Seguir o O MINHO

Futebol

Ricardo Horta futebolista do ano do SC Braga

Gala Legião de Ouro

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O internacional português Ricardo Horta venceu hoje o prémio de futebolista do ano do SC Braga, na Gala Legião Ouro, que decorre no Theatro Circo (e que está a ser transmitida, em direto, na SportTV1 e no Facebook).

O jogador agradeceu aos colegas de equipa “porque o futebol é um desporto coletivo e nada se ganha sozinho” e admitiu “acalentar o sonho” de voltar a ser chamado à seleção nacional

Já a pensar no próximo jogo, Ricardo Horta garantiu uma equipa para tentar ganhar no Estádio da Luz, sábado, na 21.ª jornada da I Liga.

“Chegamos bem a esse jogo, este empate com o Gil Vicente (2-2) foi apenas um deslize. Tínhamos o jogo controlado na primeira parte, mas depois tivemos a expulsão do Bruno [Viana] que complicou um bocado, mas a equipa vai limpar este jogo e vamos chegar à Luz com uma boa motivação”, afirmou à entrada para a cerimónia.

Ricardo Horta, de 25 anos, disse que esse jogo “é importante como todos os que vêm aí”.

“Entrámos em todos os jogos para ganhar e o jogo na Luz é mais um para ganhar. O histórico desfavorável? Acho que não tem influência, acho que vai ser um bom jogo entre duas grandes equipas. A derrota do Benfica no Dragão pode reacender o campeonato e certamente vai ser um jogo difícil para nós, mas também para eles”, afirmou.

Já António Salvador realçou a reunião da família ‘arsenalista’ e considerou que o clube que lidera desde 2003 tem “dado passos firmes no crescimento, não apenas nos resultados, mas na base social que é muito importante”, assim como “para envolver a cidade e as estruturas civis com o clube”.

“Temos encurtado distâncias para os três crónicos do futebol português. É bom para Portugal aparecerem clubes que encurtem essa distância para os dois crónicos, em teoria três crónicos grandes do futebol português”, disse.

Sobre a venda de Trincão para o FC Barcelona disse que a aposta na formação “é o caminho, não há dúvida nenhuma que o crescimento do SC Braga passa por aí”.

“Temos feito um investimento muito grande em infraestruturas para que a formação possa criar talento e está à vista de toda a gente. Vamos continuar a investir para que a esse nível sejamos dos melhores clubes em Portugal com essas condições”, referiu.

Questionado sobre se Rúben Amorim é uma aposta ganha, afirmou que “tem sido um trabalho bem feito”.

“Estamos numa boa fase, mas é como o Rúben Amorim já disse, qualquer dia vamos passar por uma fase menos boa e temos de estar preparados para tudo”, disse.

Populares