Braga é capital das “vendas expresso”: 26% das casas são vendidas em menos de uma semana

Foto: CM Braga

Braga é a capital de distrito onde as casas são mais rapidamente vendidas. De acordo um estudo do Idealista hoje divulgado, 26% das casas são vendidas em menos de uma semana, sendo a percentagem mais alta no país.

Segundo o estudo, a nível global, cerca de 19% das casas compradas em novembro estiveram anunciadas no Idealista menos de uma semana. Já 11% esteve no mercado entre duas semanas e um mês, 25% entre um e três meses, 37% entre três meses e um ano e 8% mais de um ano.

Analisando as “vendas expresso” – ou seja, imóveis residenciais que se vendem em menos de uma semana, tendo em conta o tempo de permanência dos anúncios – por capitais de distrito, é em Braga que se encontra uma maior percentagem: 26% das casas são vendidas nesse período.

Fonte: Idealista

Seguem-se Bragança (22%), Aveiro (21%), Funchal (19%) e Coimbra (19%). Abaixo da média nacional, encontram-se o Porto (17%), Viseu (16%), Guarda (15%), Ponta Delgada (15%), Lisboa (13%), Faro (12%), Setúbal (12%), Évora (12%), Santarém (9%) e Leira (9%).

A capital de distrito onde se registou menos “vendas expresso” foi Castelo Branco (6%). Em Beja, Vila Real, Viana do Castelo, apenas 7% das transações se realizaram em menos de sete dias em novembro. Já em Portalegre, nenhuma casa foi vendida nesse período.

Vender a casa rápido: distrito do Porto está em 1.º lugar

Em relação aos distritos, o mercado comporta-se de outra forma. Foi no distrito do Porto (28%) onde mais casas foram vendidas em menos de uma semana durante o mês de novembro. Seguem-se Évora (26%), ilha de São Miguel (22%), Aveiro (21%), ilha da Madeira (19%), Braga (17%), Lisboa (17%), Bragança (16%), Coimbra (15%), Faro (14%), Santarém (14%), Setúbal (14%), Viseu (14%), Guarda (10%) e Leiria (10%).

Fonte: Idealista

Por outro lado, é em Viana do Castelo e Castelo Branco onde esta percentagem de vendas rápidas de casas é menor – de apenas 7%. Seguem-se Vila Real e Beja (8% em ambos os distritos). No distrito de Portalegre, nenhuma casa foi vendida em menos de uma semana.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Barcelos já tem programa para a passagem de ano

Próximo Artigo

Esposende: Primeiras imagens da escultura de homenagem a Paulo Gonçalves

Artigos Relacionados
x