Seguir o O MINHO

Região

Abertas as candidaturas para a 5ª edição do Programa de Aceleração da Startup Braga

em

O quinta edição do Programa de Aceleração da Startup Braga abriu suas candidaturas. Agora com um novo formato: 10 ‘bootcamps’ focados nos principais passos e tarefas a resolver pelas equipas que querem transformar as suas tecnologias em produtos com modelos de negócio de ambição internacional. O programa tem início a 30 de janeiro de 2018.

O veículo de investimentos SBS StartupBraga – que tem 1 milhão de euros disponíveis para investir em startups – irá fazer investimentos pre-seed nas melhores startups que cumpram os requisitos, dando uma importante referência de qualidade aos restantes investidores do ecossistema nacional.

“Este programa é um verdadeiro impulsionador de talento e conhecimento, que visa ajudar as startups a testar e afinar o seu modelo de negócio com objetivos muito claros no apoio às vendas e marketing, em particular em mercados internacionais”, disse Carlos Oliveira, presidente da Startup Braga.

Neste sentido, além dos 10 ‘bootcamps’ temáticos liderados por reputados especialistas internacionais, as startups selecionadas para os quatro meses do programa de aceleração terão acesso a uma rede nacional e internacional de parceiros, mentores, investidores, startups e scaleups. As startups selecionadas podem contar com o acesso a um local para trabalhar, tanto em escritório, como em laboratório, para que evoluam no desenvolvimento dos seus produtos e na sua abordagem ao mercado.

Os empreendedores interessados em participar neste programa poderão apresentar a sua candidatura a partir desta sexta-feira e até ao próximo dia 5 de dezembro, data em que encerra o período de inscrições. As candidaturas são feitas online aqui.

Anúncio

Viana do Castelo

Viana quer ser Cidade Europeia do Desporto em 2022

Anúncio foi feito durante a IV Gala do Desporto

em

O Presidente da Câmara de Viana do Castelo anunciou, na sexta-feira, na abertura da IV do Desporto do concelho, que o Município vai avançar, este ano, com a candidatura a Cidade Europeia do Desporto 2022.

“Vamos, este ano, começar a preparar a candidatura. Vai ser muito difícil, mas estou certo que com o vosso apoio vai ser possível”, afirmou José Maria Costa, perante as mais de 600 pessoas que marcaram presença naquela iniciativa.

A IV Gala do Desporto de Viana do Castelo prestou, mais uma vez, homenagem aos atletas que, na época desportiva de 2018/2019, conquistaram 240 títulos nacionais, europeus e mundiais. Foram atribuídos galardões a 144 atletas premiados, que conquistaram um total de 193 títulos nacionais federados.

O evento voltou a contar com a presença do Ministro da Educação, que se congratulou com o anúncio da candidatura da capital do Alto Minho.

“Eu, como Ministro da República, tenho de dizer que lamento não poder anunciar aqui o meu apoio público à candidatura de Viana do Castelo, todos compreenderão a razão. Mas quando ouvi o anúncio da candidatura o meu coração bateu mais rápido. Desejo muito boa sorte a Viana do Castelo”, afirmou Tiago Brandão Rodrigues.

O governante destacou o facto de Viana do Castelo receber, entre 06 e 08 de junho, os Campeonatos Nacionais de Juvenis de desporto escolar, com a participação de mais de dois mil atletas, de dez modalidades.

“Os vianenses que amam Viana são amantes do desporto e podem dar uma cor especial a este concelho para receber jovens de todo o país. É um desafio que faço aos vianenses que tão bem sabem receber para que recebam de forma especial nesse fim-de-semana”, desafiou.

Já o vereador do desporto, Vítor Lemos, afirmou que o concelho tem 4.500 atletas federados, sem contar com os mais de 10 mil atletas não federados. Os atletas distribuem-se por mais de 70 coletividades que promovem regularmente 35 modalidades, sob a orientação de cinco centenas de técnicos e meio milhar de dirigentes e colaboradores. No total, são utilizados pelos atletas do concelho 140 espaços desportivos.

Em 2019, 86 atletas alcançaram 195 títulos de campeões nacionais, 15 atletas foram campeões universitários e nove sagraram-se campeões nacionais de desporto escolar. Na lista, há ainda dois campeões nacionais militares e 12 atletas que conquistaram dez pódios mundiais e europeus. Um júri independente atribuiu novamente oito distinções e o município entregou o Prémio Homenagem e Prémio Especial da Câmara de Viana do Castelo.

Assim, como Atleta do Ano – Masculino foi nomeado Antoine Quintal Launay, que representou em 2019 o Darque Kayak Clube na modalidade canoagem. Atleta internacional, destacou-se por ter garantido o apuramento olímpico no Campeonato do Mundo de Slalom com o 4º lugar da semifinal do Campeonato do Mundo da pista de La Seu d’Urgell. É Campeão Nacional de Slalom K1 Sénior, Campeão Nacional de Slalom C1 Sénior e Campeão Nacional de Slalom K1 Patrulhas Absolutos.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

Como Atleta do Ano – Feminino o júri elegeu Cláudia Ferreira, na modalidade Atletismo – Lançamento do Dardo, a representar o Sporting Clube de Portugal em 2019. A atleta foi Campeã da Europa por Nações da 1.ª Liga e obteve o 1º lugar no ranking nacional de sub 23 e seniores (melhor marca portuguesa de 2019).

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

Como Treinador(a) do Ano, foi eleita Maria Eugénia Queirós, na modalidade Esgrima, a representar a Escola Desportiva de Viana. É treinadora da EDV desde 1994 e foi treinadora da Seleção Nacional de Florete em diversos estágios, taças do mundo, campeonatos do mundo e da Europa, juniores e seniores.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

O Atleta Revelação do Ano – Masculino é Gonçalo Neto, na modalidade Hóquei em Patins, ao serviço da Associação Desportiva de Valongo. Representou a Seleção Nacional de Sub 20, conquistou o 3.º lugar no Campeonato Europeu nas seleções sub 20 em 2018 e foi campeão nacional sub 20.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

A Atleta Revelação do Ano – Feminino é Ester Sotomaior Marques, na modalidade Andebol, pelo ABC/UMinho. Representou a Seleção Nacional de sub 17 e foi campeã nacional da 2.ª divisão sénior feminina.

Como Dirigente do Ano foi eleito João Zamith, do Surf Clube de Viana, nas modalidades surf, bodyboard, longboard, stand up paddle e surf adaptado. É presidente da direção desde 2013, num clube que conta com 632 sócios e 119 atletas federados. Em 2019, foi organizador do 1.º Campeonato Europeu de Surf Adaptado.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

A Equipa do Ano distinguida pelo júri é a equipa sénior masculina da Associação Juventude de Viana, que se classificou no 8.º lugar no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, permitindo a sua qualificação para competir em mais uma edição da Taça WS Europe (competições europeias).

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

Como Associação Desportiva / Clube do Ano foi eleito o Centro de Atletismo de Mazarefes, fundado em 1987, que conta com 77 atletas federados. É a coletividade mais antiga do concelho para prática do atletismo, com atletas a competirem em todos os escalões etários no âmbito distrital, nacional e internacional.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

O Prémio Homenagem atribuído foi entregue a Analídia Torre, na modalidade atletismo. Foi vice-campeã europeia de corta-mato e medalha de ouro por equipas em 2000 em Malmoe (Suécia) pela seleção nacional. Foi atleta internacional por nove vezes, seis das quais em corta-mato, duas em pista e uma em estrada.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

O Prémio Especial atribuído pela Câmara de Viana do Castelo foi entregue a Alberto Pimenta Gonçalves. Natural de Viana do Castelo, conta com 61 anos de vida e mais de quatro décadas a apoiar as associações do concelho. Há cerca de 40 anos foi parar “quase por acidente” à direção do Deucriste Sport Clube, clube onde fez de tudo um pouco, entre secretariado, tesouraria e direção. Há cerca de 24 anos foi convidado para ingressar na Associação Desportiva de Barroselas, assumindo funções no secretariado. É o tesoureiro do clube, mas ao longo de todos estes anos foi motorista, roupeiro, ajudou a pintar os campos, colaborando em todas as tarefas.

Foto: Divulgação / CM Viana do Castelo

A Gala do Desporto de Viana do Castelo é um evento anual organizado pelo município que visa distinguir e premiar as entidades e agentes desportivos que durante a época desportiva mais se notabilizaram pelos resultados alcançados ou pelos serviços prestados nas diversas modalidades desportivas, fruto do prestígio que deram à sociedade e ao desporto.

Continuar a ler

Ave

Dois jovens de 18 anos detidos por tráfico de droga em Famalicão

Um homem e uma mulher

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

A PSP deteve, em Famalicão, um homem e uma mulher, ambos de 18 anos, suspeitos do crime de tráfico de estupefacientes, anunciou hoje aquela força.

Os suspeitos detinham haxixe suficiente para 170 doses, cocaína suficiente para 10 doses, MDMA suficiente para 55 doses e 47,89 gramas de liamba, droga que lhes foi apreendida, e tinham ainda um triturador.

Os detidos vão ser presentes no Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Continuar a ler

Região

Braga aprova alteração do tarifário dos resíduos, oposição queria redução maior

Reunião do executivo

em

Ricardo Rio (em cima) e Rui Morais, presidente da AGERE (em baixo). Foto: Sérgio Freitas / Arquivo

A Câmara de Braga aprovou hoje a alteração do tarifário dos resíduos urbanos, que vai beneficiar mais de 77 mil consumidores, mas a oposição absteve-se, por considerar que se deveria ter ido mais além na redução da fatura.

A alteração contou com os votos favoráveis da maioria PSD/CDS/PPM, tendo o presidente da câmara, Ricardo Rio, sublinhado que esta é já a terceira redução em seis anos, no âmbito de uma filosofia que visa tornar “acessíveis à generalidade” da população os serviços prestados pela empresa municipal Agere.

Em relação à dimensão da redução, Rio disse que é a possível, lembrando que a Agere “está numa fase de grandes investimentos”, como a introdução da nova contentorização, o alaragamento da rede de saneamento e o “grande projeto” da construção da nova estação de tratamento de águas residuais (ETAR).

“Obviamente, temos de nos munir dos recursos financeiros necessários para concretizar cada um desses projetos”, referiu.

O vereador do PS Artur Feio sublinhou que o impacto na fatura “não tem expressão”, já que a redução se cifrará “em um ou dois euros”.

Feio disse que o PS esperava uma redução maior, até pela “falta de investimento” da Agere, empresa municipal responsável pelo serviço, e pelos resultados positivos que a mesma tem apresentado.

“Queremos mais”, referiu, para vincar que a Agere ou deve ser “mais agressiva” nos descontos ou investir mais em termos de serviço.

O vereador da CDU, Carlos Almeida, disse que “havia margem” para uma redução global do tarifário dos serviços prestados pela Agere, que são, além dos resíduos, a água e o saneamento.

Para Carlos Almeida, a Agere deveria promover, ano após ano, a redução do tarifário global, traduzindo no valor da fatura a sua percentagem de lucro que, vincou, subiu em 2019.

“Havia margem para concretização de redução [global]”, defendeu.

A alteração do tarifário dos resíduos entra em vigor já este mês, beneficiando mais de 77 mil consumidores.

A esmagadora maioria dos contemplados (74.900) são os consumidores domésticos, mas a medida abrangerá também consumidores não domésticos com estabelecimentos com áreas até 100 metros quadrados ou superiores a 200 metros quadrados.

Com o novo tarifário, que resulta da alteração dos regulamentos da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), foram eliminados os escalões, passando a haver uma uniformização de faturação de variação unitária indexada ao consumo real de água.

Para os consumidores domésticos, o anterior tarifário comportava apenas uma componente definida por escalão de consumo e diferenciada em função da periodicidade de recolha (diária e não diária).

O tarifário relativo aos consumidores não domésticos envolvia igualmente apenas uma componente de valor fixo, definido em função da periodicidade de recolha e da área do estabelecimento.

De acordo com as novas regras, as tarifas continuarão diferenciadas pela tipologia dos consumidores domésticos e não domésticos.

No entanto, o tarifário incluirá uma componente fixa (tarifa de disponibilidade) e uma componente variável indexada ao consumo de água.

Segundo a Agere, com a aplicação das novas regras as alterações de tarifário implicariam variações que poderiam levar a aumentos superiores a 100%.

Para minimizar este impacto, e para garantir uma “variação reduzida” em relação ao tarifário de 2019, a Agere decidiu aplicar descontos, diferenciados pela tipologia (doméstico, não doméstico e social) e pela localização (zonas urbanas e não urbanas).

Continuar a ler

Populares