Seguir o O MINHO

Futebol

Treinador do Benfica diz que Moreirense está “moralizado por uma vitória fora”

I Liga

em

Foto: DR

O treinador do Benfica afirma que o Moreirense é “uma equipa que mudou recentemente de treinador” e que chega à Luz “moralizada por uma vitória fora”, na vista ao Vizela. Nelson Veríssimo espera que a equipa minhota apareça “num bloco mais fechado, médio-baixo, com algumas saídas em transição” e “a jogar em alguns momentos no erro” do seu conjunto.

Na conferência de imprensa, o técnico disse que o Benfica acredita “piamente” que é possível conquistar do título de campeão, apesar dos sete pontos de atraso para o FC Porto e três para o Sporting na I Liga de futebol.

Questionado em conferência de imprensa, no Seixal, sobre as palavras do presidente do clube, que afirmou esta semana que o Benfica ainda acredita no título, o técnico alinhou no mesmo discurso de Rui Costa e lembrou que o objetivo “é difícil, mas não impossível”.

“Noutros anos estivemos em circunstâncias idênticas, à frente, e outras vezes atrás. Sabemos que é difícil, mas não impossível. O plantel, juntamente comigo e com o presidente, estamos alinhados nesse objetivo que é lutar pelo título nacional. Estamos dentro dessa luta e acreditamos piamente que é possível”, atirou Nelson Veríssimo.

O técnico reforçou a ideia de “pensar no jogo a jogo, sempre com o objetivo de conquistar os três pontos” – como no embate da 18.ª ronda, no sábado, com o Moreirense – e, a partir desse momento, “encurtar distância” para os rivais que seguem à frente do Benfica, algo que “já foi conseguido na última jornada”.

“Vai começar agora a segunda volta da Liga e cada jogo vai ser uma final para nós. E nós temos de abordar esse jogo como se fosse o último, com a entrega, o empenho e a determinação que temos tido nos treinos e, agora, no último jogo, que é o que queremos para a segunda volta”, apontou.

Antes, o técnico já tinha garantido que todos os elementos da sua equipa técnica estão “completamente alinhados naquilo que são os objetivos para esta época”, ao agradecer a “confiança” depositada pela direção do clube, mas rejeitou abordar a sua eventual continuidade ao ‘leme’ do Benfica após o final da presente temporada.

“Até lá, muita água vai correr por baixo da ponte, muitos jogos vamos ter de fazer. Não quero fugir ao que tenho dito, que o nosso foco tem de ser no jogo a jogo. Depois, no final, logo se vê essa questão. Mais importante do que isso é a confiança que o presidente depositou em mim e agora temos de trabalhar diariamente para conquistar os objetivos que ainda temos para esta época, que ainda são muitos”, realçou.

O Benfica, terceiro classificado, recebe o Moreirense, 15.º, no sábado, às 18:00, em encontro da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, com arbitragem de Rui Costa (AF Porto).

A equipa orientada por Nelson Veríssimo, que soma 40 pontos, procura aproximar-se do FC Porto (47) e do Sporting (44), rivais que só entram em campo no domingo, para enfrentar Belenenses SAD e Vizela, respetivamente.

Populares