Seguir o O MINHO

Futebol

Famalicão goleado em casa pelo Benfica

I Liga

em

O FC Famalicão perdeu hoje, por 1-5, na receção ao Benfica, em jogo a contar para a primeira jornada da I Liga.


Uma formação ‘encarnada’ completamente transfigurada no ‘onze’ e mentalmente reabilitada, depois da eliminação na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, frente ao PAOK, remeteu o Famalicão ao meio-campo defensivo e chegou-se à frente do marcador com naturalidade.

Waldschmidt, aos 19 e 66 minutos, Everton Cebolinha, aos 21, Grimaldo, de livre direto, aos 42, e Rafa, aos 52, anotaram os cinco golos do vice-campeão nacional, tendo Guga reduzido para a equipa famalicense.

A supremacia benfiquista já se fazia sentir ainda antes do primeiro golo, com várias ameaças à baliza do guardião famalicense. Aos sete minutos, Darwin conseguiu arranjar espaço e, de cabeça, atirou com perigo por cima da baliza. Dois minutos depois, foi a vez de Waldschmidt dar um ar da sua graça, tendo passado do lado esquerdo por todos, entrado na área e rematado à malha lateral.

Aos 19 minutos, Waldschmidt estreou-se no campeonato português com um golo. Na cara de Zlobin, o alemão atirou a bola por cima do russo ex-Benfica e fez o 1-0.

Na resposta, Guga com rapidez surpreendeu tudo e todos e valeu uma palmada de Vlachodimos para negar o golo à formação da casa.

Mas, dois minutos depois do primeiro, o Benfica aumentou a vantagem por intermédio de Cebolinha. Após um passe atrasado de André Almeida, o brasileiro rematou para o segundo dos ‘encarnados’.

Ainda antes do intervalo, a equipa comandada por Jorge Jesus ‘matou’ praticamente a partida, com Grimaldo, de livre direto, a fazer o terceiro golo do encontro, de bonito efeito.

Para o segundo tempo, João Pedro Sousa avançou com uma dupla alteração – fazendo entrar Patrick William e Ibrahim – e, nos primeiros minutos, o Famalicão teve um novo fôlego, mas que rapidamente foi perdido com mais um golo do Benfica (aos 52 minutos, por Rafa).

Mantendo a toada, a meia dezena acabou mesmo por acontecer aos 66 minutos, com Waldschmidt a dar boas indicações a Jorge Jesus e a fazer o segundo da conta pessoal.

Ainda assim, e completamente contra a corrente do jogo, o Famalicão reduziu por intermédio de Guga, depois de uma assistência de Rúben Lameiras (67).

O resultado estava completamente feito e até ao final o Benfica limitou-se a gerir esforços não permitindo com isso à formação da casa crescer no terreno e criar algum tipo de perigo. Muito pelo contrário. As ameaças de golo continuaram a ser muitas, pecando apenas na finalização.

Já em tempo de compensação, o Famalicão esteve perto de fazer o segundo golo, com Lameiras a fazer um forte remate à entrada da área, colocando a bola no ferro, já com Vlachodimos completamente batido.

Ficha de Jogo

Jogo disputado no Estádio Municipal de Famalicão.

Famalicão – Benfica, 1-5.

Ao intervalo: 0-3.

Marcadores:

0-1, Waldschmidt, 19 minutos.

0-2, Cebolinha, 21.

0-3, Grimaldo, 42.

0-4, Rafa, 52.

0-5, Waldschmidt, 66.

1-5, Guga, 67.

Equipas:

– Famalicão: Zlobin, Riccieli, Babic, Verdonk (Ibrahim, 46), Jordão (Matheus, 63), Jorge Pereira (Patrick William, 46), Gustavo Assunção, Guga, Fernando Valenzuela (Walterson, 77), Toni Martínez (Del Campo, 63) e Rúben Lameiras.

(Suplentes: Luiz Júnior, Henrique Trevisan, Walterson, Ofori, Del Campo, Neto, Ibrahim, Matheus e Patrick William).

Treinador: João Pedro Sousa.

– Benfica: Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Vertonghen, Grimaldo (Nuno Tavares, 73), Rafa (Pizzi, 60), Gabriel (Weigl, 76), Taarabt, Everton Cebolinha, Waldschmidt (Diogo Gonçalves, 76) e Darwin (Vinícius, 72).

(Suplentes: Helton Leite, Seferovic, Diogo Gonçalves, Pizzi, Weigl, Pedrinho, Nuno Tavares, Vinícius e Ferro).

Treinador: Jorge Jesus.

Árbitro: Luís Godinho (AF Évora).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Rúben Dias (27), Jorge Pereira (45) e Gabriel (77).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

(notícia atualizada às 21h22)

Anúncio

Futebol

Ex-Vitória Hernâni vai jogar no Al-Wehda, de Ivo Vieira

Mercado de transferências

em

Foto: DR

O extremo português Hernâni vai jogar nos sauditas do Al-Wehda, treinados pelo compatriota Ivo Vieira, até final da temporada, por empréstimo do Levante, anunciou hoje o clube da Liga espanhola de futebol no seu site oficial.

Hernâni, de 29 anos, chegou ao emblema valenciano no ano passado, após quatro épocas e meia de ligação ao FC Porto, que, pelo meio, o cedeu aos gregos do Olympiacos e ao Vitória.

De resto, foi na primeira passagem pelos minhotos, entre 2013 e 2015, que Hernâni despertou a cobiça dos ‘dragões’, já depois de ter representado Cova da Piedade, Atlético e Mirandela.

No Al-Wehda, o extremo luso vai ser orientado por Ivo Vieira, técnico que deixou o Vitória no final da época passada e assumiu o comando do emblema de Meca, que terminou o último campeonato saudita no quarto lugar.

Continuar a ler

Futebol

Treino de Portugal com todos disponíveis e sem Ronaldo

Liga das Nações

em

Foto: Divulgação / FPF

Portugal realizou hoje o último treino antes da receção de quarta-feira à Suécia, em jogo da Liga das Nações de futebol, numa sessão em que o selecionador Fernando Santos contou com todos os convocados, excluindo Cristiano Ronaldo.

Horas antes do apronto, na Cidade do Futebol, em Oeiras, o capitão da seleção nacional acusou positivo à covid-19 e foi imediatamente afastado do estágio, tal como já tinha acontecido com o defesa José Fonte e o guarda-redes Anthony Lopes, e é baixa certa para o encontro com a Suécia.

Com Ronaldo ausente, Fernando Santos contou com 25 jogadores no treino, todos sem limitações, de acordo com as informações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol, naquela que foi a última sessão antes da receção aos suecos, em jogo da quarta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

O caso de Ronaldo levou ao reagendamento do treino (estava inicialmente marcada para as 11:00) e também da conferência de imprensa de antevisão do selecionador Fernando Santos, que será às 19:00 (estava agendada para as 10:15), também na Cidade de Futebol.

Na semana passada, também numa terça-feira, o defesa central José Fonte acusou positivo à covid-19 e foi obrigado a abandonar o estágio de Portugal, acabando Domingos Duarte por ser chamado pelo selecionador nacional, e três dias depois, na sexta-feira, foi a vez do guardião Anthony Lopes ser dado como infetado, com Bruno Varela a render o jogador do Lyon.

O caso positivo de Lopes levou mesmo a seleção nacional a adiar por um dia a viagem até Paris, onde no domingo empatou a zero com a França, também em partida da Liga das Nações.

Portugal e França seguem no topo no Grupo 3, com sete pontos, embora a formação lusa tenha para já vantagem na diferença de golos, enquanto a Croácia é terceira, com três pontos, e a Suécia segue em último, sem nenhum ponto.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19:45 e terá arbitragem do sérvio Srdjan Jovanović.

Continuar a ler

Futebol

Cristiano Ronaldo infetado com covid-19

Capitão da Seleção Nacional em isolamento

em

Foto: DR / Arquivo

Cristiano Ronaldo está infetado com covid-19, confirmou a Federação Portuguesa de Futebol.

O jogador foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para covid-19, pelo que não defrontará a Suécia.

O internacional português está bem, sem sintomas, e em isolamento.

Na sequência do caso positivo os restantes jogadores realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo, e estão à disposição de Fernando Santos para o treino desta tarde, na Cidade do Futebol, adianta a Federação.

O jogo, a contar para a fase de apuramento da Liga das Nações, está agendado para quarta-feira, às 19:45, em Alvalade.

É o terceiro caso de covid-19 na seleção portuguesa, depois de José Fonte e Anthony Lopes também terem testado positivo.

Continuar a ler

Populares