Seguir o O MINHO

Braga

Braga vai integrar a Associação de Municípios do Portugal Romano

em

Foto: Divulgação

Dez municípios portugueses que partilham a herança romana, dentre eles Braga, vão constituir a Associação de Municípios do Portugal Romano, de forma a promover o crescimento do sentimento de pertença e o turismo, foi esta quarta-feira anunciado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o município de Condeixa-a-Nova, no distrito de Coimbra, autor da proposta, refere que a decisão de criar a associação foi tomada hoje, numa reunião no Museu Portugal Romano em Sicó, naquele concelho.

“Esta associação tem por fim a promoção de uma ação cultural e social constante, tendo em conta a existência entre nós de parcelas de uma herança romana como valor identitário do nosso país, bem evidenciado nos monumentos romanos espalhados pelo território nacional”, salientou o presidente da Câmara de Condeixa-a-Nova, Nuno Moita, citado na nota.

Estes territórios podem contribuir também, na sua opinião, “para um crescimento significativo do sentimento de pertença e autoestima das comunidades, bem como para o aumento dos fluxos turísticos de índole cultural e social, em cada uma das regiões de Portugal Continental”.

Além de Condeixa-a-Nova, são também fundadores da associação os municípios de Ansião, Braga, Lisboa, Penela, Oliveira do Hospital, Seixal, Vidigueira, Tomar e Santiago do Cacém.

Na reunião de hoje foi aprovado o projeto de estatutos, devendo em breve formalizar-se a constituição da Associação de Municípios do Portugal Romano.

Segundo o comunicado, os municípios de Évora, Mértola, Alter do Chão, Idanha-a-Nova, Marco de Canaveses, Coimbra, Faro, Beja, Chaves, São Pedro do Sul, Monforte, Grândola, Setúbal, Sintra, Torres Novas, Peso da Régua e Meda também já manifestaram intenção de aderir à futura associação.

EM FOCO

Populares