Seguir o O MINHO

Braga

Vila Verde honrou Senhora do Alívio

Religião

em

Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Com máscara obrigatória e o devido distanciamento, as festas em honra da Senhora do Alívio, em Soutelo, Vila Verde, culminaram hoje com a eucaristia matinal, celebrada pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga.


Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Celebrações em honra da Senhora do Alívio (2020). Foto: Luís Ribeiro / O MINHO

Em tempos de pandemia, a população acatou as regras da DGS e utilizou máscara, mesmo tratando-se de uma missa campal, celebrada nos jardins do santuário do Alívio.

Anúncio

Braga

Detido por recusar duas vezes teste ao álcool após acidente em Braga

Crime

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

Um homem, de 42 anos, foi detido nesta madrugada de quarta-feira, em Braga, depois de recusar, por duas vezes, submeter-se ao teste de álcool no sangue, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o comando distrital da PSP indica que o detido foi interveniente num acidente de viação, cerca das 03:30, na Rua Nascente da cidade, recusando-se a efetuar teste de álcool no sangue através de ar expirado.

“Pelo exposto, foi conduzido ao hospital para se proceder à recolha de sangue, tendo o mesmo recusado a respetiva recolha de sangue”, informa a PSP.

Face a esta atitude, foi o mesmo detido pelo crime de desobediência e notificado para comparecer no Tribunal Judicial da Comarca de Braga.

Continuar a ler

Braga

Câmara de Braga empresta sala ao Tribunal de Menores devido à falta de espaço

Pandemia tornou espaço ainda mais exíguo

em

Foto: Jornal "Correio do Minho"/correidominho.pt

A Câmara de Braga ‘emprestou’ gratuitamente ao Tribunal de Família e de Menores uma sala no edifício da Rua do Farto, onde está sedeada a Polícia Municipal, para que ali se realizem julgamentos e outras audiências judiciais.

A vereadora Olga Costa adiantou a O MINHO que a cedência da sala – que é usada, normalmente, pelas comissões específicas da Assembleia Municipal – é pelo período de seis meses. “Cedemos o espaço até às 18:30, a hora a que as comissões se reúnem. Mas, se algum dia dela precisarmos, o Tribunal abdica nesse dia”, salientou.

Conforme O MINHO noticiou, a pandemia tornou ínfimo o espaço, já de si exíguo, do Tribunal de Família e Menores de Braga. As regras das autoridades sanitárias obrigaram à criação de uma sala de isolamento, que substituiu a dos advogados. Estes têm agora de vir para a rua ou para o café, para tentarem chegar a acordo em processos que envolvem a tutela de menores. “O Ministério da Justiça devia ter vergonha e arranjar, de imediato, um novo espaço. Isto não tem condições nenhumas”, disse, há dias, a O MINHO, o advogado João Magalhães.

Tribunal de Família de Braga sem espaço leva advogados a fazerem acordos na rua

O jurista diz que para tentar um acordo sobre a tutela de um menor já teve de vir para a rua conferenciar com o colega da outra parte. “Não sou só eu. Também um outro advogado teve de ir para fora do edifício, à chuva, discutir uma outra querela”, lamentou, frisando que os processos que envolvem menores são de “grande delicadeza e impacto social”.

A pequenez do Tribunal, que ocupa dois andares de um prédio estreito no Campo da Vinha, obriga – acrescenta – a que apenas possam entrar seis pessoas, com filas de espera e perdas de tempo. “Ir ao Tribunal de Menores é uma tarefa difícil”, sublinha.

Continuar a ler

Braga

Dois detidos com mais de 50 doses de cocaína e heroína em Braga

Tráfico de droga

em

Foto: GNR

Dois homens, de 28 e 46 anos, foram detidos por tráfico de droga, esta terça-feira, em Palmeira, Braga, anunciou hoje a GNR. Tinham em sua posse dezenas de doses de cocaína e heroína.

Em comunicado, a GNR refere que, no decorrer de uma ação de policiamento, os militares abordaram um veículo com dois ocupantes que demonstraram nervosismo perante a situação”.

Consequentemente, foi realizada uma busca à viatura que resultou na apreensão de 50 doses de cocaína, cinco doses de heroína, duas navalhas utilizadas para o corte do produto, um estojo com oito lâminas, dois moinhos raladores, quatro cachimbos, 200 euros em dinheiro e do veículo.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Famalicão.

Continuar a ler

Populares