Seguir o O MINHO

Futebol

Gil Vicente espera encontrar FC Porto de “orgulho ferido”

18.ª jornada da I Liga

em

O treinador adjunto do Gil Vicente disse hoje esperar um FC Porto de “orgulho ferido” no jogo de terça-feira, da 18.ª jornada da I Liga de futebol, garantindo que a sua equipa será “cautelosa” com esse estado do adversário.

Mário Nunes, que foi hoje o porta-voz da formação minhota devido à suspensão do treinador principal Vítor Oliveira, espera que o Gil Vicente possa tirar partido do “desgaste físico e anímico” dos ‘dragões’, após a derrota na final da Taça da Liga, no sábado, frente ao Sporting de Braga.

“Espero um FC Porto de orgulho ferido, que vai querer reverter a atual situação o mais rápido possível, e procurar resolver o jogo o quanto antes. Sabendo que não estão no melhor momento em termos anímicos e físicos, continuam a ter jogadores de grande qualidade e uma equipa extremamente forte”, analisou Mário Nunes.

Para aproveitar a eventual intranquilidade dos ‘azuis e brancos’, o técnico adjunto do conjunto barcelense quer que a sua equipa “tente impor um jogo intenso”, mas, “ao mesmo tempo”, mantenha “uma boa organização defensiva”.

“Temos de estar muito cautelosos. Podemos pensar nessa debilidade do adversário, e depois não acontecer. Podem esperar um Gil Vicente organizado, a procurar controlar os momentos do jogo e a não ser apanhado em desequilíbrios, e sempre que tiver a bola a tentar atingir a baliza adversária e marcar. Queremos trazer os três pontos para Barcelos”, vincou Mário Nunes.

A suspensão de sete dias imposta pelo Conselho de Disciplina da FPF ao técnico principal do Gil Vicente, Vítor Oliveira, na sequência das críticas à arbitragem da partida com o Famalicão, de 31 de outubro, termina terça-feira, a tempo do experiente treinador poder orientar os barcelenses no Estádio do Dragão.

Para este desafio, os minhotos, que não perdem há cinco jogos consecutivos, e que no duelo da primeira volta venceram, em casa, o FC Porto, por 2-1, não podem contar com os contributos de Rúben Ribeiro, Ygor Nogueira, Claude Gonçalves e Bogdan, todos lesionados.

O Gil Vicente nono classificado da I Liga, com 22 pontos, defronta terça-feira o FC Porto, segundo com 41, numa partida agendada para as 20:15, no estádio do Dragão, que terá arbitragem da Rui Oliveira, da Associação de Futebol do Porto.

Anúncio

Futebol

Ex-árbitro da I Liga reforça estrutura do Vitória SC

Jorge Ferreira

em

Foto: dolhonarbitragem.blogspot.com / DR

O ex-árbitro Jorge Ferreira da Associação de Futebol de Braga irá assumir funções como assessor para assuntos de arbitragem no Vitória SC, anunciou, esta sexta-feira, o jornal O JOGO.

Segundo este jornal, Jorge Ferreira irá exercer a função de consultor e formador de dirigentes e elementos do plantel.

O antigo árbitro não é estranho a este tipo de tarefas, já que, em 2018 realizou um papel semelhante na estrutura do Leixões SC que na altura o apontou para desempenhar o papel de conselheiro da SAD leixonense nas questões relacionadas com a arbitragem.

 

Continuar a ler

Futebol

Vitória quer regressar aos triunfos (e tem um ‘recado’ para o país)

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O Vitória SC quer regressar hoje às vitórias na I Liga portuguesa de futebol, no jogo inaugural da 22.ª jornada, marcado para as 20:30, frente ao Desportivo das Aves.

Vitória, oitavo, com 28, perdeu na jornada passada na receção ao FC Porto, por 2-1, num encontro marcado pelo abandono do relvado de Marega, na sequência de insultos racistas.

A jogar em casa, o Desportivo das Aves, 18.º e último classificado, com 13 pontos, procura voltar aos triunfos, depois de dois jogos sem vencer.

O Vitória SC pode subir provisoriamente ao sétimo lugar, caso vença o encontro, enquanto os avenses deixam a última posição se somarem os três pontos.

O jogo será o primeiro depois do polémico caso com Marega. Durante a última semana, foram várias as vozes vitorianas que se levantaram contra as acusações de racismo.

Nos últimos dois dias, a cidade acordou com tarjas colocadas por adeptos do clube onde é sublinhado que não se tratou de um caso racista, mas sim de bairrismo.

“É algo que este país não percebe”, disse um dos elementos da claque White Angels, a O MINHO.

O mesmo adepto apoia-se nas palavras de várias glórias, de ascendência africana, que negam a existência de racismo por entre adeptos ou clube.

Todavia, são já várias as entidades que avançaram com queixas, existindo já inquéritos do Ministério Público em curso.

Programa da 22.ª jornada:

– Sexta-feira, 21 fevereiro:

Desportivo das Aves – Vitória SC, 20:30

– Sábado, 22 fevereiro:

Tondela – Rio Ave, 18:00

Belenenses SAD – Marítimo, 20:30

– Domingo, 23 fevereiro:

Paços de Ferreira – Famalicão, 15:00

Moreirense – Santa Clara, 15:00

Sporting – Boavista, 17:30

SC Braga – Vitória de Setúbal, 20:00

FC Porto – Portimonense, 20:30

– Segunda-feira, 24 fevereiro:

Gil Vicente – Benfica, 19:30.

Continuar a ler

Futebol

“Os adeptos do Vitória não são racistas”, diz Tapsoba

“Foi uma incompreensão”

em

Foto: DR

O ex-jogador do Vitória SC, Tapsoba, saiu em defesa dos adeptos vimaranenses depois do episódio de racismo com Marega referindo que estes “não são racistas.”

Atualmente no Bayer Leverkusen, da Alemanha, o defesa central do Burkquina Faso defrontou Marega no jogo contra o FC Porto da última quinta-feira.

Nas entrevistas após o jogo, Tapsoba, mostrou compreensão por ambas as partes afirmando que tudo não passou de um problema de “incompreensão”.

“Os adeptos do Vitória não são racistas. Foi uma incompreensão. O Marega jogou lá. As pessoas fazem tudo para ganhar. Procuram desequilibrar os adversários. Mas, eu não acredito que os adeptos do Vitória sejam racistas. Não falei disso com o Marega no jogo. Mas foi muito feio para o futebol. É importante dizer não ao racismo”, concluiu”.

Continuar a ler

Populares