Seguir o O MINHO

I Liga

Braga e Gil Vicente empatam 1-1 em Barcelos

3.ª jornada da I Liga

em

O Gil Vicente e um renovado SC Braga empataram hoje 1-1, em dérbi minhoto da terceira jornada da I Liga de futebol, marcado por uma interrupção de meia hora devido a uma falha elétrica.

No Estádio Cidade de Barcelos, o brasileiro Wenderson Galeno colocou os ‘arsenalistas’ em vantagem, aos seis minutos, mas na segunda parte, já depois do reatamento, o compatriota Sandro Lima concretizou o golo da igualdade, aos 90+19.

Uma semana depois da derrota com o Sporting (2-1) e a quatro dias de viajar à Rússia para defender a vantagem mínima da primeira mão do ‘play-off’ da Liga Europa com o Spartak de Moscovo (1-0), Ricardo Sá Pinto apresentou em Barcelos um ‘onze’ totalmente renovado, promovendo Tormena e Galeno à titularidade e dando os primeiros minutos aos reforços Eduardo, Lucas e Rui Fonte.

Sem acusar a ‘revolução’ nas escolhas iniciais, o SC Braga não poderia esperar melhor entrada no jogo, inaugurando o marcador logo aos seis minutos, num remate cruzado de Galeno sobre a direita do ataque, após passe em desmarcação de Rui Fonte.

Estava feito o mais difícil, mas os ‘arsenalistas’ conservaram o ritmo, governando a bola e as incidências com conforto e paciência, e ficaram próximos de dilatar a vantagem aos 17, com Murilo a desperdiçar na cara de Denis.

O Gil Vicente, que regressou à Liga com um triunfo sobre o FC Porto (2-1) e que hoje trocou três unidades face ao desaire consentido em Moreira de Cónegos (3-0), incluindo a estreia a titular de Zakaria Naidji, ficou atordoado com a entrada do adversário e demorou a recompor-se.

À pouca criatividade demonstrada no último terço contrário associou demasiada cerimónia na hora de enquadrar remates à baliza, como atestaram as investidas de meia distância assinadas por Lourency (43) e Kraev (45), que nem serviram para incomodar Eduardo.

Na resposta, o Braga mostrou intenções de regressar aos balneários com outra tranquilidade no marcador, mas Denis defendeu com os punhos um livre frontal batido por João Novais.

Os gilistas entraram na etapa complementar com outra atitude, a pressionar mais a primeira fase de construção bracarense e mais agressivos na reação à perda de bola, e ameaçaram o tento da igualdade aos 50 minutos, quando Kraev recebeu a bola à entrada da área e disparou à figura de Eduardo.

O jogo acabou por ser interrompido logo de seguida, após falha de energia elétrica na iluminação do recinto, mas foi reatado ao fim de meia hora e acabou por inclinar de vez os pratos da balança a favor da formação visitada.

Instalado no meio-campo contrário, o Gil Vicente intensificou a toada ofensiva e fez o Braga passar por dificuldades: Lino acertou no poste (84), Lourency e o recém-entrado Samuel obrigaram Eduardo a aplicar-se (90 e 90+10) e Kraev fez o esférico rasar a trave (90+5).

Sá Pinto chamou do banco Fransérgio e Trincão para ganhar argumentos na gestão da posse com a segurança com que o fizera até ao intervalo, mas o Braga já se tinha eclipsado e as substituições não ajudaram a travar o empate barcelense.

Aos 90+19, Alex Pinto foi à linha de fundo e cruzou para a pequena área, onde surgiu Sandro Lima a desviar para o golo que fixou o 1-1 final.

O Braga ainda esboçou uma reação tímida, mas esbarrou numa equipa batalhadora que nunca deixou de espevitar o ataque nem teve a tendência de recuar linhas.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Cidade de Barcelos, em Barcelos.

Gil Vicente – SC Braga, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Galeno, 06 minutos.

1-1, Sandro Lima, 90+19.

Equipas:

– Gil Vicente: Denis, Alex Pinto, Rodrigo, Rúben Fernandes, Vente (Samuel Lino, 46), Soares, João Afonso, Lourency (Léo Cordeiro, 90+36), Kraev, Arthur e Naidji (Sandro Lima, 90+10).

(Suplentes: Wellington Luís, Juan Villa, Léo Cordeiro, Samuel Lino, Nogueira, Sandro Lima e Ahmed).

Treinador: Vítor Oliveira.

– SC Braga: Eduardo, Diogo Viana, Tormena, Lucas Cunha, Cajú (Ricardo Esgaio, 90+12), Galeno (Trincão, 87), Claudemir, João Novais, Murilo, Rui Fonte (Fransérgio, 86) e Hassan.

(Suplentes: Tiago Sá, Xadas, Fransérgio, Ricardo Esgaio, João Palhinha, Trincão e David Carmo).

Treinador: Ricardo Sá Pinto.

Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Arthur (48), Tormena (90+15), Alex Pinto (90+22) e João Novais (90+37).

Assistência: 7.493 espetadores.

Anúncio

Futebol

Ex-atriz porno com 3 milhões de seguidores manifesta apoio ao Vitória através do Twitter

Mia Khalifa

em

Foto: Instagram de Mia Khalifa

A antiga atriz de filmes pornográficos Mia Khalifa manifestou através da rede social Twitter, onde conta com cerca de 3 milhões de seguidores, que irá apoiar qualquer equipa que defronte o Arsenal, algo que motivou reação por parte do Vitória Sport Clube (SC) através da mesma plataforma. Na resposta, a modelo é perentória: “Vamos Vitória!!!”.

A conhecida figura mediática que nasceu no Líbano mas cresceu no Texas, Estados Unidos da América, tem dado que falar em termos futebolísticos por desprezar o Arsenal, e manifestar-se apoiante de qualquer equipa que jogue contra os gunners.

 

Atualmente vinga como modelo de webcam e faz parcerias com casas de apostas, como foi o caso da Sportsbet, que a desafiou a utilizar uma camisola do Watford, antes do jogo contra o Arsenal, desafio aceite pela modelo.

Anteriormente, Mia tinha-se manifestado como apoiante do West Ham, enquanto estes preparavam o desafio com o clube da capital inglesa. Questionada no Twitter sobre qual o clube que apoia em definitivo, a modelo esclareceu dar apoio “a qualquer equipa que jogue contra o Arsenal”.

E o Vitória reagiu…

 

 

Os vitorianos deixaram ainda o pedido a Mia para que esta apoie o clube no próximo jogo frente aos Gunners.

A equipa de Guimarães defronta os ingleses no Grupo F da Liga Europa em jogo marcado para o próximo dia 24 de outubro, no Estádio Emirates, em Londres.

Continuar a ler

Futebol

Ricardo Horta renova com SC Braga até 2024

Anunciou o clube

em

Foto: SC Braga

O extremo Ricardo Horta renovou contrato com o Sporting Clube (SC) de Braga até 2024, revelou esta segunda-feira o clube da I Liga de futebol.

A cumprir a quarta época nos guerreiros, Ricardo Horta, de 25 anos, já fez 138 jogos e 35 golos, quatro dos quais esta época, pelo SC Braga.

“Esta aposta do clube significa a recompensa do trabalho que tenho vindo a fazer. Foram três grandes anos, agora está a iniciar-se o quarto e espero que corra tão bem como até aqui. É um sentimento de orgulho porque é um prazer enorme jogar aqui e representar este clube”, afirmou à televisão do clube.

O jogador disse ainda que o que o motivou a prolongar a ligação “é continuar a ajudar o clube a crescer”.

“Eu e o presidente temos a mesma ambição e os mesmos objetivos. Sinto que temos muito caminho a percorrer em conjunto e, por essa razão, entendo que faz todo o sentido prolongar a minha ligação ao Braga”, disse.

Para Ricardo Horta, poder estar em Portugal “é bastante confortável” e, no SC Braga, sente-se “completamente em casa”.

“Posso dizer que, aqui, estou na minha zona de conforto, a fazer aquilo de que mais gosto, que é jogar futebol”, disse.

Continuar a ler

Futebol

Clubes portugueses conhecem árbitros para o arranque nos grupos da Liga Europa

Árbitro dinamarquês no Braga-Wolverhampton e russo no Vitória-Liége

em

O árbitro dinamarquês Jakob Kehlet estará na quinta-feira na receção do Sporting Clube (SC) de Braga aos ingleses do Wolverhampton (20:00 na hora portuguesa), e o russo Sergey Ivanov na receção do Vitória Sport Club (SC) aos belgas do Standard Liége (17:55 na hora portuguesa), em jogos dos grupos K e F da Liga Europa, informou a UEFA.

Do grupo dos bracarenses, além do ‘wolves’, treinado pelo português Nuno Espírito Santo e que conta com Rui Patrício, Rúben Vinagre, Rúben Neves, João Moutinho, Pedro Neto, Bruno Jordão e Diogo Jota, fazem também parte o Besiktas e o Slovan Bratislava.

Já os vimaranenses, além dos belgas do Standard Liège, terão a oposição no grupo F dos ingleses do Arsenal e dos alemães do Eintracht Frankfurt, emblema do português Gonçalo Paciência.

Também na quinta-feira, árbitro letão Andris Treimanis estará na receção do FC Porto aos suíços do Young Boys, e o eslovaco Ivan Kružliak na visita do Sporting ao PSV Eindhoven.

O FC Porto inicia a participação no grupo G da Liga Europa, competição em que terá como adversários Young Boys, Feyenoord e Rangers, e para a qual foi relegado com a eliminação na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

O jogo de quinta-feira tem início às 20:00, pouco depois da entrada em cena do Sporting, que visita o PSV Eindhoven às 17:55 (18:55 locais), em jogo do grupo D, que conta também com LASK Linz e Rosenborg.

Também na Liga Europa, o árbitro português Fábio Veríssimo foi nomeado para o jogo do grupo B entre o Copenhaga e o Lugano, na Dinamarca.

Já Artur Soares Dias é o único árbitro luso na Liga dos Campeões, indicado para a receção na quarta-feira dos ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinado por Luís Castro, aos ingleses do Manchester City, de Bernardo Silva.

Continuar a ler

Populares