Seguir o O MINHO

Ave

Famalicão e Trofa unem-se para recuperar e valorizar margens do Rio Ave

Autarquias assinam protocolo

em

Foto: DR / Arquivo

Famalicão e Trofa vão assinar um protocolo de Colaboração para Contratação do Programa Estratégico para a Recuperação e Valorização das Margens do Rio Ave, amanhã, quinta-feira.

A minuta do protocolo de cooperação a celebrar entre os dois municípios foi aprovada na reunião ordinária da Câmara Municipal de Famalicão da semana passada e refere a importância do Rio Ave como “elemento natural que delimita, mas que simultaneamente une os dois concelhos vizinhos”.

Assumindo-se como elemento principal da paisagem e da biodiversidade e considerando o enorme potencial ambiental, patrimonial e turístico do Rio Ave, o protocolo prevê a realização de estudos técnicos, envolvendo ainda o objetivo de lançar uma candidatura a fundos comunitários.

“Há um expectativa de um contexto comunitário futuro de apoios financeiros para intervenções ribeirinhas, mas para isso é preciso estudos, projetos e que haja percurso feito”, afirma, a propósito o presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, citado em comunicado da autarquia.

A colaboração tem como objetivo a recuperação patrimonial, onde se incluem açudes, azenhas, moinhos e atravessamentos, mas também objetivos de natureza ambiental, turística e de preservação da memória identitária. Além da recuperação do património está a ser equacionada a hipótese de construção de pontes pedonais.

Populares