Seguir o O MINHO

Famalicão

Monumento de Cardeal Cerejeira de “regresso” a Famalicão

Estátua desapareceu no seguimento dos acontecimentos da revolução de Abril de 1974

em

Foto: CM Famalicão

A junta de freguesia de Gavião com o apoio do município de Vila Nova de Famalicão vai repor a história, hoje, a partir das 11:00, com a colocação de uma réplica do marco de homenagem ao Cardeal Cerejeira que existia no topo nascente do Bairro de S.Vicente e que desapareceu no seguimento dos acontecimentos da revolução de Abril de 1974.

O monumento tinha sido criado no âmbito da construção do bairro dos Pobres em 1947 e inaugurado pelo próprio Cardeal Cerejeira.

Na altura, o espaço foi chamado de Bairro Cardeal Cerejeira, tendo depois do 25 de abril passado a chamar-se Bairro de S. Vicente.

Passadas mais de quatro décadas, e no âmbito, diversas de obras de requalificação e melhoramento do espaço, decidiu-se recolocar o marco naquele espaço.

Foi ainda substituído todo o pavimento por um novo lajeado de granito amarelo. As obras tiveram um custo de cerca de sete mil euros, tendo contado com o apoio financeiro da autarquia.

A inauguração da intervenção vai decorrer hoje, com as presenças do presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha e do arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga.

No âmbito da sessão, o trânsito estará condicionado nesta artéria entre as 10:30 e as 12:00 para a realização da cerimónia.

Populares