Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Obras de 300 mil euros controlam erosão das margens do rio Lima em Ponte de Lima

Projeto “é fundamental para a preservação do maior ecossistema que atravessa o concelho”, diz o autarca

em

Foto: Divulgação / Arquivo

A Câmara de Ponte de Lima e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) vão investir mais de 300 mil euros, para controlar a erosão das margens do rio Lima, naquele concelho do Alto Minho, informou hoje aquela autarquia.

Em comunicado, o município liderado por Victor Mendes (CDS-PP) adiantou que a intervenção de proteção de recursos hídricos, é financiada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSSER) e tem um prazo de execução de 120 dias.

O “auto de consignação da empreitada foi assinado realizou-se na semana passada, na Câmara de Ponte de Lima, entre a APA e a empresa Primos Lena – Engenharia & Construção”.

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

O município justificou aquela intervenção com “significativa erosão fluvial que se tem registado nas margens do rio Lima, agravada sobretudo no período de outono e inverno, constituindo um fator de agressão e de desequilíbrio determinante para o mau estado de conservação hidromorfológicas” daquele curso de água.

“De acordo com a APA, a intervenção vai centrar-se nos troços mais vulneráveis à erosão hídrica, no sentido de mitigar os riscos e efeitos de cheias e inundações na zona crítica influente”, especificou o município, apontando “três troços do rio como os mais vulneráveis e que terão intervenção prioritária, nomeadamente em Arcozelo, Correlhã e Fontão”.

As intervenções previstas “serão direcionadas para o controlo das situações de degradação verificadas na margem direita e esquerda do rio Lima, por via de ações que envolvem medidas de estabilização das margens”.

A intervenção agora anunciada tem como objetivos a “renaturalização do curso de água, a melhoria das condições de escoamento dos caudais do rio Lima, e proteção das margens contra o efeito erosivo dos caudais escoados”.

Para o presidente da Câmara de Ponte de Lima, citado na nota, este projeto “é fundamental para a preservação do maior ecossistema que atravessa o concelho”.

O autarca ressalvou a intervenção “foi elaborado com base nas principais preocupações e sugestões do município dentro dos parâmetros e dos objetivos definidos pela candidatura da APA”.

Anúncio

Ponte de Lima

Camião tomba no acesso à A27 em Ponte de Lima

Refóios do Lima

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

Uma viatura pesada de transporte de mercadorias tombou, ao início a manhã desta segunda-feira, junto ao nó de acesso às autoestradas A3 e A27, em Refóios, Ponte de Lima, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

Pelo que foi possível apurar, o camionista, que transportava uma carga de madeira, fazia o nó de acesso às autoestradas quando o camião que conduzia entrou em despiste acabando por tombar para uma berma da estrada.

Ao local acorreram os Bombeiros de Ponte de Lima que estabilizaram o condutor, que sofreu alguns hematomas mas “nada de grave”.

A vítima acabou mesmo por recusar transporte hospitalar, ficando no local para coordenar o transbordo da carga para outra viatura.

A GNR registou a ocorrência que condicionou o trânsito naquele local durante mais de uma hora devido a derrame de combustível.

O alerta foi dado cerca das 08:50 horas.

Pelas 11:00, ainda se encontram bombeiros para a limpeza de via, obrigando ao corte de acesso à A27.

Notícia atualizada às 11h04 com mais informação

Continuar a ler

Ponte de Lima

Ponte de Lima combate efeito de estufa com novo carregador de veículos elétricos

Descarbonização

em

Foto: DR / Arquivo

Considerando que é uma das medidas essenciais para atingir os objetivos de redução da emissão dos gases com efeito de estufa e descarbonização do centro urbano, a Câmara Municipal de Ponte de Lima deliberou por maioria, na reunião de 07 de outubro, disponibilizar um lugar de estacionamento, na Calçada dos Quarteis, a título gratuito para a instalação de um posto de carregamento de veículos elétricos, com a possibilidade de carregamentos rápidos ou semirrápidos.

A proposta apresentada pela vice-presidente da Câmara Municipal, Mecia Martins, visa dar resposta aos utilizadores de veículos elétricos, sem custos adicionais para o Município de Ponte de Lima.

De acordo com a mesma proposta, o posto de carregamento vai ser instalado em área do domínio público, titulado pela Câmara Municipal que atribuirá licença ao operador privado, ficando este responsável pelas obras de instalação, exploração e manutenção do equipamento.

A presente proposta com a durabilidade de um período de dois anos, será renovada uma única vez por igual período de forma automática, desde que o equipamento se mantenha em funcionamento.

No caso de o proponente deixar de manter o equipamento em funcionamento, a autorização caducará devendo cessar a utilização do espaço cedido a título gratuito, no prazo a estabelecer para o efeito.

No final do prazo autorizado para a utilização do espaço, a autorização caducará, devendo devolver o espaço livre de pessoas e bens, repondo-o nas condições em que se encontrava antes da sua utilização.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Ponte de Lima: 650 mil euros para eliminar plantas invasoras no rio Lima

Espécies exóticas

em

Rio Lima. Foto: Divulgação / Miguel Costa

A Câmara de Ponte de Lima vai investir, em 2020, 650 mil euros na erradicação de espécies exóticas invasoras no rio Lima, para “potenciar” o turismo e os desportos náuticos, divulgou esta terça-feira o presidente Victor Mendes.

Em declarações à agência Lusa, o autarca do CDS-PP explicou que, daquele montante, 450 mil euros são financiados por fundos do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), sendo o valor restante suportado pela Câmara de Ponte de Lima, no distrito de Viana do Castelo.

“Os trabalhos de prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras começam em 2020. É uma necessidade urgente avançar com a limpeza do rio Lima quer de invasoras aquáticas, permitindo a aposta no turismo e desportos náuticos, quer de invasoras nas margens e em ilhas no leito do rio, permitindo a melhoria no escoamento das águas, evitando fenómenos de erosão em vários troços do Lima”, explicou Victor Mendes.

Em comunicado, o município explicou que o investimento resulta de uma candidatura apresentada, em agosto, e já aprovada, “com o objetivo geral da restauração ecológica dos espaços alvo da intervenção proposta e da criação de condições para a instalação/recuperação das comunidades autóctones”.

A candidatura vai permitir “a continuidade e consolidação dos trabalhos desenvolvidos no rio Lima, classificado como Sítio de Importância Comunitária (SIC), em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente, para controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras terrestres, e, por outro lado, ampliar a área de atuação dos trabalhos anteriormente referidos à totalidade da extensão do SIC Rio Lima, inserida nos limites administrativos do concelho de Ponte de Lima”.

Segundo a autarquia, a “nova candidatura, vai permitir a realização de importantes ações de controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras aquáticas, nomeadamente ‘Myriophyllum aquaticum’ e ‘Egeria densa’, no rio Lima”.

“As ações irão ainda permitir avaliar a eficácia dos métodos aplicados e do impacto real ou potencial sobre espécies e ‘habitats’, bem como definir as condições para a realização de ações de controlo de continuidade e criar/adotar soluções inovadoras de monitorização de espécies exóticas invasoras com vista à prevenção e deteção precoce de focos de dispersão destas espécies no SIC Rio Lima”, sustenta a nota.

A candidatura “integra, também, a realização de atividades sensibilização dos diversos públicos-alvo e divulgação da problemática das espécies exóticas invasoras”.

O rio Lima nasce a 975 metros de altitude, na província de Ourense, na Galiza. Entra no Alto Minho, próximo do Lindoso e de Soajo, e passa por Ponte da Barca e Ponte de Lima, desaguando no oceano Atlântico, em Viana do Castelo, após percorrer um total de 135 quilómetros.

Continuar a ler

Populares