Seguir o O MINHO

Ave

Peixoto Lima (PSD) quer melhorar serviço de saúde em Celorico de Basto

Eleições autárquicas 2021

em

Foto: Divulgação

José Peixoto Lima, candidato do PSD à Câmara de Celorico de Basto, participou, como orador convidado, na palestra “A saúde em Celorico de Basto – Presente e futuro”, onde abordou a transferência de competências do Estado para as autarquias locais.

Citado em comunicado, Peixoto Lima sustenta que “as autarquias locais são a estrutura fundamental para a gestão de serviços públicos, numa dimensão de proximidade, aspeto que se revelou de enorme importância na gestão da pandemia que todos (ainda) estamos a viver”.

“Para além da gestão e manutenção dos edifícios afetos à saúde no concelho, logística e gestão dos trabalhadores inseridos na carreira de assistente operacional, cuja competência será assegurada pelos municípios no curto prazo, o candidato à Câmara Municipal avançou que está também prevista uma parceria estratégica entre os municípios e o Serviço Nacional de Saúde, relativa à prevenção de doença, com especial incidência na promoção de estilos de vida saudáveis e do envelhecimento ativo”, referiu o candidato que concorre após Joaquim Mota Silva, atual autarca, ter atingido o limite de mandatos.

Na apresentação referiu que nesta área “há ainda muito por fazer, tendo apontado algumas medidas necessárias para aproximar os serviços da saúde local aos nossos utentes”.

“Está na hora de avançar com políticas municipais que correspondam verdadeiramente às necessidades e expectativas dos munícipes em matéria de saúde e bem-estar, tendo como último propósito pessoas felizes, saudáveis e realizadas”, concluiu.

Os social-democratas têm quatro mandatos na câmara e os Cidadãos Independentes por Celorico de Basto (CIC) elegeram dois vereadores nas autárquicas de 2017. O PS tem um assento no executivo.

Para as eleições deste ano, marcadas para 26 de setembro, estão já anunciadas as candidaturas do atual vereador da oposição Carlos Guimarães pelo CIC, Peixoto Lima pelo PSD, Manuel Machado pelo PS, e Isabel Freitas pelo CDS.

Populares