Seguir o O MINHO

Ave

Investigadora de Vizela vence prémio europeu com trabalho sobre cancro da tiróide

Saúde

em

Foto: DR

A investigadora Márcia Faria, natural de Vizela, venceu o Young Investigator Award 2021, prémios atribuídos pela Sociedade Europeia de Endocrinologia e que distinguem doze jovens investigadores que não tenham excedido dez anos desde o doutoramento.

Atualmente, Márcia, de 28 anos, é cientista na Unidade de Biologia Molecular do Serviço de Endocrinologia do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, e a investigação premiada está relacionada com “importador de sódio e iodo na terapêutica com iodo radioativo e o avanço no tratamento de metástases do carcinoma da tiroide”.

Em comunicado de imprensa, pode ler-se que o objetivo é “perceber quais os mecanismos subjacentes a esta perda de capacidade de captar iodo e o que se pode fazer para que as células o voltem a incorporar, o que vem abrir novamente a porta ao tratamento destas metástases”.

Este tipo de cancro costuma ter um tratamento favorável com cirurgia e ciclos de iodo a revelarem-se eficazes.

“Mas quando há doença refratária ao iodo – ou seja, quando as células metastizadas deixam de ter capacidade para captar o iodo – não há outras terapias eficazes. Uma situação que acontece em cerca de 30% dos casos em que há metástases”, lê-se na mesma nota.

Em Portugal, e de acordo com dados divulgados pelo Registo Oncológico, cerca de 500 novos casos deste tipo de cancro têm surgido anualmente.

O trabalho da investigadora vizelense será apresentado em maio na conferência da Sociedade Europeia de Endocrinologia.

Populares