Connect with us

Viana: Antigo posto da turismo Porto e Norte vira sede da Aenotur

Alto Minho

Viana: Antigo posto da turismo Porto e Norte vira sede da Aenotur

O antigo posto da Turismo do Porto e Norte de Portugal em Viana do Castelo transformou-se na sede da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), para “dinamizar o setor e para gerar riqueza no território”.

“É o reconhecimento de um trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos, desde que Viana do Castelo foi Cidade do Vinho. (…) Foi a partir daí que os produtores a tomarem consciência da importância da sua produção”, afirmou a vereadora da Cultura da Câmara da capital do Alto Minho, Maria José Guerreiro.

A responsável, que falava em conferência de imprensa para apresentação do Congresso Internacional de Enoturismo que a Aenotur vai promover entre 02 e 04 deste mês, adiantou que instalação da associação naquele espaço é também o “reconhecimento da importância da Região dos Vinhos Verdes”.

“Temos três castas autóctones, o alvarinho, o vinhão e o loureiro que é preciso defender”, sustentou.

O edifício do antigo hospital velho, situado na Praça da Erva, em pleno centro histórico de Viana do Castelo, onde até final de 2014 funcionou um posto de turismo da Turismo do Porto e Norte de Portugal, reúne condições, segundo Maria José Guerreiro, para se transformar “numa sede icónica”.

“É um espaço lindíssimo, antigo, uma referência arqueológica, histórica e cultural da cidade. Para além de sede da Aenotur tem vocação para se tornar num espaço de mostra degustação de produtos endógenos e um também espaço de encontro para os caminheiros que vão para Santiago de Compostela”, explicou.

O presidente da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), José Arruda, sublinhou que aquela sede vai também incluir uma enoteca, “com vinhos de países associados da Aenotur, onde as pessoas possam provar vinhos das várias regiões do mundo”.

A Aenotur foi fundada em maio de 2014, em Cambados (Espanha), contando com promotores na Europa, e na América Latina. É constituída por municípios e entidades gestoras de turismo vinculadas à cultura do vinho e promotoras de rotas dos vinhos.

O Congresso Internacional de Enoturismo, entre 02 a 04 deste mês, vai decorrer em cinco municípios do Alto Minho (Viana do Castelo, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Melgaço, Monção), e na vila de Cambados, na Galiza, terminando em outubro no Uruguai.

A procura de enoturismo na Europa, em mercados emergentes e na Internet, com destaque para o Reino Unido, França, Alemanha, Brasil, China, Japão e Rússia, serão temas em análise no encontro.

Mais em Alto Minho

Bitnami