Seguir o O MINHO

Braga

Braga vota novo regulamento para venda da Confiança

Na próxima segunda-feira

em

Foto: Sérgio Freitas / CM Braga

A reunião pública do Executivo Municipal que terá lugar na segunda-feira, dia 24 de Fevereiro, pelas 09:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho vai debater, entre outros assuntos, um novo regulamento para a hasta pública de venda por 3,65 milhões de euros, do prédio da antiga fábrica Confiança.

O novo regulamento prevê que as propostas sejam entregues em carta fechada, para serem, depois, abertas, em sessão a realizar a 11 de março. A hasta pública realizada há dias ficou vazia, por falta de licitadores.

Na reunião de vereadores estarão, ainda, em análise, entre outros assuntos, a aquisição de serviço para a implementação do projecto “Pisa para as Escolas”, contratos interadministrativos de delegação de competências para diversas freguesias e a retificação do protocolo celebrado entre o Município e o Clube de Caçadores de Braga.

Anúncio

Braga

Sobe para dezasseis número de bombeiros dos Sapadores de Braga infetados

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Subiu de catorze para dezasseis o número bombeiros dos Sapadores de Braga que acusaram positivo nos testes de despistagem da covid-19 e estão em casa em isolamento, sendo que a esmagadora maioria não apresenta “grandes sintomas”, disse hoje o presidente da Câmara.

Em declarações à Lusa, Ricardo Rio referiu que o primeiro caso positivo foi confirmado no domingo, tendo logo os restantes bombeiros que integravam esse turno sido postos em quarentena.

Foram, entretanto, efetuados testes a todo o turno, tendo 16 bombeiros acusado positivo e sete negativo, havendo ainda dois casos inconclusivos.

“A esmagadora maioria dos que acusaram positivo não apresenta grandes sintomas”, acrescentou Ricardo Rio.

Os infetados estiveram envolvidos no combate a um incêndio registado em 25 de março na ala de psiquiatria do Hospital de Braga, mas o autarca considera que não é possível associar uma situação à outra.

O MINHO sabe que o comandante e o adjunto da companhia estão à espera de resultado dos testes, assim como outros elementos da secção técnica.

Alguns bombeiros estranham a presença do comandante nas instalações, num período em que deveria aguardar pelos resultados em isolamento.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 940 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 47 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 180.000 são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 209 mortes, mais 22 do que na quarta-feira (+11,8%), e 9.034 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 783 em relação à véspera (+9,5%).

Dos infetados, 1.042 estão internados, 240 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 68 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março, tendo a Assembleia da República aprovado hoje o seu prolongamento até ao final do dia 17 de abril.

Continuar a ler

Braga

Semana Académica cancelada em Braga

Covid-19

em

Fotos: Paulo Magalhães / O MINHO

A Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) anunciou hoje o cancelamento de todas as suas atividades presenciais até ao final do mês de junho, entre as quais se incluem as Monumentais Festas do Enterro da Gata, que decorreriam de 8 a 15 de maio, em Braga.

Em comunicado, a AAUM afirma que “mantém a preocupação em salvaguardar a saúde pública em consonância com as recomendações da DGS e do Governo de Portugal. Desta forma, a direção deliberou o cancelamento das atividades presenciais previstas até ao fim do próximo mês de junho”.

A Campanha de Comercialização de Insígnias, o Cortejo Académico, Imposição de Insígnias e Missa de Finalistas e as Serenatas e Velório são atividades cujo cancelamento, de acordo com a Associação Académica, “será reavaliado, caso estejam reunidas as condições sanitárias de saúde pública e dentro do enquadramento temporal no presente mandato da AAUM”.

Continuar a ler

Braga

Braga cria “grupo de resposta” para apoiar empresas e manter empregos

Covid-19

em

Foto: O MINHO / Arquivo

O Município de Braga e a InvestBraga criaram um grupo de resposta para apoiar as empresas na obtenção de todos os esclarecimentos necessários para agirem neste período de crise resultante da pandemia da covid-19, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o município refere que o objetivo é o “apoio imediato” à sustentabilidade das empresas e à conservação dos postos de trabalho.

Denominado Programa de Apoio ao Comércio e Outro Tipo de Empresas, o grupo de resposta quer disponibilizar aos empresários as informações e os esclarecimentos com vista a adaptarem a sua atividade à nova realidade.

Quer ainda “ensinar” a adotar as novas medidas lançadas e publicadas pelos diversos diplomas e entidades legisladoras, seja em matéria jurídica, fiscal ou laboral.

Tudo isto para que possam salvaguardar o seu negócio e o emprego dos seus trabalhadores.

O grupo de trabalho estará, assim, disponível, de forma gratuita, para esclarecer todas as dúvidas e prestar todas as informações às empresas, empresários, empreendedores e demais intervenientes do ecossistema empresarial de Braga, com vista à adaptação da sua atividade económica e preparação para a fase pós-crise.

Para facilitar a pesquisa, a InvestBraga, Agência para a Dinamização Económica de Braga, criou um mini-site que permite concentrar todas as informações necessárias e que pode ser consultado em https://investbragadeai.wordpress.com.

No portal, poderão ser obtidos todos os contactos para que as empresas possam esclarecer as suas dúvidas.

“Com o apoio de um conjunto de parceiros especializados, constituído por empresas com uma forte representatividade na região e no país, este grupo de trabalho irá assegurar o acompanhamento contínuo de toda a legislação em vigor, das medidas extraordinárias definidas e da sua aplicabilidade nas empresas”, acrescenta o comunicado.

Os interessados podem enviar as suas questões para o e-mail [email protected] e, no prazo máximo de 48 horas serão enviadas todas as respostas e esclarecimentos para cada uma das situações apresentadas.

Os parceiros deste projeto são o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação IAPMEI, a Associação Comercial de Braga e o Instituto do Emprego e Formação Profissional e Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, além de escritórios de advogados e gabinetes de contabilidade e consultoria.

Continuar a ler

Populares