Seguir o O MINHO

Futebol

Foguetes na cidade de Braga e festa no balneário do ‘Dragão’

Taça de Portugal

em

Foto: SC Braga

A cidade de Braga está confinada, mas em festa, com o lançamento de foguetes em alguns locais do perímetro urbano. Também nas ruas algumas buzinas se fazem ouvir, embora apenas as dos carros que ainda circulam em hora de recolher obrigatório.

Comemora-se a passagem do SC Braga à final da Taça de Portugal, edição 2020/21, após vitória ‘categórica’ no Estádio do Dragão por 2-3. Na primeira mão, em casa, os ‘arsenalistas’ empataram a uma bola. Desta vez foram ainda mais ‘gverreiros’ e, por isso, celebram no balneário do campeão nacional mais uma passagem histórica do clube.

Em declarações à TVI, no final da partida, o treinador do Braga (e de Braga) não tinha palavras: “Não tenho palavras para os meus jogadores, por tudo, atitude, sequência de jogos, pela forma como se têm batido estoicamente”.

“Como hoje, sem defesa esquerdo [após expulsão], com o Bruno, que é um miúdo, a ter de entrar. Fizemos um jogo absolutamente fantástico sob dois prismas, com os primeiros 30 minutos de grande qualidade e depois jogo diferente quando ficámos reduzidos a 10 frente a uma equipa poderosíssima como o FC Porto, que nos obrigou a vestir fato-macaco, ser estóicos, cerrar as linhas”, afirmou Carlos Carvalhal.

Já Abel Ruiz, autor de dois golos, disse que apenas estava a fazer o seu trabalho de avançado: “Fazer golos é o meu trabalho, afinal sou o avançado da equipa, e o trabalho que tenho de fazer é ajudar a equipa que era o importante”, disse à mesma estação de televisão.

O SC Braga apurou-se esta quarta-feira para a final da Taça de Portugal, após vitória por 3-2 sobre o FC Porto, no Estádio do Dragão.

Os ‘arsenalistas’ entraram de rompante e marcaram três golos em menos de 30 minutos: Abel Ruiz (9) e (14), e Piazón (28) colocaram o SC Braga com um resultado que se revelou confortável até final desta segunda meia-final.

Os dragões conseguiram reduzir aos 30 minutos, por Otávio, e Marega, aos 75 minutos, deu novo fôlego que acabou por não resultar para os portistas.

Com o lugar na final, agendada para 23 de maio, já garantido, o SC Braga espera agora pelo adversário que vai sair do duelo entre o Benfica e o Estoril Praia, com os ‘encarnados’ em vantagem depois de vencerem fora na primeira mão por 3-1.

Populares