Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória segue em frente na Taça da Liga (no regresso dos adeptos aos estádios)

Frente ao Casa Pia

em

Foto: Vitória SC / Facebook

Um golo de Bruno Duarte, na primeira parte, ‘carimbou’ hoje o ‘passaporte’ do Vitória SC para a fase de grupos da Taça da Liga em futebol, no triunfo 1-0 no terreno do Casa Pia.

Os vimaranenses tiveram a primeira oportunidade de golo logo aos quatro minutos, quando Rochinha cabeceou para defesa apertada de Ricardo Batista, na sequência de um cruzamento de André Almeida.

Depois, o Casa Pia tomou conta do jogo e apenas se pode queixar dele próprio por não ter inaugurado o marcador ou até mesmo ganhar o jogo. Já que, tanto na primeira parte, como na segunda, dispôs de mais oportunidades que os comandados de Pepa (12 contra seis). Aliás, até na posse de bola os casapianos dominaram (58% contra 42%).

João Vieira, aos 10 minutos, chegou atrasado a um cruzamento, e, aos 12, foi a fez de Lucas Soares, na esquerda, ter furado na grande área do Vitória e não fez mais que rematar ao lado da baliza de Trmal.

Em tarde notoriamente desinspirada João Vieira, aos 24 minutos, foi incapaz de levar a melhor sobre o guarda-redes vimaranense.

Por sua vez, o Vitória de Guimarães na segunda oportunidade não perdoou. Bruno Duarte, aos 26 minutos, recebeu a bola de André Almeida e, no coração da área, ligeiramente descaído para o lado esquerdo, rematou para o fundo da baliza de Ricardo Batista.

 O resultado ao intervalo premiava a eficácia do Vitória e na segunda parte a toada do jogo manteve-se. O perdulário João Vieira, aos 54 e 57 minutos, primeiro de cabeça e depois com um remate atabalhoado, voltou a não conseguir levar a melhor sobre Trmal.

Ao invés, o Vitória estava a crescer no jogo e a procurar tomar conta das operações, mas, aos 73 minutos, foi obrigado a colocar um ‘travão’, já que Rochinha, fruto da falta sobre Saviour Godwin, viu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Limitada nas ações, fruto de estar reduzida a 10 elementos, a equipa da Cidade Berço fez o que pôde para guardar o triunfo, baixou as linhas e passou a jogar com apenas um avançado.

O Casa Pia bem procurou o golo do empate, mas as tentativas de Saviour Godwin, aos 79 e 86 minutos, bem como a de João Vieira, aos 90+7, revelaram-se infrutíferas.

Ficha de Jogo

Jogo realizado no Estádio de Pina Manique, em Lisboa.

Casa Pia – Vitória SC, 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcador:

0-1, Bruno Duarte, 26 minutos.

Equipas:

– Casa Pia: Ricardo Batista, Rogério Fernandes (Zach, 72), Kelechi, Vasco Fernandes, Leonardo Lelo (Ricardo Fernandes, 78), Saviour Godwin, Neto, Vitó (Zolotic, 66), Lucas Soares (Jota, 66), Banjaqui (Camilo, 78) e João Vieira.

(Suplentes: Lucas Paes, Camilo, Jota, Zolotic, Zach e Ricardo Fernandes).

Treinador: Filipe Martins.

– Vitória SC: Trmal, Sacko, Jorge Fernandes, Borevkovic, Rafa Soares, Handel (Alfa Semedo, 46), André Almeida (Gui, 59), André André (Nicolas Janvier, 75), Rochinha, Marcus Edwards (Rúben Lameiras, 75) e Bruno Duarte (Óscar Estupiñan, 59).

(Suplentes: Celton Biai, Rúben Lameiras, André Amaro, Óscar Estupiñan, Gui, Alfa Semedo, Maga, Hélder Sá e Nicolas Janvier).

Treinador: Pepa.

Árbitro: Cláudio Pereira (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Handel (07), Neto (07), Rogério Fernandes (14), Rafa Soares (21), Vitó (40), Sacko (41), Rochinha (52 e 73), Borevkovic (61) e Jorge Fernandes (83). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Rochinha (73).

Assistência: 266 espetadores.

Populares