Seguir o O MINHO

Atletismo

Inês Henriques disposta a recorrer à justiça pela integração dos 50 km marcha nos Jogos Olímpicos

Marchadora portuguesa garante já ter informado a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e o Comité Olímpico de Portugal (COP)

em

Foto: Facebook de Inês Henriques - Olympic Athlete

A portuguesa Inês Henriques garantiu hoje que está disposta a recorrer à justiça, caso se confirme a não inclusão nos Jogos Olímpicos Tóquio2020 da prova de 50 quilómetros marcha, distância na qual é campeã europeia e mundial.

“Já entrei em contacto com o meu advogado, sei que a luta vai ser complicada, mas não tenho nada a perder”, disse a marchadora à agência Lusa, pouco depois de o conselho da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) ter divulgada a lista de mínimos para as provas olímpicas da modalidade sem esta distância no setor feminino.

A marchadora considera injusto que a IAAF esteja a “introduzir uma prova nova, a estafeta dos 400 metros mistos, e a deixar de fora os 50 quilómetros femininos, uma distância que no setor masculino conta com 60 participantes”.

Inês Henriques garante já ter informado a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) e o Comité Olímpico de Portugal (COP) da sua intenção de recorrer à justiça, mas assume ainda não ter recebido qualquer resposta.

A atleta do CN Rio Maior sagrou-se em 2017 campeã mundial, e em 2018 campeã europeia da distância, que nunca esteve incluída no programa olímpico.

De acordo com uma nota divulgada hoje pelo conselho da IAAF, os atletas vão poder assegurar a presença em Tóquio2020 através da obtenção dos mínimos – que podem ser diferentes dos exigidos pela federação portuguesa – ou dos ‘rankings’ mundiais.

Anúncio

Atletismo

Arcos de Valdevez: Aldeia de Sistelo recebe 2.ª edição da Extreme Marathon

Arcos de Valdevez

em

Foto: Divulgação

A aldeia de Sistelo, em Arcos de Valdevez, vai ser palco no dia 20 da II Sistelo Extreme Marathon, prova que combina percursos em ecovia, em estradas de montanha e em trilho, informou hoje a organização.

Considerada o “Pequeno Tibete Português”, a aldeia de Sistelo foi também reconhecida pelo Governo como monumento nacional, o que a torna na primeira do país a deter este reconhecimento.

Foto: Arquivo

Todo o percurso da prova vai decorrer dentro do município de Arcos de Valdevez, um dos cinco que integram a área do único parque nacional do país – o Parque Nacional Peneda-Gerês, classificado como Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO em 2009.

O evento compreenderá as distâncias de maratona – 42 quilómetros, 32, 21 e 13 quilómetros – e ainda uma caminhada solidária de sete quilómetros, cujas receitas angariadas com o valor das inscrições reverterão a favor dos bombeiros voluntários de Arcos de Valdevez.

Continuar a ler

Atletismo

Mariana Machado vice-campeã europeia de sub-20 nos 3.000 metros

Mariana Machado disputa ainda a final dos 1.500 metros

em

Foto: DR/Arquivo

A portuguesa Mariana Machado conquistou hoje a medalha de prata nos 3.000 metros dos Europeus de atletismo de sub-20, após ter sido ultrapassada na reta final pela polaca Zofia Dudek.

Apesar de ter estado envolvida numa queda, Mariana Machado liderava a prova, mas Dudek surpreendeu a atleta natural de Celeirós, no concelho de Braga, após a derradeira curva, terminando em 9.30,06 minutos, menos 0,60 segundos do que a lusa.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1152994651756007425?s=19

No final da sua prova, em declarações ao site da Federação Portuguesa de Atletismo, Mariana afirmou-se “feliz, mas estava à espera de mais. Acho que trabalhei para mais. Tive uma queda ali logo ao início. Felizmente ainda consegui recuperar e cheguei ao grupo da frente, mas vim um pouco desgastada. Foram muitos erros a partir da queda. Ainda vamos decidir como vamos fazer [hoje à tarde], não foi o que estávamos à espera, ainda vamos ponderar”.

A italiana Elisa Ducoli conquistou o último lugar do pódio, com o tempo de 9.32,42, enquanto a também portuguesa Lia Lemos não foi além do 14.º lugar da final, em 10.00,97.

Mariana Machado disputa ainda hoje a final dos 1.500 metros.

Esta é a segunda medalha da seleção portuguesa nos Europeus de 2019, que decorrem em Boras, na Suécia, um dia depois de Nuno Pereira se ter sagrado campeão europeu dos 1.500 metros.

Continuar a ler

Atletismo

Mariana Machado também vai à final dos 3.000 metros nos Europeus sub20

Atleta também está apurada nos 1.500 metros, depois de ter sido a melhor na semi-final que disputou

em

Foto: Arquivo

A bracarense Mariana Machado qualificou-se, esta sexta-feira, para a final dos 3.000 metros dos Europeus de sub-20, que se estão a disputar em Boras, na Suécia.

Mariana Machado conseguiu a terceira melhor marca das eliminatórias, com um tempo de 9.30,03 minutos.

A final está marcada para domingo, horas antes de Mariana Machado disputar também a corrida das medalhas nos 1.500 metros.

Mariana Machado vence meia-final dos 1.500 metros nos Europeus sub-20

“Para já, estou a conseguir gerir bem as eliminatórias das duas provas, teria sido pior se não tivesse tido nenhuma competição antes. Agora vou aproveitar para descansar o máximo possível amanhã [sábado], que não tenho provas, para poder recuperar para as finais de domingo”, disse Mariana Machado.

Continuar a ler

Populares