Seguir o O MINHO

Guimarães

Mulher acusada de tentar matar companheiro na cozinha de restaurante em Guimarães

Violência doméstica

em

Foto: Ilustrativa / DR

O Ministério Público (MP) acusou uma mulher dos crimes de homicídio na forma tentada e de violência doméstica, por suspeitas de esta ter agredido o companheiro com uma faca no abdómen, na cozinha de um restaurante que ambos exploravam, em Urgezes, Guimarães.

“A arguida espetou uma faca de cozinha no abdómen do ofendido, com o propósito de o atingir em órgãos vitais e assim lhe causar a morte, o que apenas não aconteceu por motivos alheios à sua vontade”, defende o MP.

O caso remonta a 19 de março, deste ano, e terá sido motivada por ciúmes, depois de o homem ter recebido uma mensagem de telemóvel.

“Considerou-se estar indiciado que, ao longo de 15 anos de vida em comum, arguida e ofendido tiveram várias discussões motivadas por ciúmes da arguida tendo esta, por várias vezes, atingido o ofendido com murros e bofetadas”, pode ler-se numa nota publicada, na passada sexta-feira, no site Procuradoria Geral da República do Porto.

O MP “formulou igualmente um pedido de arbitramento de uma quantia, a título de reparação pelos prejuízos patrimoniais e não patrimoniais sofridos pela vítima, em caso de condenação”.

A acusação foi deduzida pelo Ministério Público no DIAP da Comarca de Braga (Guimarães, 1.ª Secção), por Tribunal Colectivo, no passado dia 10 de setembro.

Populares