Seguir o O MINHO

Alto Minho

Arcos de Valdevez compra computadores para mais de 200 alunos

Covid-19

em

Foto: CM Arcos de Valdevez / Divulgação

O presidente da Câmara de Arcos de Valdevez transferiu 40 mil euros para o agrupamento escolar comprar computadores e acesso à Internet para garantir ensino à distância aos alunos, garantindo que o montante será reforçado se necessário.

A câmara estabeleceu um protocolo com o agrupamento de escolas e com a associação de pais e transferiu 40 mil euros para a aquisição de computadores e os respetivos acessos à Internet. Caso surjam novas situações de necessidade destes equipamentos estão disponíveis para reforçar esse apoio”, afirmou hoje João Manuel Esteves à agência Lusa.

O autarca social-democrata de Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo, referiu que “numa primeira fase este material será disponibilizado aos mais de 200 alunos referenciados pelo agrupamento de escolas”, mas admitiu que “possam vir a aparecer outros casos”, face “às dificuldades que muitas famílias enfrentam nesta fase de pandemia de covid-19”.

“O material já foi encomendado e alguns equipamentos poderão já estarão nas escolas”, disse.

Segundo João Manuel Esteves, o município está a envolvido em dois projetos, um com um grupo de voluntários e, o outro, com uma empresa têxtil do concelho para comprar máscaras de uso comunitário e distribuí-las pela população.

“Estamos a aguardar pelos preços, mas queremos adquirir mais de 10 mil máscaras. Esperamos antes do final do mês começar a ter algum material”, referiu, adiantando que, até ao momento, o município “já comprou e distribuiu pelas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) cerca de 14.000 máscaras e tem mais cinco mil para distribuir”.

Portugal regista hoje 735 mortos associados à covid-19, mais 21 do que no domingo, e 20.863 infetados (mais 657), indica o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Comparando com os dados de domingo, em que se registavam 714 mortos, hoje constatou-se um aumento percentual de 2,9%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, os dados da DGS revelam que há mais 657 casos do que no domingo, representando uma subida de 3,3%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (424), seguida pelo Centro (164), pela região de Lisboa e Vale Tejo (130), do Algarve (11) e dos Açores (6), adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de domingo.

Populares