Seguir o O MINHO

Braga

Campismo em Braga bate recordes – Números

Em dormidas e em receitas

em

Foto: Divulgação / Arquivo

O ano de 2018 foi mais um ano de crescimento para o Parque de Campismo e Caravanismo de Braga, com um aumento do número de entradas, dormidas e, consequentemente, de receita, uma tendência que se verifica desde 2014, informou hoje a autarquia.

Em relação ao ano anterior, o Parque de Campismo registou uma subida de 2,86 por cento nas entradas e de cinco por cento nas dormidas, o que se traduz na estadia média de 1.96 pessoas por noite. Em 2018 deram entrada 8.416 campistas, a maioria (6.586) provenientes do mercado externo, enquanto os restantes (1.830) são referentes ao mercado nacional.

Portugal, Espanha, Holanda e Bélgica continuam a ser os principais mercados emissores, registando-se ainda a entrada de campistas de países como a França, Alemanha, Reino Unido, Itália e Suíça.

Em relação às dormidas, 2018 encerrou com um total de 16.505 dormidas, tendo-se verificado um crescimento de cinco por cento (842 dormidas) em relação ao ano anterior. Neste capítulo, o parque registou um aumento de 48,92 por cento do mercado interno, 16,26 por cento do mercado holandês e 1,13 por cento do mercado espanhol.

Já em termos de receita, o ano de 2018 registou um aumento de 10 por cento, com os valores a atingirem 102.097,90 euros. Este crescimento, segundo a autarquia, foi potenciado por uma maior eficiência no controlo das tipologias de alojamento e ainda pela reserva anual de espaço a clientes de longa duração, sobretudo na época baixa com o aproveitamento da utilização do Parque de Campismo por parte de estudantes da Universidade do Minho, empresas, assim como portugueses/estrangeiros que visitam Braga várias vezes por ano.

A autarquia recorda que “o actual Executivo Municipal tem vindo a dotar o Parque de Campismo de melhores infra-estruturas e apostado na sua divulgação e integração em redes de promoção nacionais e internacionais, de forma a potenciar ao máximo a sua ocupação”.

Populares