Seguir o O MINHO

Futebol

Empate entre Moreirense e Santa Clara num jogo com emoção até ao fim

I Liga

em

O Santa Clara e o Moreirense empataram hoje 2-2, nos Açores, em jogo da segunda jornada da I Liga de futebol, num encontro com emoção até final, com três golos a serem apontados a partir dos 90 minutos.

Os golos do jogo foram marcados por Carlos Júnior (58 e 90+4, este de grande penalidade), Yan Matheus (90, de grande penalidade) e André Luís (90+10).

Ainda antes do início, já o encontro estava marcado pela polémica entre os dois clubes em torno do pedido do Santa Clara para adiar o jogo – rejeitado pelo Moreirense – devido ao surto de covid-19 que infetou 10 jogadores do plantel.

Dentro das ‘quatro linhas’, o Santa Clara entrou determinado em chegar ao golo na fase inicial da partida e, logo aos 20 segundos, Carlos Júnior teve uma excelente oportunidade para inaugurar o marcador, mas, frente a Pasinato, atirou à malha lateral.

Os açorianos voltaram a estar perto do golo aos 16 minutos, através de um lance de bola parada e de um grande cabeceamento de Villanueva, mas valeu o guardião dos minhotos a manter o ‘placard’ inalterável.

A partir dos 20 minutos, o ritmo baixou e o jogo passou a ser disputado longe das balizas. O Santa Clara assegurou o domínio da posse de bola e procurou, a pedaços, imprimir velocidade ao encontro, mas falhou sempre na definição das jogadas.

O Moreirense, por seu turno, mostrou-se decidido em cansar ainda mais a equipa da casa e explorou o contra-ataque, não conseguindo, contudo, criar lances de grande perigo.

O Santa Clara, ainda antes o intervalo, registou mais uma ‘baixa’: Costinha saiu aos 45+2 devido a lesão, dando lugar a Ricardinho.

Na segunda parte, o Santa Clara voltou a entrar por cima e ameaçou as redes contrárias aos 51 e 52 minutos, mas quer Carlos Júnior quer Ricardinho não acertaram com a baliza de Pasinato.

Aos 58 minutos, os açorianos iriam colher frutos das várias tentativas. Na sequência de um lançamento para a área, Carlos Júnior apareceu no meio dos centrais para rematar para o fundo da baliza e inaugurar o marcador nos Açores.

O Santa Clara continuou a dominar o encontro e podia ter ampliado a vantagem aos 67 minutos, mas João Afonso, sozinho na área, não conseguiu direcionar o cabeceamento para a baliza adversária.

A equipa de João Henriques, que teve sempre dificuldade em chegar com perigo à baliza do Santa Clara, passou a jogar com menos um elemento aos 76 minutos, devido à expulsão de Rodrigo Conceição, com vermelho direto, três minutos depois de ter entrado.

O Moreirense conseguiu chegar ao empate mesmo em cima do minuto 90, através de uma grande penalidade cobrada por Yan Matheus.

Pouco depois, nova grande penalidade, desta feita a favor do Santa Clara, quando já passavam quatro minutos dos 90. Carlos Júnior não desperdiçou e atirou para o fundo das redes.

Mas, num jogo impróprio para cardíacos, o marcador foi uma incógnita até final. Quando já passavam dez minutos dos 90, André Luís empatou o jogo para o Moreirense, derramando um ‘balde de água fria’ sobre a equipa açoriana.

Ficha de Jogo

Jogo no estádio de São Miguel, Ponta Delgada.

Santa Clara – Moreirense, 2-2.

Ao intervalo, 0-0.

Marcadores:

1-0, Carlos Júnior, 58 minutos.

1-1, Yan Matheus, 90.

2-1, Carlos Júnior, 90+4.

2-2, André Luís, 90+10.

Equipas:

– Santa Clara: Ricardo Fernandes, Mansur, Villanueva, João Afonso, Rafael Ramos, Paulo Henrique (Jean Patric, 66), Costinha (Ricardinho, 45+3), Morita, Lincoln, Carlos Júnior e Rui Costa (Allano, 85).

(Suplentes: Boateng, Allano, Jean Patric e Ricardinho).

Treinador: Daniel Ramos.

– Moreirense: Pasinato, Frimpong (Derik, 73), Steven Vitória, Artur Jorge, Rosic, Ismael (Rodrigo Conceição, 73), Fábio Pacheco (Franco, 73), Filipe Soares, Pires (Ibrahima, 83), Yan Matheus e Rafael Martins (André Luís, 83),

(Suplentes: Kewin Silva, Rodrigo Conceição, Ibrahima, André Luís, Matheus Silva, Sori Mané, Derik, Abdoulaye e Franco).

Treinador: João Henriques.

Árbitro: David Silva (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Fábio Pacheco (35), Costinha (45+3), Villanueva (54), Paulo Henrique (57), Artur Jorge (57), Steven Vitória (62), Lincoln (80) e Allano (90). Cartão vermelho direto para Rodrigo Conceição (76).

Assistência: 876 espetadores.

Populares