Seguir o O MINHO

Desporto

Equipa do camisola amarela Daniel Freitas afastada após novo caso de covid-19

Volta a Portugal

em

Foto: DR

A Rádio Popular-Boavista, equipa do camisola amarela Daniel Freitas, abandonou hoje a 82.ª Volta a Portugal, depois de um novo caso suspeito de infeção com o novo coronavírus, confirmou hoje a organização.

Na terça-feira, Daniel Freitas conquistou a amarela na quinta etapa da prova, que liderava com 42 segundos de vantagem sobre Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), e 47 sobre Amaro Antunes (W52-FC Porto).

“Um caso suspeito na equipa Rádio Popular-Boavista. Seguindo o protocolo a equipa sai de prova”, indicou a organização, em comunicado enviado à comunicação social antes do início da sexta etapa, que começou em Viana do Castelo.

Antes do início da quinta etapa, já João Benta e Tiago Machado tinham sido afastados da Volta, por estarem infetados com o novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19.

O diretor desportivo ‘axadrezado’, José Santos, confirmou à Lusa que o novo caso suspeito é Luís Fernandes, que era 10.º na geral, a 02.31 minutos do seu companheiro de equipa.

Alejandro Marque partiu para a sexta etapa, que percorre 182,4 quilómetros até Fafe, de amarelo, por imposição regulamentar.

Antes do início da quinta etapa, já João Benta, de Esposende, e Tiago Machado, de Famalicão, tinham sido afastados da Volta, por estarem infetados com o novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19.

Populares