Seguir o O MINHO

País

ASAE apreendeu 56 toneladas de bacalhau (com valor de 451 mil euros)

Em Aveiro

em

Foto: ASAE

A Autoridade da Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu mais de 56 toneladas de bacalhau salgado seco, num estabelecimento de transformação de produtos de pesca em Ílhavo, no distrito de Aveiro, informou hoje aquele organismo.

Em comunicado, a ASAE refere que o bacalhau foi apreendido na sequência de uma operação de fiscalização realizada pela Brigada de Indústrias da Unidade Regional do Centro, direcionada a indústrias de transformação de pescado.

“Durante a ação verificou-se que o operador económico teria adquirido tal bacalhau no estado de congelamento, porém, já terá sido entregue para processo de transformação de seca e salga com a data de validade a finalizar e/ou ultrapassada, constituindo desta forma um perigo imediato para a saúde humana”, lê-se na nota.

Em resultado desta ação, foram apreendidos mais de 56.465 quilogramas de bacalhau salgado seco, pronto a ser introduzido no circuito comercial, com um valor total de 451.720 euros, por se considerarem “géneros alimentícios não seguros”.

Foi ainda instaurado um processo de contraordenação por suspeita de género alimentício com falta de requisitos, deficiente implementação de sistema de HACCP (Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos) e falta de análises e comprovativos de cumprimento dos critérios microbiológicos e físico-químicos dos géneros alimentícios.

Quanto ao bacalhau apreendido, a ASAE esclarece que o produto irá ser sujeito a exames laboratoriais, a fim de lhe ser dado o destino final.

Populares