Seguir o O MINHO

Futebol

Francisco Moura (SC Braga) revela ansiedade e ambição para conquistar Mundial de sub-20

Futebolista de Frossos é um dos jogadores do SC Braga a marcar presença no Mundial

em

Francisco Moura (à esquerda) com Francisco Trincão. Foto: DR

O defesa Francisco Moura mostrou-se hoje ansioso para que o Mundial de futebol de sub-20, na Polónia, comece rapidamente, admitindo que Portugal tem a ambição de vencer a prova.

“Estamos ansiosos. Queremos que comece o mais rápido possível, mas temos que ter cabeça e foco em treinar bem. Estamos felizes”, começou por referir o defesa da equipa de sub-23 do SC Braga, em conferência de imprensa.

A cumprir o terceiro dia de estágio na Cidade do Futebol, em Oeiras, o jovem, de 19 anos, afasta a obrigação de erguer o troféu em solo polaco e explicou: “Não nos sentimos obrigados, sentimos que é uma ambição que temos. Todas as equipas que estão aqui sonham com isso, não fugimos à regra, mas é jogo a jogo.”

Ainda sem poder contar com todos os companheiros, uma vez que se encontram a representar os respetivos clubes, Francisco Moura enalteceu que o facto de não estarem com o grupo é bom sinal.

“A ausência também é boa para os que estão ausentes, mas queremos que estejam focados quando vierem e unirmo-nos para que corra tudo bem”, declarou.

Inserido num grupo com Coreia do Sul, Argentina e África do Sul, o lateral-esquerdo realça a importância de começar bem no encontro de estreia frente aos coreanos, porém, alerta que “todos os adversários são muito fortes”.

“É normal que nesta competição sejam sempre muito fortes e encaramos os adversários como sendo sempre difíceis. Começar bem é diferente de começar mal e [com a Coreia do Sul] é sempre um jogo importante”, concluiu.

Portugal, em cujo palmarés figuram os títulos mundiais de sub-20 em 1989 e 1991, estreia-se na Polónia frente à Coreia do Sul, em 25 de maio, seguindo-se os confrontos com a Argentina, no dia 28, e a África do Sul, no dia 31, todos na cidade de Bielsko-Biala.

O selecionador Hélio Sousa contou com apenas 17 atletas no terceiro dia de trabalhos. Pedro Neto, da Lazio, junta-se à equipa na quinta-feira.

Os jogadores do Benfica Florentino Luís, Gedson Fernandes e Jota integram os trabalhos mais tarde, apenas quando terminar a I Liga, assim como o guarda-redes do FC Porto Diogo Costa, que será o último a concentrar-se e já em solo polaco, uma vez que os ‘dragões’ ainda vão disputar a final da Taça de Portugal, frente ao Sporting, no dia 25.

Antes da partida para a Polónia, no dia 20, os 21 convocados por Hélio Sousa vão realizar um jogo de preparação diante da Arábia Saudita, no dia 18, pelas 11:30, na Cidade do Futebol.

Anúncio

Futebol

Ex-Moreirense Rúben Lima assina pelo Belenenses SAD

Mercado de transferências

em

Foto: DR / Arquivo

O lateral-esquerdo Rúben Lima, de 30 anos, é a primeira contratação do ‘mercado’ de janeiro do Belenenses SAD, anunciou hoje o atual 15.º classificado da I Liga portuguesa de futebol.

O defesa estava sem clube desde de que saiu do Moreirense na temporada passada, na qual realizou 21 jogos, tendo já sido orientado pelo atual treinador da formação lisboeta, Petit, em 2017/18, ao serviço do clube minhoto, numa temporada em que fez 40 partidas.

Formado no Benfica, o defesa representou, em Portugal, o Desportivo das Aves, o Vitória de Setúbal, o Beira-Mar, a União da Madeira e o Moreirense. Pelo meio, esteve quatro anos na Croácia, onde alinhou no Hajduk Split, no Dínamo Zagreb e no HNK Rijeka.

Depois das saídas dos médios Simon Ramírez (Universidade de Concepción, Chile), Jonatan Lucca (Farense), Benny (Desportivo de Chaves) e André Sousa (Gaziantepspor, Turquia), Rúben Lima é o primeiro reforço do plantel às ordens de Petit, que substituiu Pedro Ribeiro no cargo em 15 de janeiro.

Continuar a ler

Futebol

Gil Vicente no Dragão quer somar quinto jogo sem perder

I Liga

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães/O MINHO

O Gil Vicente vai, esta terça-feira, ao Dragão, na 18.ª jornada da I Liga de futebol, três dias depois da derrota na final da Taça da Liga do FC Porto, após a qual Sérgio Conceição pôs o lugar à disposição.

A turma de Vítor Oliveira encontra um FC Porto fragilizado após a derrota com o SC Braga (1-0), com um golo de Ricardo Horta nos descontos, que deixou o técnico portista quase de ‘malas aviadas’, por considerar que não havia união no clube.

O treinador manteve-se, contudo, à frente dos ‘azuis e brancos’ e vai agora reencontrar o Gil Vicente, equipa que derrotou o FC Porto na primeira jornada da I Liga.

O Gil Vicente, que não perde há quatro encontros, ocupa o nono lugar, com 22 pontos.

Além da derrota na final da Taça da Liga, o FC Porto também tinha perdido com o SC Braga (2-1) em casa na última jornada da primeira volta.

Os ‘dragões’, segundos classificados, estão provisoriamente a 10 pontos do Benfica, que no domingo venceu fora o Paços de Ferreira, por 2-0.

Programa da 18.ª jornada:

– Domingo, 26 janeiro:

Belenenses SAD – Portimonense, 2-1

Tondela – Vitória de Setúbal, 0-3

Famalicão – Santa Clara, 0-1

Paços de Ferreira – Benfica, 0-2

Desportivo das Aves – Boavista, 0-1

– Segunda-feira, 27 janeiro:

Vitória SC- Rio Ave, 1-2

Sporting – Marítimo, 1-0

– Terça-feira, 28 janeiro:

FC Porto – Gil Vicente, 20:15

– Quarta-feira, 29 janeiro:

Moreirense – SC Braga, 20:15

Continuar a ler

Futebol

Sporting sobe ao terceiro lugar da I Liga e ultrapassa Famalicão

18.ª jornada da I Liga

em

Foto: Twitter de Sporting CP

O Sporting subiu hoje ao terceiro lugar da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer o Marítimo em casa, por 1-0, em jogo da 18.ª jornada, decidido pelo colombiano Cristián Borja.

O lateral esquerdo, que se estreou a marcar pelo Sporting, deu, aos 76 minutos, o triunfo aos ‘leões’, que ultrapassaram na terceira posição o Famalicão, que no domingo tinha sido derrotado em casa pelo Santa Clara.

Antes do golo, o Sporting tinha visto dois golos anulados, o primeiro devido a um fora de jogo de Coates e depois por um empurrão de Sporar, que se estreou pelo Sporting, entrando para o lugar do lesionado Luiz Phellype.

O Sporting regressou assim aos triunfos, após duas derrotas consecutivas, frente ao Benfica (2-0), na I Liga, e frente ao SC Braga (2-1), na Taça da Liga.

O Marítimo, que interrompeu uma série de cinco jogos sem perder, segue na 12.ª posição, com 20 pontos.

Antes, o Rio Ave subiu ao quinto posto, depois de vencer em casa o Vitória SC, por 2-1, com dois golos em dois minutos, marcados pelos brasileiros Diego Lopes (38 minutos) e Matheus Reis (40).

Vitória derrotado e ultrapassado pelo Rio Ave

Ainda antes dos golos dos vila-condenses, o árbitro assinalou uma grande penalidade a favor do Vitória SC e expulsou Matheus Reis.

Contudo, após intervenção do videoárbitro, que parou o jogo por mais de cinco minutos, acabou por recuar na decisão, devido a um fora de jogo.

Já na segunda parte, João Pedro reduziu para os vimaranenses, num lance em que desviou, quase sem querer, um remate de Tapsoba que ia para fora.

O Rio Ave, que somou o terceiro triunfo consecutivo no campeonato, subiu ao quinto posto, com 28 pontos, mais um do que SC Braga (sexto) e três do que o Vitória SC (sétimo).

Continuar a ler

Populares