Seguir o O MINHO

Desporto

Teresa Portela termina entre as cinco melhores do mundo em K1 200

Melhor resultado individual na carreira da canoísta de Esposende

em

A canoísta Teresa Portela, de Esposende, foi hoje quinta classificada na prova de K1 200 metros dos campeonatos do Mundo.

O melhor resultado da carreira de Portela em mundiais no K1 200 foi conseguido em 41,02 segundos, a 1,04 segundos do ouro da dinamarquesa Emma Jorgensen, que bateu a húngara Anna Lucz e a russa Natalia Podolskaya.

Em Mundiais, Teresa Portela tem um pódio, mas em K4 200 metros, em 2009 no Canadá. A consistência da experiente atleta de Esposende revela-se nas 20 finais entre Jogos Olímpicos e Mundiais, 15 das quais em K1.

Francisca Laia e Maria Rei, que esteve recentemente nos Mundiais sub-23, trabalham juntas há somente duas semanas, mas, ainda assim, as pupilas de Leonel Correia surpreenderam ao entrar na final de K2 200, na qual terminaram em nono.

Cinquenta minutos depois de terem disputado a final B, com a sexta posição a equivaler ao 15.º lugar mundial, a dupla concluiu o desafio em 29,26 segundos, a 1,85 segundos do ouro das russas Kristina Kovnir e Anastasiia Dolgova.

O renovado K4 500 metros de João Ribeiro, Messias Batista e dos ‘reforços’ Kevin Santos e Ruben Boas foi segundo na final B (11.º), em 1.23,16 minutos, só perdendo para a Polónia, por 22 centésimos.

O quarteto, que se revelou em muito bom nível na estreia mundial de dois dos seus elementos, tinha falhado a regata das medalhas por somente 21 centésimos.

Na paracanoagem, Alex Santos foi sexto em KL1 200 metros, um dia depois de Norberto Mourão ter sido medalha de bronze em VL2 200, metal que já tinha conquistado nos Jogos Paralímpicos.

Hoje, Fernando Pimenta foi campeão do mundo em K1 1.000 metros.

Populares