Seguir o O MINHO

Futebol

Vitória SC B cai para último

Derrota na casa do líder

em

Foto: Facebook de FC Paços de Ferreira

O Vitória SC B perdeu hoje na visita ao Paços de Ferreira, por 4-1, líder da II Liga de futebol, na abertura da 24.ª jornada, num jogo em que as bolas paradas foram determinantes. Com este resultado, e após a vitória do SC Braga, os vimarenses caíram para a última posição.

Num jogo em que os extremos quase se tocavam, o líder Paços de Ferreira entrou forte e marcou cedo: Tanque, que já tinha desperdiçado uma boa oportunidade aos quatro minutos, não perdoou aos oito, correspondendo de cabeça a um livre lateral cobrado por Bruno Teles.

Ao Vitória SC B, penúltimo classificado, nem os cinco defesas pareciam ajudar a controlar as investidas dos locais, muito fortes no controlo e na circulação da bola, explorando os corredores e as frequentes subidas dos laterais.

Numa dessas combinações, aos 25 minutos, Bruno Teles combinou com Barnes e, na entrada da área do Vitória, rematou para uma defesa de recurso do estreante Tiago Martins, decisivo a negar o segundo golo.

O Paços estava confortável no jogo e relaxou um pouco à sombra da vantagem, permitindo, depois, que o Vitória, até aí reativo e limitado ao seu meio-campo, começasse a levar a bola até ao ataque e ganhasse algum atrevimento, evidente no remate frontal de Aziz, livre de marcação, na resposta.

O mesmo jogador voltou a mostrar-se aos 30 minutos, num cabeceamento na área pacense, onde, quatro minutos depois, viria a ganhar uma grande penalidade, por pretensa falta de Marco Baixinho, num lance que deixou muitas dúvidas. Na cobrança do penálti, Tapsoba marcou e restabeleceu a igualdade.

Os minhotos resistiram à reação do líder até ao cabeceamento de André Almeida, aos 49 minutos, num arranque de segunda parte demolidor por parte do Paços, que marcou três golos no espaço de seis minutos.

Na sequência de dois pontapés de canto de Pedrinho, à direita, o Paços marcou por Marco Baixinho (aos 52 minutos), e Barnes (54), autor do golo do jogo e que viria a ‘bisar’ logo a seguir (56), a finalizar uma jogada iniciada por Baixinho e continuada por Rafael Barbosa.

Wagner ainda falhou o quinto golo, num final de jogo de gestão por parte dos pacenses, face a um Vitória que procurava controlar os danos.

Braga B ‘oferece’ lanterna vermelha ao Vitória B

Com mais este triunfo, o Paços de Ferreira cimentou o primeiro lugar, agora com 55 pontos, 15 de vantagem e mais um jogo relativamente ao terceiro classificado Estoril Praia, fora da zona de acesso à I Liga, enquanto o Vitória SC B mantém 23 e termina a jornada no último lugar.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira.

Paços de Ferreira-Vitória SC B, 4-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Douglas Tanque, 08 minutos.

1-1, Tapsoba, 34 (grande penalidade).

2-1, Marco Baixinho, 52.

3-1, Barnes, 54.

4-1, Barnes, 56.

Equipas:

– Paços de Ferreira: Carlos Henriques, Nininho, Marco Baixinho, Junior Pius, Bruno Teles, Christian, Luiz Carlos, Pedrinho, Rafael Barbosa (Wagner, 75), Douglas Tanque (Gonçalo Gregório, 75) e Barnes (Uilton, 83).

(Suplentes: Marco Ribeiro, Paulo Henrique, Rui Correia, Wagner, Fatai, Uilton e Gonçalo Gregório).

Treinador: Vítor Oliveira.

– Vitória SC B: Tiago Martins, Maga, Dénis (Gabriel Justino, 58), Phete, Tapsoba, Jorginho, Mimito (Reisinho,78), Al Musrati, Elias, André Almeida e Aziz (Olivares, 88).

(Suplentes: Daniel Figueira, David Sualehe, Romain Correia, João Bruno, Reisinho, Olivares e Gabriel Justino).

Treinador: Alex Costa.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Al Musrati (66).

Assistência: cerca de 2.500 espetadores.

Anúncio

Futebol

FC Porto vence na Luz e impõe primeira derrota ao Benfica

Golos de Zé Luís e Marega

em

Foto: Twitter FC Porto

O FC Porto venceu este sábado o Benfica, por 2-0, e impôs a primeira derrota da época ao campeão nacional, em jogo da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio da Luz, em Lisboa.

Zé Luís, melhor marcador do campeonato, com quatro golos, fez o primeiro, aos 22 minutos, e Marega fixou o resultado, aos 86, confirmando a primeira derrota do treinador Bruno Lage no campeonato, depois de 20 vitórias e um empate desde que assumiu o comando da equipa na 16.ª jornada da época passada.

Os ‘dragões’, que arrancaram o campeonato com uma derrota no terreno do Gil Vicente (2-1) e golearam depois do Vitória de Setúbal (4-0), foram os primeiros a marcar ao Benfica, que goleou o Sporting na Supertaça (5-0) e bateu Paços de Ferreira (5-0) e Belenenses SAD (2-0) na Liga.

Continuar a ler

Futebol

Alex Pinto e Juan Villa regressam aos convocados do Gil Vicente

Jogo com o Braga

em

Foto: Gil Vicente FC

Os regressos do defesa Alex Pinto e do médio Juan Villa constituem as novidades nos convocados do Gil Vicente para a receção ao Sporting Clube (SC) de Braga, no domingo, da terceira jornada da I Liga de futebol.

Alex Pinto, habitual dono da lateral-direita do emblema barcelense, falhou a deslocação ao terreno do Moreirense na última jornada (derrota por 3-0) devido a uma amigdalite, enquanto o centrocampista colombiano ainda procura os primeiros minutos oficiais na temporada.

Os dois futebolistas substituem o defesa Kellyton e o avançado Erick, que não constam do boletim clínico dos minhotos, ao contrário dos médios Bogdan Mladenovic e Claude Gonçalves.

O Gil Vicente, 11.º colocado, com três pontos, recebe o Braga, na nona posição, com o mesmo número de pontos em seis possíveis, no domingo, a partir das 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Lista dos 18 convocados:

– Guarda-redes: Wellington e Denis.

– Defesas: Alex Pinto, Rodrigo, Arthur, Vente, Rúben Fernandes e Nogueira.

– Médios: Soares, João Afonso, Juan Villa, Leonardo, Kraev e Ahmed Isaiah.

– Avançados: Lourency, Naidji, Samuel Lino e Sandro Lima.

Continuar a ler

Futebol

Sá Pinto espera em Barcelos dificuldades semelhantes às do FC Porto

Antevisão

em

Foto: DR / Arquivo

Ricardo Sá Pinto anteviu este sábado que o Sporting Clube (SC) de Braga vai ter em Barcelos dificuldades semelhantes às que o FC Porto sentiu, mas garantiu uma equipa para vencer, domingo, na terceira jornada da I Liga de futebol.

O Gil Vicente derrotou os ‘dragões’, em casa, na primeira jornada (2-1) e, também por isso, o treinador dos bracarenses está avisado.

“Prevejo um jogo difícil ao nível do que o FC Porto teve e que eles ganharam com muita alma e ambição”, afirmou.

Depois desse triunfo caseiro, o Gil Vicente perdeu com o Moreirense por 3-0, na ronda seguinte, mas Sá Pinto diz esperar um adversário com a postura do primeiro jogo.

“Vai ser difícil ganhar, mas esse é o nosso objetivo, espero que não haja casos. A nossa ambição é igual à dos nossos adeptos que, segundo sei esgotaram os bilhetes que lhes estavam reservados”, disse.

O treinador elogiou o Gil Vicente, “uma equipa histórica, que voltou à I Liga depois de muita luta e que faz dos seus jogos em casa a sua força porque galvaniza-se e é muito apoiada pelos seus adeptos”.

Os bracarenses jogaram quinta-feira com o Spartak de Moscovo, na primeira mão do ‘play-off’ de acesso à Liga Europa (vitória por 1-0) e vão fazer no domingo, diante do Gil Vicente, o sexto jogo em 17 dias.

“Sem dúvida que a sobrecarga de jogos não permite estar ao nível que queríamos, mas temos um plantel vasto e tenho várias opções para cada lugar. Dentro das características do jogo e da nossa equipa, vamos escolher uma equipa que achamos que está preparada”, disse o técnico.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, fez questão de incluir, no sábado, o Braga no lote de candidatos ao título, mas Sá Pinto rejeitou essa ideia.

“Agradeço ao Sérgio os elogios que fez à nossa equipa, fico muito honrado, mas quem estabelece os objetivos neste clube é o presidente e o treinador e eles já foram ditos várias vezes e não foram alterados. Enquanto eu cá estiver, serão sempre os mesmos até ao final”, afirmou.

O avançado Rui Fonte é o mais recente reforço dos bracarenses, naquele que é um regresso ao clube.

“É um jogador que conhece a nossa Liga e o nosso clube, já cá ganhou uma Taça de Portugal, tem experiência e mentalidade guerreira, pelo que tem todas as características e perfil para fazer parte deste clube”, avaliou.

A disponibilidade de Pablo, que saiu com queixas no jogo de quinta-feira, ainda é dúvida para tirar no treino que se seguiu à conferência de imprensa de antevisão.

SC Braga, nono classificado, com três pontos, e Gil Vicente, 11.º, também com três, defrontam-se no domingo, às 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares