Seguir o O MINHO

Braga

Câmara de Braga dá apoio de 100 mil euros para novo quartel dos Bombeiros Voluntários

Medida será votada segunda-feira

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A Câmara de Braga vai dar um apoio extraordinário de 100 mil euros aos Bombeiros Voluntários de Braga para a construção do novo quartel, anunciou hoje o presidente do município, Ricardo Rio. A medida será votada na próxima segunda-feira em reunião do executivo.

Na sua página de Facebook, o autarca de Braga refere que, em março de 2020, em visita ao quartel dos Bombeiros Voluntários, assumiu “que o Município iria transferir o apoio antes consignado à comparticipação nacional da candidatura a financiamento comunitário para a requalificação do antigo quartel, para apoio à construção do novo equipamento em Arcos (S. Paio)”.

“À medida que a tramitação administrativa e urbanística desse novo projeto vai avançando, o novo quartel dos BVB está cada vez mais próximo e a Câmara Municipal de Braga assume o seu compromisso”, acrescenta, salientando que este apoio “não deixa de ser também um importante reconhecimento pelo excelente trabalho que [os Bombeiros Voluntários] desenvolvem em benefício de toda a comunidade”.

Em comunicado, a autarquia referiu que o novo equipamento será edificado no terreno entretanto doado pela autarquia à associação, localizado na freguesia de Arcos S. Paio. “Estamos a cumprir um compromisso assumido no ano transato de apoiar os Bombeiros Voluntários na construção do novo quartel e, além desta verba, estamos a proceder à isenção de todas as taxas municipais relativas a este projeto”, explica Ricardo Rio.

Reconhecendo o “enorme contributo, assim como o esforço e dedicação” dos Bombeiros Voluntários durante a atual crise pandémica, a Câmara refere, no comunicado, que já tinha disponibilizado equipamento e testes à covid-19 aos bombeiros que eventualmente viessem a ter suspeitas de infeção. E acrescenta que aumentou o subsídio anual atribuído aos Bombeiros Voluntários para 20 mil euros e, em 2022, esse valor chegará aos 30 mil euros.

Notícia atualizada às 15h21 com mais informação.

Populares