Seguir o O MINHO

Futebol

João Pedro Sousa admite que não esperava estar em último lugar na I Liga

I Liga

em

Foto: DR

O treinador do Famalicão admitiu hoje, a dois dias do jogo com o Santa Clara, da 14.ª jornada da I Liga de futebol, que não lhe “passava pela cabeça estar em último” lugar do campeonato nesta fase.

João Pedro Sousa assumiu a responsabilidade do mau momento pelo qual o clube atravessa, mas garantiu estar convencido que a equipa vai dar a volta.

“No início da época passada sabíamos que a temporada ia ser muito complicada. No entanto, estou cá eu para assumir que não contava com tantas dificuldades. Não me passava pela cabeça estar em último, a responsabilidade é minha, mas estou completamente convencido que vamos dar a volta”, disse o técnico, em conferência de imprensa de antevisão da partida com a equipa açoriana.

Sobre o jogo, João Pedro Sousa disse estar à espera de dificuldades, explicando a necessidade de “abordar a partida com muita competência”.

“É um campo sempre muito difícil, não só pelas características do campo, mas essencialmente pela qualidade do Santa Clara, que tem conseguido conciliar as exibições com os resultados. Temos que o abordar com muita competência”, frisou.

O treinador disse ainda que os ‘reforços de inverno’ “estão aptos para competir” e explicou a necessidade de o Famalicão ter que contratar nesta fase do campeonato.

“É uma situação normal. O início de época, ao nível de contratações, não nos correu bem porque atrasámo-nos um pouco em algumas contratações. O mercado foi um pouco estranho e tudo isso condicionou. Tivemos que fazer alguns reajustes, não só para dotar o grupo de mais qualidade, mas também pelo número de jogadores, porque com a questão da pandemia rapidamente temos um jogador vários dias fora. Por isso, o número do plantel também tem que ser adequado”, salientou.

O técnico vincou ainda que o Famalicão desta época é “muito diferente” da época passada, garantindo que “está muito melhor”.

“O clube está muito diferente, para melhor. Infelizmente, a classificação não é a mesma e por responsabilidade minha. Posso prometer aos adeptos que vamos acabar o ano na posição que devemos ocupar. Temos uma confiança enorme de que vamos ultrapassar esta fase”, finalizou.

O Famalicão, 18.º e último classificado, com 11 pontos, joga no domingo, nos Açores, com o Santa Clara, que ocupa o sétimo lugar, com 15, numa partida da 14.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Populares