Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Viana valoriza 22 órgãos de tubos com festival em várias igrejas do concelho

Cultura

em

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Viana do Castelo acolhe, entre os dias 10 e 18 deste mês, a primeira edição do “Ciclo de Órgão” desta cidade, uma iniciativa do Secretariado de Liturgia da diocese local para valorizar os 22 órgãos de tubos existentes no concelho.

Em comunicado de imprensa, a Câmara Municipal de Viana do Castelo afirma que o objetivo do evento cultural é “valorizar” o órgão de tubos, bem como o “património construído”.

O “Ciclo de Órgão de Viana do Castelo” arranca dia 10 de julho, às 21:30, na Igreja da Misericórdia com a organista Marisol Mendive e com o concerto “Afetos e sentimentos num órgão barroco”.

A 11 de julho, às 16:00, a Sé Catedral recebe Rui Soares, no órgão, e MVSICA ANTIQVA PORTO, num concerto de homenagem a D. Anacleto Oliveira, antigo bispo de Viana do Castelo falecido em 2020, com o espetáculo “Soli Deo Gloria: a luz do barroco italiano e inglês”.

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

No dia 16 de julho, às 21:30, a Igreja Paroquial da Areosa acolhe “o Cuco e o Rouxinol entre diálogos barrocos”, pelo organista Filipe Veríssimo e ALTO MINHO ENSEMBLE.

O evento continua dia 17 de julho, com a Igreja de São Domingos a ser palco, a partir das 21:30, de “Motetes e invenções, do renascimento ao romântico”, concerto evocativo de S. Bartolomeu dos Mártires, por Jonathan Ayerst e CAPELLA DURIENSIS.

A 18 de julho, às 21:30, a Igreja Paroquial de Serreleis recebe o organista Tiago Ferreira e VIANNA BRASS QUINTET para o concerto “Per Sonare: música para órgão e quinteto de metais”.

O “Ciclo de Órgão” conta ainda com ‘masterclasses’ a 12 e 15 de julho, entre as 16:30 e as 19:30, na Academia de Música de Viana do Castelo e Igreja da Misericórdia, com formação por Paulo Alvim para “Introdução ao órgão de tubos”.

Nesta primeira edição do “Ciclo de Órgão”, o conjunto de concertos, ‘workshops’ e uma conferência são de entrada livre, mas e “lotação sujeita às normas da Direção-Geral da Saúde”, lê-se no comunicado de imprensa.

Segundo o diretor artístico do “Ciclo de Órgão”, Diogo Zão, o concelho de Viana do Castelo possui “22 órgãos de tubos”, estando 21 localizados em igrejas e um na Academia de Música.

O pároco Tiago Rodrigues, da organização do “Ciclo do Órgão de Viana do Castelo”, referiu que Viana do Castelo conta com seis órgãos de tubos a funcionar e que vão ser utilizados para os concertos e formações.

Neste evento vão poder ser escutados seis órgãos espalhados pela Igreja da Misericórdia, datado de 1721, Sé Catedral, de 1790, Igreja Paroquial da Areosa de 1806, Igreja de São Domingos do início do século XIX, Igreja Paroquial de Serreleis de 1793, e da Academia de Música de Viana do Castelo de 1999.

Populares