Seguir o O MINHO

Guimarães

Guimarães. PSP deteve 15 pessoas em operações Stop nas Festas Nicolinas

em

Vídeo: O MINHO

O Comando Distrital da PSP de Braga procedeu esta quinta-feira, entre as 00:30 e as 06:30, à saída da cidade de Guimarães, à detenção de 15 pessoas, numa Operação Especial de Prevenção, – vulgo operação Stop – no decurso das Festas Nicolinas.

A PSP tem vindo a levar a cabo várias Operações de Prevenção Criminal com vista a aumentar o sentimento de segurança dos cidadãos. 

Os resultados operacionais obtidos da operação, que decorreu na via de acesso à auto-estrada, para Braga ou Porto, e na Nacional que liga à cidade dos arcebispos, foram: dois detidos por posse de artigos pirotécnicos; um por posse de arma ilegal; 11 por excesso de álcool; e um por resistência e coação sobre agente de autoridade.

Ainda no âmbito da Operação foram levantados nove autos de contraordenação muito graves, 12 autos de contraordenação graves e três por falta de inspeção. Foram ainda apreendidas 18 doses de haxixe.

Alguns automobilistas foram controlados duas vezes, já que, perto da vila das Caldas das Taipas, duas patrulhas da GNR também faziam uma outra operação stop.

A PSP diz que tem vindo a levar a cabo várias Operações de Prevenção Criminal com vista a aumentar o sentimento de segurança dos cidadãos.

Alguns dos automobilistas controlados – conforme O MINHO constatou no local – , criticavam o facto de a PSP apoiar e proteger as Festas Nicolinas – com forte presença policial: “É natural que se beba um copo a mais, e, depois, se ponham à caça de automobilistas, mesmo que estes conduzam normalmente e sem excesso de velocidade”, disse um bracarense de apelido Ramalho ao O MINHO.

Ao que também constatamos, a mesma “vontade de fiscalizar” tem ocupado a PSP da área da cidade de Braga, com constantes mini-operações stop, visando os automobilistas que, por exemplo, saem da zona dos bares da UMinho, em Gualtar. Operações realizadas mesmo ao domingo à noite, queixam-se alguns dos visados.

Populares