Seguir o O MINHO

Famalicão

Têxteis técnicos de Famalicão já valem 124 milhões de exportações

26% das vendas internacionais

em

Foto: CM Famalicão

Os têxteis de aplicação técnica “representam já” 26% do total de exportações do setor em Vila Nova de Famalicão, tendo atingido os 124 milhões de euros, segundo o último Anuário Estatístico, destacou hoje a câmara.


Segundo refere, em comunicado, a Câmara de Famalicão, o último anuário do Instituto Nacional de Estatística refere que o concelho “assume 9,1% das exportações da indústria têxtil e vestuário em Portugal, com 474 milhões de euros de vendas para o exterior em 2017, o que corresponde a 23,7% do total das exportações do concelho (cerca de dois mil milhões de euros).

Os principais mercados de exportação dos têxteis famalicenses são Espanha (21%), Alemanha (16,5%) e França (12%).

A autarquia salienta que “a performance exportadora dos têxteis técnicos e, ou, funcionais está em crescendo: de 111 milhões em 2016 para 124 milhões de euros em 2017”.

Entre 2013 e 2017, lê-se, “as exportações de materiais ou produtos têxteis que se distinguem pela sua elevada tecnicidade e diferenciação cresceram 24,1% no concelho”.

A autodenominada “Cidade Têxtil de Portugal” em 2018 aumentou o volume de negócios no setor têxtil em 5,3%, atingindo os 812 milhões de euros, e o valor acrescentado bruto subiu 7,6% para os 254 milhões de euros.

A indústria têxtil e do vestuário conta, em Vila Nova de Famalicão, com 827 empresas e regista um total de 11.245 pessoas ao serviço.

“Os dados do INE confirmam assim a importância das empresas têxteis famalicenses para a robustez desta atividade económica em Portugal”, concluí a autarquia.

Notícia atualizada às 18h22.

Anúncio

Ave

Utente de lar em Famalicão testa positivo à covid-19

Residência Pratinha

em

Foto: DR

Um utente de 82 anos da Residência Pratinha, em Cavalões, Famalicão, testou positivo à covid-19, adianta a rádio Cidade Hoje. Oito funcionárias que tiveram contacto direto com o idoso estão em quarentena.

O utente foi levado para o IPO do Porto, na passada quinta-feira, devido a complicações de saúde relacionadas com doença oncológica e foi submetido a teste que, no dia a seguinte, revelou-se positivo, conta a Cidade Hoje.

Logo na tarde de ontem, todos os funcionários daquela instituição foram testados e não se registaram casos positivos, contudo, oito das funcionárias que tiveram contacto direto com o utente infetado ficaram em quarentena e a aguardar novas orientações.

Em declarações à Cidade Hoje, a proprietária do lar, Teresa Pedrosa, garantiu que a instituição continua a funcionar normalmente, tendo entrado ao serviço a equipa de reserva criada para responder a situações deste tipo.

Os 29 utentes não têm sintomas e ainda não foram testados, o que deverá acontecer em breve, assegura a responsável àquela rádio.

O idoso infetado continua internado no IPO do Porto.

As visitas estão suspensas até pelo menos ao dia 21 deste mês.

A origem da infeção ainda não foi determinada.

Continuar a ler

Ave

Famalicão homenageia hoje emigrantes

A Câmara de Famalicão assinala este sábado o Dia do Emigrante, com uma cerimónia simbólica dedicada aos “Famalicenses no Mundo”.
A sessão realiza-se, no auditório da Casa de Camilo – Centro de Estudos, em S. Miguel de Seide, com entrega, por parte do presidente da Câmara, Paulo Cunha, dos primeiros ‘ID Cards’ aos emigrantes famalicenses presentes na iniciativa.
Trata-se de um cartão de identificação que formaliza a pertença à rede “Famalicenses no Mundo”, que visa ser um importante instrumento de dinamização da rede e fomentar um sentimento de partilha e pertença entre todos os membros que a integram.

em

A Câmara de Famalicão assinala este sábado o Dia do Emigrante, com uma cerimónia simbólica dedicada aos “Famalicenses no Mundo”.

A sessão realiza-se, no auditório da Casa de Camilo – Centro de Estudos, em S. Miguel de Seide, com entrega, por parte do presidente da Câmara, Paulo Cunha, dos primeiros ‘ID Cards’ aos emigrantes famalicenses presentes na iniciativa.

Trata-se de um cartão de identificação que formaliza a pertença à rede “Famalicenses no Mundo”, que visa ser um importante instrumento de dinamização da rede e fomentar um sentimento de partilha e pertença entre todos os membros que a integram.

Continuar a ler

Ave

Padre em Famalicão infetado com covid-19

Ribeirão

em

Foto: Famalicão Canal

O pároco de Ribeirão, no concelho de Famalicão, está infetado com covid-19.

A Direção do Centro Social Paroquial de Ribeirão refere que o monsenhor Manuel Joaquim Fernandes, “nas duas últimas semanas, participou numa ação de formação, tendo sido contagiado com a doença covid-19”.

O Centro Paroquial garante que, “durante este período e até ao momento, não existiu contato com os utentes e com os colaboradores das respostas sociais”.

“Mais se informa que já foram efetuadas as diligências adequadas e tomadas as medidas necessárias, estando a situação a ser acompanhada pela entidade competente”, conclui a direção do Centro Paroquial.

Continuar a ler

Populares