Seguir o O MINHO

Desporto

João Sousa diz ter feito “boa exibição” na Austrália, apesar da derrota

Tenista de Guimarães

em

Foto: Arquivo

O tenista português João Sousa defendeu hoje ter feito “uma boa exibição” na ronda inaugural do Open da Austrália, a decorrer em Melbourne Park, apesar de ter sido eliminado pelo número 10 mundial, o italiano Jannik Sinner.

“Apesar da derrota, acredito que fiz um bom encontro. Fiz dois ‘sets’ em que joguei a um bom nível. É verdade que tive alguns altos e baixos e daí, se calhar, o desfecho dos dois ‘sets’ terem caído para o lado dele”, começou por afirmar o vimaranense, depois do desaire em três partidas, com os parciais de 6-4, 7-5 e 6-1.

João Sousa, número 140 no ‘ranking’ ATP, foi o único dos cinco representantes nacionais a assegurar a entrada no quadro principal no primeiro torneio do Grand Slam da temporada, após ter cedido na terceira ronda da fase de qualificação diante do moldavo Radu Albot e ter sido repescado como ‘lucky loser’.

“Apesar de um desaire na última ronda [‘qualifying’], em que não me senti bem no campo e não consegui jogar a um bom nível, consegui mentalmente aceitar isso e trabalhei da melhor forma para hoje tentar jogar a um bom nível. E a verdade é que, apesar da derrota, fiz um bom encontro de ténis”, lembrou o minhoto, de 32 anos.

Sousa, que há um ano falhou a presença no ‘major’ australiano por ter testado positivo ao coronavírus, em vésperas de viajar para os Antípodas, ficou assim afastado da prova, mas garante ter tirado notas positivas para o futuro mais próximo.

“Tive as minhas oportunidades, não consegui aproveitar, mas fica mais uma boa exibição que me dá confiança para encarar os próximos desafios com positividade”, rematou o número um português, eliminado pelo jovem transalpino, de 20 anos, que ganhou quatro títulos ATP em 2021, todos em piso rápido.

Populares