Seguir o O MINHO

Região

Tribunal inicia em março julgamento de gangue que assaltou banco em Braga e vivendas no Minho

Santander pagou 26 dos lesados de assalto a cofres

em

Foto: DR / Arquivo

O Tribunal de Braga agendou para dia 02 de março o começo do julgamento que envolve um gangue de Braga suspeito de ter assaltado o banco Santander, em Braga, e várias vivendas na região do Minho.

O advogado João Ferreira Araújo, de Braga, que defende um dos arguidos, disse a O MINHO que o coletivo de juízes da Vara Mista, marcou já 23 audiências, até maio, mês em que se prevê que possa estar concluído.

As primeiras três sessões destinam-se a ouvir os arguidos, se estes quiserem falar.

Na reunião de hoje com os advogados, de defesa e de acusação, ficou a saber-se que o banco Santander pagou já a 26 lesados do assalto, em junho de 2018, à dependência da Avenida Central em Braga Santander – que ficaram sem o conteúdo dos cofres que haviam alugado – pagando, até 100 mil euros a cada um deles. Ou seja, cerca de dois milhões de euros.

O banco fica assim com a subrogação dos créditos, ou seja, vai exigir em julgamento o montante que os clientes diziam que lhes fora furtado por três dos membros do suposto gangue.

Por exclusão de partes, ficou a saber-se que há 17 clientes que continuam no processo, por não terem aceite que o banco apenas lhes pagasse 100 mil euros, quantia inferior à que tinham no cofre.

Os clientes tinham bens, dinheiro, jóias, ou relógios valiosos, em cofres na dependência da Avenida Central.

Dez arguidos

No fim de junho de 2019, o Ministério Público de Guimarães acusou dez arguidos, um deles agente da PSP de Ponte de Lima, membros de um gangue que fez uma dezena de assaltos a residências em Braga e no Minho e ao banco Santander. Furtando dinheiro e bens que o Ministério Público avalia em 4,7 milhões de euros. Entre os lesados estão, também, o empresário Domingos Névoa, o cantor limiano Delfim Júnior, e o médico e antigo atleta do SC Braga, Romeu Maia.

Anúncio

Braga

Dois feridos após despiste em viaduto em Braga

EN 14

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Um acidente rodoviário na Estrada Nacional (EN) 14, sentido Braga-Famalicão, à entrada de Priscos, provocou dois feridos, apurou O MINHO junto de fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado cerca das 23:20, mobilizando duas viaturas de desencarceramento e três ambulâncias de Bombeiros Sapadores e Bombeiros Voluntários de Braga e duas VMER (Famalicão e Guimarães).

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Ao que apurámos, existem dois feridos: uma mulher, com ferimentos considerados ligeiros, e um homem, o condutor, que “requer alguns cuidados”. Ambos serão jovens.

A vítima do sexo feminino foi alvo de desencarceramento manual, já o condutor conseguiu sair da viatura pelos próprios meios.

O carro terá entrado em despiste na EN 14, entre Vimieiro e Priscos, embatendo na proteção lateral do tabuleiro do viaduto da A3.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

As circunstâncias em que o despiste ocorreu estão ainda por apurar.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Braga.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A GNR de Braga registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 01h12)

Continuar a ler

Braga

Braga vota novo regulamento para venda da Confiança

Na próxima segunda-feira

em

Foto: Sérgio Freitas / CM Braga

A reunião pública do Executivo Municipal que terá lugar na segunda-feira, dia 24 de Fevereiro, pelas 09:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho vai debater, entre outros assuntos, um novo regulamento para a hasta pública de venda por 3,65 milhões de euros, do prédio da antiga fábrica Confiança.

O novo regulamento prevê que as propostas sejam entregues em carta fechada, para serem, depois, abertas, em sessão a realizar a 11 de março. A hasta pública realizada há dias ficou vazia, por falta de licitadores.

Na reunião de vereadores estarão, ainda, em análise, entre outros assuntos, a aquisição de serviço para a implementação do projecto “Pisa para as Escolas”, contratos interadministrativos de delegação de competências para diversas freguesias e a retificação do protocolo celebrado entre o Município e o Clube de Caçadores de Braga.

Continuar a ler

Barcelos

Jovem detido com 47 gramas de canábis em Barcelos

Areias de Vilar

em

Foto: GNR / Divulgação

Um jovem de 21 anos foi detido pela GNR, esta quinta-feira, na posse de estupefacientes, em Barcelos, adiantou esta polícia.

Os militares do Posto Territorial de Barcelos fizeram a detenção no âmbito de uma fiscalização a estabelecimento de restauração e bebidas em Areias de Vilar.

O homem, que já tinha sido referenciado pelo consumo de estupefacientes tinha na sua posse 47,9 gramas de canábis, distribuídas por vários sacos individuais, um moinho e 20 euros em numerário.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal de Vila Nova de Famalicão.

Continuar a ler

Populares