Seguir o O MINHO

País

3.º prémio do Euromilhões, de mais de 30 mil euros, saiu em Portugal

Jogos Santa Casa

em

Foto: DR / Arquivo

Um dos terceiros prémios do Euromilhões desta terça-feira saiu em Portugal. O feliz contemplado, assim como outros seis apostadores do estrangeiro, vai arrecadar 32.353,38 euros.


No sorteio desta terça-feira não houve totalistas, engordando o jackpot para 76 milhões de euros, a sortear na próxima terça-feira.

Saíram cinco segundos prémios no valor de 166 mil euros, todos no estrangeiro.

É esta a chave do sorteio do Euromilhões desta sexta-feira, 18 de setembro: 2, 10, 19, 25 e 45 (números) e 1 e 7 (estrelas).

Anúncio

País

Verdes anunciam sentido de voto na terça-feira

Orçamento do Estado para 2021

em

Foto: Twitter / António Costa

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) reúne a sua comissão executiva na segunda-feira para analisar o Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e anuncia o sentido de voto na terça-feira, disse hoje à Lusa fonte partidária.

Na quinta-feira, o PEV apresentou propostas numa reunião com o primeiro-ministro, António Costa, e, na resposta, o Governo manifestou abertura para aceitar algumas delas e é isso que estará em análise pela direção dos Verdes, acrescentou a mesma fonte.

O sentido de voto da bancada dos Verdes, com dois deputados, no OE2021 será anunciado às 10:00 de terça-feira, escassas cinco horas antes de começar o debate, na generalidade, na Assembleia da República, em Lisboa.

A votação na generalidade do Orçamento é na quarta-feira, no parlamento, e, se for aprovado, segue-se um período de especialidade, ao pormenor, antes da votação final global, prevista para 26 de novembro.

O Governo do PS está a negociar com os partidos de esquerda – BE, PCP, PEV e o partido Pessoas-Animais Natureza (PAN), mas não há ainda garantias públicas de que venha a ser aprovado.

O PCP foi o primeiro a anunciar a sua abstenção, na sexta-feira. Hoje seguem-se PAN e BE e os Verdes na terça-feira.

PSD, CDS e Chega e Iniciativa Liberal já anunciaram o seu voto contra.

Continuar a ler

País

Portugal volta a atingir novo máximo de internamentos

Covid-19

em

Foto: DR

Portugal registou hoje um novo recorde de internamentos desde o início da pandemia de covid-19, com 1.574 pessoas hospitalizadas e 230 em unidades de cuidados intensivos, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Nas últimas 24 horas foram internadas 119 pessoas, totalizando 1.574, contabilizados mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus.

No início da pandemia Portugal registou um máximo de internamentos em abril com 1.302 pessoas internadas, valor superado em 22 de outubro, com a existência de 1.365 casos de internamento hospitalar.

Na sexta-feira este valor continuou em crescimento voltando a registar um novo recorde com a informação de que 1.418 pessoas se encontravam internadas nos hospitais devido ao novo coronavirus.

No sábado o boletim epidemiológico revelou que 1.455 pessoas se encontravam internadas, mais 37 em relação ao dia anterior e hoje o valor total de internamentos subiu para 1.574.

Relativamente aos cuidados intensivos o boletim de hoje revela que 230 pessoas estão nestas unidades. O valor máximo de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos foi registado em 07 de abril, dia em que 271 pessoas estavam nestas unidades com covid-19.

O aumento da pressão hospitalar é um dos indicadores que mais preocupa as autoridades.

O agravamento da situação em Portugal levou também o parlamento a aprovar na sexta-feira a obrigatoriedade do uso da máscara em espaços públicos abertos, pelo menos nos próximos três meses.

No país ainda vigora o estado de calamidade, que proíbe reuniões de mais de cinco pessoas em ruas ou restaurantes e restringe o horário de funcionamento.

De acordo com o boletim hoje divulgado, Portugal já contabilizou 118.686 casos confirmados e 2.316 óbitos desde o início da pandemia de covid-19.

As autoridades de saúde têm 58.749 pessoas em vigilância, mais 1.725 do que no sábado.

A DGS revela ainda que estão ativos 47.493 casos, mais 1.523.

Nas últimas 24 horas 1.035 doentes recuperaram, totalizando 68.877 desde o início da pandemia.

Das 19 mortes registadas, 10 ocorreram na região Norte, oito em Lisboa e Vale do Tejo e uma no Alentejo.

A região Norte continua a registar o maior número de novas infeções diárias, mais 1.696 casos hoje, totalizando 50.299, e 1.022 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados 492 novos casos de infeção, contabilizando a região 52.832 casos e 927 mortes.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 42,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Continuar a ler

País

Covid-19: Mais 19 mortos, 2.577 infetados e 1.035 recuperados no país

Covid-19

em

Foto: Facebook / Arquivo

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 19 mortos e 2.577 casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

O país conta agora com 2.316 óbitos e 118.686 casos confirmados desde o início da pandemia.

Em termos de recuperados, 68.877 já foram dados como curados da doença, 1.035 nas últimas 24 horas.

Continuar a ler

Populares