Seguir o O MINHO

Braga

Líder do Bloco apresentou Alexandra Vieira como candidata à Câmara de Braga

Eleições autárquicas 2021

em

Foto: DR

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, esteve esta sexta-feira em Braga para a apresentação oficial da candidatura da deputada Alexandra Vieira como cabeça-de-lista daquele partido à Câmara de Braga.

Alexandra Vieira é licenciada em História e mestre em Sociologia de Educação e Políticas Educativas, pela Universidade do Minho, e foi eleita deputada municipal pelo BE em 2017. É professora de História e dirigente do Sindicato dos Professores do Norte.

Em 2019, foi igualmente eleita deputada à Assembleia da República, pelo Círculo Eleitoral de Braga, onde, desde então, tem centrado o seu trabalho nas áreas da educação, cultura, património e negócios estrangeiros. É igualmente dirigente nacional, distrital e concelhia do Bloco de Esquerda.

Combater o “vereador motosserra”

Alexandra Vieira recordou os direitos dos trabalhadores, desde os feirantes, vendedores do mercado, os enfermeiros, artistas da cultura, da música ao teatro, entre outros, assegurando que o Bloco sempre esteve e continuará ao seu lado.

Destacou também as associações que ajudaram os mais desfavorecidos pela pandemia, relembrando a proposta do BE, que foi avante, para refeições solidárias aos alunos das escolas com menos possibilidades financeiras.

“Continuaremos a dizer sempre ao que vimos e quais são as propostas. Mas a decisão cabe aos bracarenses, que sabem que demos o melhor nos últimos quatro anos na Assembleia Municipal (AM) e que o trabalho é visível. Permitam-me que me sinta orgulhosa e ciente do muito que ainda há para fazer”, disse Alexandra Vieira.

“Dois deputados municipais e quatro em asssembleia de freguesia fizemos tanto, acho que podemos fazer muito mais. O BE é lufada de ar fresco inovadora nesta cidade que alguns setores teimam em manter bolorenta”, afirmou.

Recordou ainda a “luta” em relação à Fábrica Confiança, e a tentativa “de salvamento” daquele património, e da “luta” contra o abate de árvores, apelidando o vereador Altino Bessa de “vereador motosserra”.

Alexandra Vieira “põe toda a gente a mexer”

Na apresentação da candidata, Catarina Martins destacou o trabalho de Paula Nogueira, candidata em 2017, e de António Lima, que acompanha Alexandra Vieira como candidato à Assembleia Municipal.

António Lima é licenciado em Direito, pela Universidade do Minho, e tem dedicado grande parte da sua atividade profissional ao direito laboral, como advogado do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços do Minho.

“Aqui em Braga temos orgulho da intervenção. O António Lima, a quem agradecemos a disponibilidade de continuar como cabeça-de-lista à Assembleia Municipal, tem sido um exemplo, pela experiência e por conhecer o concelho, mas também porque é incansável”, disse Catarina Martins. “Sabemos que em Braga toda a gente pode confiar na sua retidão, exigência e rigor, e é assim que sabemos que temos um grupo municipal forte”, acrescentou.

“É muito bom apresentar Alexandra Vieira como candidata, Tem uma energia que todos conhecemos. Quando entrou no Bloco apareceu logo nova gente a mexer em Braga, a dar espaço, voz, ir a todas as causas, com pressa, porque sim, temos muita pressa porque há muita coisa para fazer, muita gente a sofrer, e não podemos mais adiar as respostas”, afirmou a líder bloquista.

“E é com esta combinação que o BE se apresenta à Câmara e Assembleia e Juntas em Braga. Estaremos sempre no lado da construção das soluções. O BE não aceita o que acrescenta problemas aos portugueses”, vincou.

Catarina Martins recordou ainda “o caso caricato para se pagar para que Braga seja o bom destino, invés de pagar para que Braga seja uma boa cidade para viver”.

*Com Luís Moreira.

Populares