Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Manifestante fala sobre touradas nas Feiras Novas: “Evoluir e respeitar animais”

em

Feiras Novas (2015). Foto: Arménio Belo

Nem todos os momentos das Feiras Novas, que acontecem esta semana em Ponte de Lima, serão de alegrias e festejos. Um movimento antitourada programou uma manifestação para domingo, quando acontece o evento com os animais. Em contato com O MINHO, um dos organizadores explicou as suas motivações.

“Ponte de Lima é uma terra de gente aficionada, do qual a câmara apoia e faz questão de manter tudo que esteja relacionado com animais e usá-los para lucrar e divertir o seu povo. Prática do qual não concordo e algo se tinha que fazer, tal como aconteceu em Viana do Castelo… Evoluir e respeitar os animais”, diz Pedro Silva, que criou o evento no Facebook com mais três pessoas.

As Feiras Novas chegaram a ficar oito anos sem touradas, mas elas regressaram em 2014. Pedro Silva lembra como recebeu a notícia e diz que as manifestações já vêm desta época.

“Quando soube da realização de uma tourada novamente em Ponte de Lima, tentei manifestar-me com sete pessoas, sem sucesso… Em 2015 com 10 e este ano o número vai aumentar… Assim espero, pois Ponte de Lima fica bonita sem tauromaquia e se o ser humano quer divertir-se, que nunca seja com os animais“, explica.

“Com tudo isto, espero que o debate em Portugal sobre a tauromaquia seja bem pensado e que acabe por dizimar essa prática sádica, feita para psicopatas e que de cultura nada tem. Que acabem com as verbas exorbitantes para alguns senhores desse setor, sim porque é um negócio apoiado também pelo estado e que a lei joga a favor desses senhores sem valores morais nem civilizacionais. Espero que essas verbas possam ser distribuídas pelas crianças e idosos com necessidades especiais e que Portugal possa evoluir… Tauromaquia é doença!”.

O MINHO não conseguiu entrar em contato com a Câmara Municipal de Ponte de Lima.

Anúncio

Ponte de Lima

Adega de Ponte de Lima apresentada em feira em Munique

Forum Vini

em

Foto: Forum Vini 2014 / Divulgação

A Adega de Ponte de Lima, que celebra 60 anos, será uma das nove representantes portuguesas, na comitiva liderada pela associação ViniPortugal, que vai participar na Forum Vini, feira vinícola internacional, que decorre em Munique, na Alemanha, entre sexta-feira e domingo, na qual são esperados 9.500 visitantes.

A representação portuguesa no evento é formada pela Adega Ponte de Lima, Casa Santos Lima, Esporão, Filipe Palhoça Wines, Juliana Kelman Wines, Quinta do Paral, Casa Romana Vini, Monte da Ravasqueira e Wines and Winemakers by Saven.

Adega Cooperativa de Ponte de Lima: Há 60 anos a ‘tirar’ o melhor vinho Loureiro do país

 

Com cerca de dois mil associados, a Adega de Ponte de Lima produz, em média, seis milhões de litros de vinho por ano.

Tem produtores associados em Ponte de Lima, Viana do Castelo, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Barcelos e Vila Verde.

Em 2018, os vinhos portugueses cresceram 7,5% em valor no mercado alemão, 5% em volume e 2,4% no preço médio, face a 2017.

Continuar a ler

Ponte de Lima

Ponte de Lima investe 375 mil euros para requalificar cemitério municipal

Câmara quer “valorizar e dar uma nova dignidade ao espaço”

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

Foi assinado no dia 29 de outubro, o auto de consignação da empreitada de remodelação do cemitério municipal de Ponte de Lima, pelo valor de cerca de 375 mil euros, anunciou esta quarta-feira a autarquia.

Em nota de imprensa, é referido que a pretensão da autarquia com esta obra é a de “valorizar e dar uma nova dignidade ao espaço, requalificando as áreas existentes, quer do interior e do exterior, devido ao seu mau estado de conservação e falta de funcionalidade, bem como melhorar as condições de acesso pedonal e automóvel, tornando o cemitério municipal acessível a pessoas com mobilidade condicionada”.

Para o presidente da Câmara de Ponte de Lima, Victor Mendes, “esta obra de requalificação do cemitério, é mais um dos nossos objetivos que estamos a cumprir”.

A intervenção traduz-se na substituição dos pavimentos existentes em terra batida por cubo de granito azul serrado e lajedo de granito azul de Ponte de Lima.

A obra de requalificação incidirá também na substituição da cobertura da capela, e no restauro dos portões existentes. Proceder-se-á ainda à substituição das infraestruturas existentes, nomeadamente de abastecimento e drenagem de águas pluviais, sem esquecer a colocação de uma nova infraestrutura de iluminação pública.

Esta obra insere-se na estratégia do Município de Ponte de Lima de beneficiação dos espaços públicos, conferindo-lhes condições de usufruto condicentes com a exigência dos padrões contemporâneos de urbanidade.

Continuar a ler

Alto Minho

Como manda a ‘tradição’, cartaz da Feira do Cavalo de Ponte de Lima foi apresentado na Golegã

XXI Feira do Cavalo decorre no início de julho de 2020

em

Como manda a tradição. O cartaz da Feira do Cavalo de Ponte de Lima foi apresentado, esta semana, durante a Feira Nacional do Cavalo de S. Martinho, na Golegã, distrito de Santarém, numa iniciativa que se integra na parceria estabelecida entre o Município de Ponte de Lima e o Município da Golegã para a promoção recíproca de ambos os eventos equestres.

O cartaz deste ano apresenta a Campeã dos Campeões da Feira do Cavalo de Ponte de Lima 2019. A Égua Marquesa, da Coudelaria Leonardo Franco, apresentada por João Oliveira, ostenta as faixas de “Campeã Fêmea” e “Campeã dos Campeões” com as cores de Ponte de Lima.

Imagem: Divulgação

Com fotografia de Afonso Bordallo Rodrigues e design de Teresa Aroso Vilaverde, “o cartaz deste ano teve como inspiração um trabalho de ourivesaria do Minho, muito ligado também aos trajes regionais de Ponte de Lima”, assinala a autarquia de Ponte de Lima numa nota enviada a O MINHO.

A 21.ª Feira do Cavalo de Ponte de Lima, organizada pelo Município de Ponte de Lima, Associação
Concelhia das Feiras Novas, Associação Empresarial de Ponte de Lima e o Centro Equestre do Vale
do Lima, irá decorrer entre 02 e 05 de julho de 2020.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares