Seguir o O MINHO

Braga

Atletas olímpicos e paralímpicos de Braga podem receber até 10 mil euros da câmara

em

A Câmara Municipal de Braga abriu esta quinta-feira as portas do Salão Nobre para receber e homenagear os atletas bracarenses que participaram nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016 e dignificaram, com as suas prestações, o nome de Portugal e da cidade de Braga.

Em nota enviada a O MINHO, o município bracarense escreve terem sido recebidos os atletas Emanuel Silva, Tamila Holub, José Macedo, Mário Peixoto e Domingos Vieira (este último não é natural do concelho de Braga mas representa o Sporting Clube de Braga). Jéssica Augusto não compareceu por se encontrar a residir fora do país.

À homenagem juntou-se a atribuição dos apoios municipais relativos ao “pioneiro” regulamento de apoio ao desempenho e prestação Olímpica dos atletas de Braga, destinado a quem vive no concelho há mais de 5 anos e que tem os seguintes valores: 3 mil euros para quem participe nos Jogos Olímpicos, 5 mil euros para quem atingir finais e 10 mil euros para quem conquistar medalhas.

ricardo-rio-com-atletas-paralimpicos

Na ocasião, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, salientou que este é um sinal de reconhecimento para quem projecta o nome de Braga e um estímulo para os futuros atletas que devem seguir estes exemplos de persistência e superação.

“Estamos a prestar o justo e merecido tributo aos atletas que conseguem atingir um patamar só ao alcance de uma minoria. Chegar aos Jogos Olímpicos é estar na elite mundial da modalidade que praticam”, afirmou, sublinhando que o sucesso desportivo implica enorme capacidade de superação, sacrifício, entrega e esforço que devem servir de inspiração para todos.

Por seu turno, Sameiro Araújo, vereadora do Desporto, referiu que estes atletas exibiram um desempenho desportivo exemplar que deve ser motivo de orgulho para todos os bracarenses.

“Sei o quanto é difícil atingir este patamar e o que os atletas passam – as suas dificuldades e lutas, o tempo que roubam às famílias, etc. – para conseguirem marcar presença nos Jogos Olímpicos. Sei ainda a alegria que é atingir os objectivos que desejamos”, disse.

 

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Braga

Em tempos de recolhimento, a pequena Maria também quis nascer em casa com ajuda dos bombeiros

Em Braga

em

Foto: Divulgação

Há ocorrências que renovam a esperança em dias melhores e que provocam momentos de felicidade aos bombeiros.

Uma delas ocorreu na quinta-feira, logo às primeiras horas do dia, quando os Voluntários de Braga acorreram a uma chamada para acudir uma futura mãe que entrava em trabalho de parto.

Em tempos de ficar em casa, até a pequena Maria acabou por seguir à regra a indicação, não esperando uma deslocação para o hospital para ver a luz do dia.

Nasceu em casa, na freguesia de Dume, com o apoio de duas bombeiros da corporação voluntária bracarense.

“Nestes momentos de crise em que todos vivemos, há ocorrências que nos fazem lembrar a esperança e nos fazem sorrir”, refere fonte da instituição.

“Ontem, logo bem cedo, ajudamos a Maria a nascer. São momentos como este que devolvem a cor aos nossos dias. Desejamos tudo de bomt à pequena Maria e aos seus papás. Vai ficar tudo bem”, escreve a mesma fonte, através das redes sociais.

Continuar a ler

Braga

Pai ferido após ser agredido pelo filho dentro de casa em Braga

Violência doméstica

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A PSP deteve na madrugada de hoje, em Braga, um homem de 46 anos suspeito de violência doméstica sobre o pai, anunciou aquela força.

Em comunicado, a PSP refere que a vítima apresentava “vários ferimentos” e que o suspeito, mesmo na presença dos agentes policiais, continuou a proferir ameaças.

Encontrava-se “bastante exaltado e com uma atitude agressiva”, pelo que foi detido.

Continuar a ler

Braga

Cruz Vermelha de Braga acolhe os 20 sem-abrigo que dormem nas ruas

Estrutura abre, segunda-feira, na escola de Nogueira

em

Foto: Ilustrativa / DR

A Cruz Vermelha de Braga acolhe, a partir de segunda-feira, os 20 sem-abrigo da cidade numa estrutura montada para o efeito no pavilhão desportivo da Escola de Nogueira.

O seu presidente, Armando Osório disse a O MINHO que os cidadãos que ainda dormem nas ruas, serão ali acolhidos, tendo direito a cama e a comida, bem como apoio médico, social e psicológico.

No espaço, cuja montagem teve apoio da Câmara local e da Segurança Social e quem tem capacidade para 30 pessoas, haverá, ainda, locais para higiene pessoal, e uma estrutura de segurança.

A delegação de Braga tem já em funcionamento na mesma freguesia um Centro de Acolhimento Temporário que acolhe os sem-abrigo da urbe, mas que se encontra lotado.

Disponibiliza, ainda, um serviço de refeições que é aberto a todas as pessoas que estejam em situação de carência social.

Armando Osório sublinhou, ainda, que o organismo reforçou os seus serviços de apoio à população mais idosa, nomeadamente através de apoio domiciliário.

Continuar a ler

Populares