Seguir o O MINHO

Alto Minho

Cheias vieram para ficar

em

O rio Lima voltou a encher esta quinta-feira e inundou o areal que serve habitualmente de parque de estacionamento para o centro histórico de Ponte de Lima.

Como consequência desta cheia, alguns condutores optam por estacionar as viaturas em cima do Passeio 25 de Abril, apesar de a sinalização indicar que esta prática é proibida.

Já vai…cheiinho!!!Boa tarde amizades!!!!

Publicado por Maria Teresa Velho em Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016

Este fenómeno pode repetir-se nos próximo dias, de acordo com o alerta divulgado esta quinta-feira pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) para a possível ocorrência de cheias e de deslizamento de terras.

Em comunicado, a ANPC dá conta de um “agravamento das condições meteorológicas” para os próximos dias, em especial nas regiões a norte do rio Tejo e nas regiões do Minho e do Douro Litoral.

A Proteção Civil refere que podem ocorrer “inundações rápidas em zonas historicamente vulneráveis”, especialmente nas bacias hidrográficas dos rios Minho, Lima, Cávado, Ave, Vouga, Douro e Mondego.

“Não é de excluir a eventual ocorrência de situações de cheias associadas ao aumento do caudal das principais linhas de água”, adianta a ANPC, dando também conta que as condições de saturação dos solos mostram-se favoráveis à “ocorrência de deslizamentos de terras, especialmente nas zonas de declive mais acentuado”.

 

 

 

Populares