Seguir o O MINHO

Região

Tempo quente e seco regressa esta semana com máximas acima dos 30 graus

em

Esposende. Foto: DR/Arquivo

O tempo quente vai regressar ao continente, prevendo-se a partir de terça-feira uma subida gradual dos valores da temperatura, sendo que a máxima no sábado pode chegar aos 34 graus em Braga, segundo o IPMA.

A meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Ângela Lourenço, explicou à Lusa que a temperatura desce hoje ligeiramente em comparação com domingo, mas a tendência a partir de terça-feira é para uma subida gradual das temperaturas.

“Vamos continuar com céu em geral pouco nublado, vento a soprar do quadrante norte, mais intenso no litoral e nas terras altas, e temperaturas acima do normal para a época. (…) Todos os dias as temperaturas vão subir um bocadinho. Espera-se que no final da semana as máximas sejam superiores a 30 graus e acima dos 35 em alguns locais do interior sul e centro”, indicou.

A especialista do IPMA adiantou que, de acordo com as informações disponíveis hoje, o dia mais quente será sábado.

Entre esta segunda-feira e domingo, as mínimas em Braga serão de 9 graus na quarta-feira, e as máximas de 34 graus na sexta-feira e no sábado.

Em Viana do Castelo, as mínimas apontam para 11 graus na quarta-feira e máximas de 31 graus na sexta-feira e no sábado.

O tempo quente e seco esperado para os próximos dias vai trazer um elevado risco de incêndio, segundo Ângela Lourenço.

“Estas condições meteorológicas são típicas de verão e não são favoráveis à prevenção e ao combate aos incêndios. Vamos ter tempo quente e seco e humidade muito baixa. A tendência é para os valores de humidade baixarem mesmo durante o período noturno e haverá vento com alguma intensidade”, frisou.

De acordo com Ângela Lourenço, o vento vai continuar a soprar do quadrante norte e a meio da semana há uma rotação para o quadrante leste, esperando-se agitação marítima um pouco mais elevada na costa sul do Algarve.

Anúncio

Famalicão

Mulher de Famalicão manda bebé para os cuidados intensivos e volta a agredi-lo

Violência doméstica

em

Foto: DR/Arquivo

Uma mulher, residente em Famalicão, foi detida após ser acusada de agredir o filho com apenas um mês de vida.

A costureira, de 29 anos, terá abanado violentamente o filho para que este parasse de chorar. O bebé foi diagnosticado com uma gastroenterite e chorava de forma compulsiva por causa das dores. A criaça teve de ser internada nos cuidados intensivos do Hospital de S. João, no Porto, onde a mulher voltou a maltratá-lo.

Segundo a acusação do Ministério Público, o bebé nasceu em setembro do ano passado e não sofria de qualquer malformação ou doença. Segundo avança o Jornal de Notícias, a criança foi entregue a uma família de acolhimento, mas ficou com várias mazelas.

A agressora está a aguardar julgamento em prisão preventiva, acusada de dois crimes de violência doméstica agravada.

Continuar a ler

Guimarães

Bombeiros resgataram passageiros do Teleférico de Guimarães

Por causa do mau tempo

em

Foto: DR / Arquivo

Quatro pessoas foram resgatadas do teleférico de Guimarães este domingo pelos bombeiros. Os dois adultos e as duas crianças ficaram no local por cerca de duas horas e meia.

O alerta foi dado cerca sas 20:30, e os Bombeiros de Guimarães conseguiram resgatar as quatro pessoas cerca sas 23:00.

Por causa do mau tempo que se registou ao final da tarde e início da noite de domingo, com muita chuva e trovoada, o teleférico parou. Nenhum dos passageiros precisou de assistência hospitalar.

Continuar a ler

Região

Aviso amarelo devido à chuva, trovoada e granizo

Previsão do tempo

em

Ponte de Lima. Foto: Facebook de Rafael Ferreira

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Coimbra, Portalegre, Évora e Beja vão estar entre as 13:00 e as 21:00 de hoje sob aviso amarelo.

De acordo com o IPMA, o aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, é emitido sempre que há uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoada até ao fim da tarde, em especial nas regiões do interior, podendo ser pontualmente fortes e de granizo.

A previsão aponta também para vento fraco, sendo moderado de noroeste no litoral oeste a sul do Cabo Carvoeiro, e soprando moderado do quadrante leste nas terras altas até meio da manhã.

Está também prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral, pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior e uma pequena subida nas regiões do litoral Norte e Centro.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 16 graus Celsius (Braga e Viana) e as máximas entre os 26 graus (na Braga) e os 27 (em Viana).

Continuar a ler

Populares