Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Festas da Agonia em Viana com novo “hino” da autoria de Augusto Canário

em

Augusto Canário. Foto: Vídeo "Somos Todos Romaria"

As Festas de Nossa Senhora da Agonia, em Viana do Castelo, contam desde 2018 com um novo hino, com letra e música da autoria de Augusto Canário, um dos mais conhecidos artistas do Alto Minho.

Intitulada “Somos Todos Romaria”, em alusão ao slogan adoptado nos últimos anos, música, letra e vídeo foram dados a conhecer pelo artista, natural de Vila Nova de Anha, naquele concelho, que em 2017 presidiu à Comissão de Honra da Rainha das Romarias.


 

LEIA TAMBÉM: Últimas Notícias sobre a Romaria da Agonia no jornal O MINHO

A Romaria da Nossa Senhora da Agonia, que se realiza todos os anos a meio de agosto, é organizada pela VIANAFESTAS.

“Somos Todos Romaria”

Letra e Música de Augusto Canário

Cartaz bonito é o rosto da Romaria

Estamos perto desse tempo que é tão belo

Está chegando a Senhora da Agonia

Festa maior de Viana do Castelo

O Presidente fala na telefonia

Orgulhoso, os festejos anuncia

Refrão:

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

A cidade vai ficando engalanada

Tanta gente vai armando o arraial

Cada loja e cada rua decorada

Dão a Viana um ambiente especial

Os cabeçudos que na rua rodopiam

Os Zés Pereiras e zabumbas anunciam

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Somos Todos Romaria, Somos Todos Romaria

Somos Todos, Somos Todos, Somos Todos Romaria

Os pescadores e as gentes da Ribeira

Fazem tapetes com arte popular

Com amor, carinho e muita chieira

Para saudarem a Senhora ao passar

Na Ribeira trabalha-se noite e dia

Mostrando ao mundo alma de categoria

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Procissão da Ribeira vai ao mar

Tanta gente que se emociona e chora

Quando vislumbra pescadores a carregar

O andor onde vai Nossa Senhora

O foguetório, muita fé e alegria

Ouvem-se palmas à Senhora da Agonia (palmas)

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Somos Todos Romaria, Somos Todos Romaria

Somos Todos, Somos Todos, Somos Todos Romaria

Os anjinhos que vão na Procissão

Os devotos com ar cerimonioso

O Senhor Bispo prega o seu belo sermão

Dando à Festa um momento majestoso

A filarmónica que toca a sinfonia

Traz à cidade belos sons e harmonia

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Os barquinhos quando saem para o mar

Levam andores carregados de emoção

Vai a Senhora da Agonia abençoar

Aquele mar onde a gente ganha o pão

As sirenes apitam em sintonia

E o Povo nas margens em euforia

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

(instrumental)

As mordomas com os seus trajes bordados

Ostentam ouro, tradições e fantasias

As lavradeiras com seus trajes encarnados

Dão mais cor à rainha das romarias

E cada par que no rancho rodopia

A chula, a gota, o vira com mestria

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Uma criança brincando com um balão

O vianense vestido de regional

A feira franca que mantém a tradição

O forasteiro que aprecia o arraial

A juventude no carrossel rodopia

Enche de vida o Campo da Agonia

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Somos Todos Romaria, Somos Todos Romaria

Somos Todos, Somos Todos, Somos Todos Romaria

Os visitantes que enchem a Avenida

Os figurantes do cortejo ancestral

Num hino à festa desta Viana querida

Exaltação do saber tradicional

E num desfile de arte e de fantasia

Mostra Viana toda a sua senhoria

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Os foliões que aplaudem a magia

Da serenata, esse fogo encantador

Eternizando a Senhora da Agonia

Com a certeza que “Viana é Amor”

Entre cantigas, sorriso e alegria

Fica a grandeza e uma força que arrepia

Quando é a Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Somos Todos Romaria, Somos Todos Romaria

Somos Todos, Somos Todos, Somos Todos Romaria

Somos Todos Romaria, Somos Todos Romaria

Somos Todos, Somos Todos, Somos Todos Romaria

Da Senhora da Agonia

Somos Todos Romaria

Da Senhora da Agonia

Ficha Técnica

Arranjos: Augusto Canário & Amigos

Imagens: VIANAFESTAS e Casa de Tolos

Produção: Casa de Tolos

Áudio gravado no CANTINHO DO CANÁRIO

Julho 2018 © Direitos Reservados

 

 

 

 

 

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Viana do Castelo

Líderes do PSD de Viana “advertidos” no caso das duas listas às autárquicas

Eleições autárquicas de 2017

em

Carlos Morais Vieira, à esquerda, e Eduardo Teixeira, à direita, com o antigo secretário-geral do PSD. Foto: DR / Arquivo

O conselho de jurisdição nacional do PSD aplicou a sanção disciplinar de advertência aos líderes da distrital e da concelhia do partido, em Viana do Castelo, na sequência do caso das duas listas apresentadas à Assembleia Municipal nas últimas autárquicas.

De acordo com o acórdão 272018, a agência Lusa teve ontem acesso, o presidente da comissão política distrital, Carlos Morais Vieira, foi advertido por não ter enviado as listas a candidatar, em Viana do Castelo, às eleições autárquicas de 2017 ao plenário da secção local do PSD.

“Foram solicitados por diversas formas e com diversas insistências que os responsáveis distritais indicassem os nomes que integrariam as listas candidatas bem como o Programa Eleitoral com o objetivo de permitir que essa Assembleia se pronunciasse sobre os mesmos. Não foi indicado por qualquer forma, nenhum nome nem nenhum elemento do Programa Eleitoral, nem sequer apresentada qualquer justificação para tal”, lê-se no documento datado de 19 de dezembro.

Contactado pela agência Lusa, Carlos Morais Vieira disse ter sido notificado da decisão do conselho de jurisdição nacional, na quarta-feira, mas escusou-se a falar sobre o assunto.

Já o presidente da comissão política concelhia, Eduardo Teixeira, foi sancionado por ter entregado, no tribunal, uma lista concorrente aquele ato eleitoral sem poderes para o efeito e sem aprovação da distrital do partido.

“Tal lista não foi entregue pelo Mandatário com poderes para o ato, nem obteve aprovação distrital (…) O mandatário com poderes para o ato, não só entregou lista diferente como impugnou a anteriormente entregue”, adianta o acórdão.

À Lusa, Eduardo Teixeira disse não ter sido notificado da decisão e por esse motivo não quis prestar declarações.

Para eleições autárquicas de 2017, o PSD de Viana do Castelo apresentou duas listas de candidatos à Assembleia Municipal daquele concelho.

Uma das listas, apresentada pelo candidato do partido à Câmara de Viana do Castelo, homologada pelos órgãos nacionais e aprovada pela comissão política distrital, era encabeçada por Eduardo Viana, ex-secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade do anterior governo PSD/CDS-PP e atual deputado municipal.

A outra lista era liderada pelo presidente da comissão política concelhia, ex-vereador na Câmara de Viana do Castelo e ex-deputado na Assembleia da República, Eduardo Teixeira.

O Tribunal de Viana do Castelo rejeitou a lista à Assembleia Municipal apresentada e liderada por Eduardo Teixeira, por “irregularidade insuprível”. Também o Tribunal Constitucional “negou provimento” ao recurso.

Com aquela decisão ficou validada a lista à Assembleia Municipal encabeçada por Eduardo Viana.

No acórdão do conselho jurisdição nacional assinado pelo presidente do conselho de jurisdição nacional, Nunes Liberato e pelo relator, João Paulo Meireles, foi ainda aplicada a mesma sanção, a mais leve do regulamento de disciplina do partido, ao candidato às eleições autárquicas de 2017 e atual vereador do PSD na Câmara de Viana do Castelo, Hermenegildo Costa (também já notificado da decisão), e ao empresário Luís Sanches, na altura secretário-geral da concelhia.

De acordo com o documento, com 19 páginas, os quatro responsáveis foram sancionados pela “manifesta falta de zelo no desempenho de funções” e por “pôr em causa o bom nome do partido ou a confiança que está depositada no infrator”.

Àquelas infrações, Carlos Morais Vieira e Hermenegildo Costa juntam o “manifesto desrespeito pelas deliberações emitidas pelos órgãos competentes do partido”.

Já Eduardo Teixeira e Luís Sanches foram ainda sancionados por se terem “candidatado a qualquer lugar eletivo do Estado ou de autarquias locais, sem autorização do competente órgão do partido”.

No acórdão, o conselho de jurisdição justificou a sanção menos gravosa pelo facto de os “arguidos serem militantes ativamente empenhados, com exercício abnegado de funções e cargos no partido, com um historial de dedicação a servir as populações designadamente decorrente do exercício de cargos autárquicos” e, por “nenhum ter antecedentes disciplinares”.

Ao mandatário concelhio, Sandro Durães, não foram aplicadas sanções por “não se vislumbrar qualquer censura que lhe deva ser dirigida”.

“Agiu com poderes para o ato que lhe foram legalmente conferidos e reiterados. Seguiu as instruções de quem lhe conferiu tal instrumento de representação, entregou listas completas, com a documentação completa e sem irregularidades”, sustenta o acórdão.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Pastelaria assaltada em Viana do Castelo

Roubada caixa registadora

em

Ainda está em processo de averiguações, o assalto à mão armada de uma pastelaria na Freguesia de Chafé, em Viana do Castelo.

O crime ocorreu, ontem ao final da tarde, por um indivíduo sob ameaça de arma de fogo.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, ao JN, o assaltante “roubou caixa registadora e pôs-se em fuga”, desconhecendo-se o valor do roubo no estabelecimento comercial, situado na rua de Estrada Velha.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Recolha de papel de embrulho no Natal evitou abate de 40 árvores

Foram recolhidos 1.880 quilos de papel e cartão

em

Foto: DR/Arquivo

A campanha de reciclagem “No Natal, separar é o melhor presente” recolheu 1.880 quilos de papel e cartão, evitando “o abate de aproximadamente 40 árvores”, informou hoje a Câmara de Viana do Castelo, promotora da ação.

Promovida em parceria com os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico (SMSB) e a sociedade Resulima, que gere o aterro sanitário do Vale do Lima e Baixo Cávado e o Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental, a campanha decorreu entre 24 de dezembro 06 de janeiro, através da instalação de 40 contentores em áreas residenciais da cidade.

“O material recolhido, com recurso a uma viatura específica, teve como destino final a central de triagem da Resulima, com vista à sua reciclagem”, especifica o município, em comunicado.

Com esta iniciativa, a Câmara de Viana pretendeu “fomentar a correta separação dos resíduos, designadamente do papel de embrulho, que todos os anos era depositado nos equipamentos destinados à descarga de resíduos indiferenciados, desaproveitando-se assim este material como recurso”.

Continuar a ler

Populares