Vestfália.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Homem gravemente ferido em acidente de trabalho em Cerveira

Próximo Artigo

Covid-19: Casos ativos 'disparam' em Viana do Castelo

Artigos Relacionados
x